quarta-feira, 21 de abril de 2010

GUERRA FRIA CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS

ENTENDENDO UM POUCO SOBRE A GUERRA FRIA - 1947

Acesse este endereço para fazer o download da apresentação em power point:
http://www.salesianoitajai.g12.br/upload/guerra-fria-1.ppt



Ao término da Segunda Guerra, os EUA era o país mais rico do mundo, porém ele teria que enfrentar um rival, ou seja, o segundo país mais rico do mundo: a URSS. Tanto os EUA (capitalista) como a URSS (socialista), tinham ideias contrárias para a reconstrução do equilíbrio mundial, foi então que começou uma grande rivalidade entre esses dois países. Quem era melhor? Esse conflito de interesses que assustou o mundo ficou conhecido como Guerra Fria. Tanto os EUA criticavam o socialismo quanto a URSS criticava o capitalismo. Europa Ocidental, Canadá e Japão se aliaram aos EUA, enquanto, que a Tcheco-eslováquia, Polônia, Hungria, Iugoslávia, Romênia, Bulgária, Albânia, parte da Alemanha e a China se uniram com a URSS.

Na década de 50 e 60 houve a chamada corrida armamentista. Quem seria capaz de produzir tecnologias bélicas mais modernas, EUA ou URSS? Mesmo assim, esses dois países jamais se enfrentaram com armas durante a Guerra Fria, embora apoiassem guerras entre países menores (cada superpotência apoiando um dos lados rivais), como por exemplo, na Guerra da Coreia entre 1950 e 1953. Na tentativa de provar que o seu sistema era melhor do que o outro, cada lado fez as suas investidas, a URSS enviou um homem (Yuri Gagárin) ao espaço, enquanto os EUA enviaram Neil Armstrong à Lua.



Estas disputas continuavam para ver quem era o melhor, atingindo inclusive a área dos esportes. Nas Olimpíadas, por exemplo, os dois países lutavam para ver quem ganhava mais medalhas de ouro.
No final da Segunda Guerra, a Alemanha foi invadida por todos os lados; além de ter sido separada da Áustria, ficando assim dividida em dois países: - Alemanha Ocidental (ou República Federal da Alemanha – RFA) – capitalista - Alemanha Oriental (ou República Democrática Alemã – RDA) – governada pelos comunistas.



A antiga capital – Berlim, que se localizava no interior da Alemanha Oriental, também ficou dividida em dois: - Berlim Oriental (tornou-se a capital da RDA) - Berlim Ocidental (tornou-se uma ilha capitalista cercada de socialismo). A briga continuava. Os EUA resolveram ajudar Berlim Ocidental a se reerguer e para isso investiram milhões de dólares na reconstrução da cidade, porém enquanto Berlim Ocidental se reerguia rapidamente, Berlim Oriental não apresentava o mesmo progresso.


Berlim Ocidental (organizada e em processo de reconstrução) representava o capitalismo dentro de uma Alemanha socialista. Foi então que em 1948, Stálin, dirigente da URSS ordenou que as comunicações entre a República Federal da Alemanha e Berlim ocidental fossem cortadas. Ele achava que o isolamento facilitaria a entrada das tropas soviéticas na outra parte de Berlim. Porém, tal iniciativa não deu certo, pois uma operação com centenas de aviões levando mantimentos da RFA para Berlim Ocidental garantiu que uma continuasse ligada a outra.

O Governo não teve outra escolha a não ser aceitar a situação. Assim, Berlim Ocidental continuou a crescer e as pessoas começaram a comparar Berlim Ocidental e Berlim Oriental e viram que o capitalismo era melhor que o socialismo.
Como consequência houve uma emigração de pessoas muito qualificadas para Berlim Ocidental e com isso Berlim Oriental ficava abandonada. Claro que o Governo da RDA se irritou e em 1961 ordenou a construção de um muro isolando Berlim Ocidental do restante da Alemanha.
Era o Muro de Berlim, que é considerado um dos maiores símbolos da Guerra Fria.

CONFERÊNCIA DE YALTA

Na conferência de Yalta, realizada logo após o fim da Guerra ficou estabelecida a divisão do mundo em áreas de influência, ou seja, cada parte do planeta ficaria sob o controle de uma das superpotências e uma não deveria interferir na zona de influência da outra. A década de 50 e 60 foi marcada por momentos de tensão e intolerância, pois os dois sistemas (capitalista e socialista) eram vistos da forma mais negativa possível. Os dois países possuíam armas nucleares; porém, os dois lados estavam cientes que uma guerra naquele momento poderia destruir o mundo.
Por esta razão tentavam influenciar a humanidade tomando o máximo de cuidado para não provocar uma Guerra Nuclear Internacional, com isso, a tensão diminuiu.
Ainda nos anos 60, EUA e URSS viveram a época da coexistência pacífica, ou seja, fizeram a política da boa vizinhança. Na década seguinte, Nixon e o dirigente soviético Brejnev, iniciaram uma distensão mundial assinando acordos para diminuir a corrida armamentista e selaram esse acordo com um encontro simbólico no espaço entre as naves americanas e soviéticas (1975).

Já nos anos 80 essa cordialidade foi abandonada. Com a eleição de Ronald Reagan em 1981, iniciou-se novamente o acirramento entre as potências. Os americanos investiram alto no setor bélico deflagrando a chamada “Guerra nas Estrelas”. Durante o segundo mandato de Reagan (1984 -1988), em 1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance (nessa época a URSS estava sob o comando de Gorbachev), causando um alívio aos europeus, já que o acordo implicava a desativação de grande parte das ogivas voltadas para aquele lado. As hostilidades entre os dois países estavam quase acabando. A Guerra Fria terminou por completo com a ruína do mundo socialista (a URSS estava destruída economicamente devido aos gastos com armamentos) e com a queda do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989. No ano de 1985, o estadista Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Soviético com idéias inovadoras. Entre suas maiores metas governamentais, Gorbatchev empreendeu duas medidas: a perestroika ( reestruturação) e a glasnost (transparência). 
A perestroika visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia.
A glasnost tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis. Em esfera internacional, a União Soviética buscou dar sinais para o fim da Guerra Fria.
As tropas russas que ocupavam o Afeganistão se retiraram do país e novos acordos econômicos foram firmados junto aos Estados Unidos. Logo em seguida, as autoridades soviéticas pediram auxílio para que outras nações capitalistas fornecessem apoio financeiro para que a nação soviética superasse suas dificuldades internas.
A ação renovadora de Mikhail Gorbatchev criou uma cisão política no interior da União Soviética. Alas ligadas à burocracia estatal e militar faziam forte oposição à abertura política e econômica do Estado soviético. Em contrapartida, um grupo de liberais liderados por Boris Ieltsin defendia o aprofundamento das mudanças com a promoção da economia de mercado e a privatização do setor industrial russo.

Em agosto de 1991, um grupo de militares tentou dar um golpe político sitiando com tanques a cidade de Moscou. O insucesso do golpe militar abriu portas para que os liberais tomassem o poder. No dia 29 de agosto de 1991, o Partido Comunista Soviético foi colocado na ilegalidade. Temendo maiores agitações políticas na Rússia, as nações que compunham a União Soviética começaram a exigir a autonomia política de seus territórios. Letônia, Estônia e Lituânia foram os primeiros países a declararem sua independência.

No final daquele mesmo ano, a União Soviética somente contava com a integração do Cazaquistão e do Turcomenistão. No ano de 1992, o governo foi passado para as mãos de Boris Ieltsin. Mesmo implementando diversas medidas modernizantes, o governo Ieltsin foi marcado por crises inflacionárias que colocavam o futuro da Rússia em questão.

No ano de 1998, a crise econômica russa atingiu patamares alarmantes. Sem condições de governar o governo, doente e sofrendo com o alcoolismo, Boris Ieltsin reiniciou ao governo. Somente a partir de 1999, com a valorização do petróleo no governo de Vladimir Putin, a Rússia deu sinais de recuperação.

ATIVIDADE:
1-QUAIS OS PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS OCORRIDOS ENTRE 1947 ATÉ 1991?
2-QUAL A DIFERENÇA ENTRE A GLASNOST E A PERESTROIKA ?
3-O VÍDEO TROUXE INFORMAÇÕES NOVAS ? QUAIS ?
4- Explique sobre o trabalho apresentado pela sua dupla :




114 comentários:

Anônimo disse...

1) Logo da 2a Guerra Mundial , a URSS, criou o Conselho para Assistência Econômica Mutua com a intenção de integração econômica entre as nações do Bloco do Leste e em 1955 organizou o Pacto de Varsóvia, um acordo de cooperação militar (semelhante a OTAN) firmada também pelo mesmo bloco. Tambem a União Soviética viu-se envolvida em uma corrida pela conquista do espaço com os EUA. Foi a nação que tomou a dianteira na exploração espacial ao enviar o primeiro satélite artificial, o Sputnik, e o primeiro homem ao espaço, Yuri Gagarin.
Em estos anos começou a Guerra Fria entre a União Soviética e os membros do Pacto de Varsóvia, por um lado, e EUA e os membros da OTAN, pelo outro. É chamada "fria" porque não houve uma guerra direta entre as superpotências, dada a impossivilidade da vitória em uma batalha nuclear. A corrida pela construção de um grande arsenal de armas nucleares foi central durante a primeira metade da Guerra Fria, estabilizando-se na década de 1960 até à década de 1970 e sendo reativada nos anos 1980. Dada a impossibilidade da resolução do confronto no plano estratégico, pela guerra aberta e direta que envolveria um confronto nuclear; as duas superpotências passaram a disputar poder de influência política, econômica e ideológica em todo o mundo; a Guerra de Vietnã, Guerra da Coreia e a Guerra do Afganistão foram ums dos mas famosos conflitos desta Guerra Indireta. Norte-americanos e soviéticos travaram uma luta ideológica, política e econômica durante esse período. Se um governo socialista fosse implantado em algum país do Terceiro Mundo, o governo norte-americano entendia como uma ameaça à sua hegemonia; se um movimento popular combatesse um governo aliado aos EUA, logo poderia ser visto com simpatia pelo soviético e receber apoio.
Entre os anos 1950 e 1960 a economia tinha um crescimento de entre cinco e oito % anual. Na década dos ´80 a economia soviética chegou a atingir até um zero % anual; e deixa de ser a segunda maior economia mundial sendo ultrapassada pelo Japão. A URSS sofreu uma grande crise graças a uma economia planejada que exigiu que todo o que fosse produzido estivesse planejado nos “planos qüinqüenais”. Principalmente esses planos priorizavam os setores bélicos e aeroespaciais, deixando fracos os setores civis (sobretudo o consumo da população civil).
China nos anos ´70 começa a ameaçar á URSS, o que implica que um movimento de 1.000.000 de soldados ás fronteiras com China. Os custos da Guerra do Afeganistão foram altíssima mantida por uma economia em crise e acabaram tendo o efeito imaginado pelos EUA: estenderam ao máximo e desgastaram profundamente a capacidade econômica e militar da União Soviética. Aos custos da Guerra no Afeganistão somavam-se os custos crescentes da ajuda que o país tinha que enviar a países socialistas muito pobres e em guerra civil, como Angola, Moçambique e Etiópia, cujos governos enfrentavam os graves conflitos internos contra insurgentes apoiados pelos EUA. Com a queda nos preços internacionais das commodities agrícolas, e principalmente do petróleo o país não conseguia mais pagar suas importações. Em 1986 com a contaminação, produzida pela explosão produzida na usina nuclear de Chernobyl, das produções agrícolas de grãos, a URSS passou a importar comida. O destino da União Soviética já abria para o colapso. Perto da chegada do ano 1990, algumas das republicas que formavam parte da URSS, começaram a pedir sua soberania legalmente, utilizando o Art. 72 da constituição. Este artigo especificava que qualquer republica integrante era livre de separar-se. Em 1990 o congresso declarou a soberania de Rússia. Também neste mesmo ano, Lituânia proclama sua soberania e um ano mais tarde Lituânia e Estônia seguem seu exemplo. Em Dezembro de 1991, assinou-se o Tratado de Belovesh, que consistia a inevitável dissolução da União Soviética, e estabeleceu a Comunidade de Estados Independentes (CEI). A União Soviética se dissolveu oficialmente em 31 de dezembro de 1991.

Anônimo disse...

2)A principal difenreça entre ambos era:
- Perestroika foi um processo de reestructuração economica apartir da redução da quantidade de dinheiro gastado em defesa.
- Glasnost se associa com a liberdade da expressão, a meta principal desta política foi fazer o governo do país transparente e aberto para discutir.
3)O video traz varias imagems muito boas, que ajudam a entender a destruição producida pelas superpotencias. Que vergonha :(

- Matias N 22, 2C.-

matheustolentino_68 disse...

Matheus Provesi Nº20 2ªC

Achei muito bom o conteudo sobre esse assunto, bem completo.

Andei pesquisando sobre a diferença entre perestroika e a glosnost.
Cheguei a conclusão que a
parestroika foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev.

Já a Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev, a proposta era de acabar com a burocracia política, combater a corrupção e introduzir a democracia em todos os níveis de participação política.

Jean disse...

Militarmente falando os pensamentos estratégicos progrediu juntamente com o advento de novas armas (mísseis transcontinentais, os mísseis cruser americanos e os soviéticos com seus mísseis de médio alcance) todas com ogivas nucleares.
Em meados dos anos 60 tanto o EUA quanto a URSS planejavam iniciar seu conta-ataque antes da chegada dos mísseis inimigos.Isso resulto em um entrave nuclear conhecido como MAD ou Destruição Mútua assegurada.No mundo da mar, cada lado tinha ciência de que não poderia iniciar uma guerra, pois seria igualmente destruído.
O mais próximo que as duas superpotências chegaram perto de iniciar uma guerra foi por causa do evento dos mísseis de cuba (crise dos Mísseis de cuba 62).

Jean C. Arceno 12 2ºC

matheustolentino_68 disse...

Matheus Provesi nº20 2ªC
Roberta Quaresma Nº25 2ªC

O VÍDEO TROUXE INFORMAÇÕES NOVAS ? QUAIS ?

O video trouxe informações da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte)que foi criado pelos Eua e seus aliados.
Esse tratado tinha o objetivo de constituir uma frente oposta ao bloco socialista,os estados que faziam parte do tratado de 1949 estabeleceram um compromisso de cooperação estratégica em tempo de paz, e contraíram uma obrigação de auxílio mútuo em caso de ataque a qualquer dos países-membros.

O vídeo detalha um pouco mais sobra a questão das guerras em que as superpotencias ( EUA e URSS) da época ajudaram a formar.

Outros assuntos explorado no vídeo é a Revolução cubana, a crise de mísseis que tambem aconteceu tambem em cuba.

Lisandra Martins disse...

Lisandra Martins-2ºB nº:20
A Guerra Fria é o período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991.Foi um conflito de ordem política, militar, econômica, social e ideológica entre as duas nações.
Uma parte dos historiadores defende que esta foi uma disputa entre o capitalismo, representado pelos Estados Unidos e o socialismo, defendido pela União Soviética (URSS).
A diferança que existe entre Glasnost e Perestroika,foi que glasnost foi uma medida política implantada juntamente com a Perestroika na URSS durante o governo de Mikhail Gorbachev,causado por agitações nacionalistas, conflitos étnicos e regionais e insatisfação econômica, sendo um dos fatores causadores da ruína da URSS.E a perestroika foi um conjunto com a glasnost,ganhou a abertura enconômica.Gorbachev percebeu que a economia da União Soviética estava a falhar e sentiu que o sistema socialista, apesar de não precisar de ser substituído, certamente necessitava de uma reforma, e isto seria levado a cabo pelo processo da Perestroika.

Anônimo disse...

A definição para a expressão guerra fria é de um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, não ocorrendo um embate militar declarado e direto entre Estados Unidos e URSS. Até mesmo porque, estes dois países estavam armados com centenas de mísseis nucleares. Um conflito armado direto significaria o fim dos dois países e, provavelmente, da vida no planeta Terra. Porém ambos acabaram alimentando conflitos em outros países como, por exemplo, na Coréia e no Vietnã.
De um modo bem geral as principais características foram: divisão do mundo em dois blocos: Socialista e Capitalista; a corrida nuclear (acúmulo absurdo de armas atômicas e desenvolvimento de foguetes balísticos); houve separação/guerra em vários países do leste europeu; houve "abertura" dos mercados antes Socialistas; o surgimento ou aumento da tal "Globalização" e do "Neoliberalismo".

Thaysi Imeton
2ºA

Anônimo disse...

A Guerra Fria surgio ao termino da segunda guerra os EUA o país mais rico do mundo tinha que enfrentar um rival a URSS que era socialista en quanto o EUA era capitalista.O comflito entre esses países gerou uma guerra chamada guerra fria, uma briga tão forte que afetou ate os esportes.
Um grande simbolo da guerra fria é o muro de Berlim, que foi criado com o objetivo de isolar Berlim Ocidental do resto da Alemanha.

Leonardo Mez@ n.14 Série:2A

Marina Erthal - 25 - 2B disse...

A Guerra Fria foi um conflito entre as maiores potências mundiais, EUA e URSS, sendo que essa guerra começou quando os dois países tentaram influenciar outros países acerca de seus sistemas políticos, econômicos e militares. A Rússia queria implantar o socialismo, já os EUA queriam implantar o capitalismo.
A Alemanha como tinha perdido a guerra e estava em plena decadência, EUA e Rússia, tomaram-na como "prêmio" e a dividiram com o muro de Berlim. Um lado socialista e outro capitalista
Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Sovietico e seus 2 maiores objetivos eram: modernizar a economia russa e diminuir a participação do governo nas questões civis.
Em uma época de dificuldades financeiras a Rússia teve que pedir ajuda financeira para os capitalistas,o que causou uma divisão política na URSS. Nessa época aconteceu também a queda do muro de Berlim (símbolo da da divisão capitalista/socialista) acabando com o regime socialista.

Anônimo disse...

A definição para a expressão guerra fria é de um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, não ocorrendo um embate militar declarado e direto entre Estados Unidos e URSS. Até mesmo porque, estes dois países estavam armados com centenas de mísseis nucleares. Um conflito armado direto significaria o fim dos dois países e, provavelmente, da vida no planeta Terra. Porém ambos acabaram alimentando conflitos em outros países como, por exemplo, na Coréia e no Vietnã.
De um modo bem geral as principais características foram: divisão do mundo em dois blocos: Socialista e Capitalista; a corrida nuclear (acúmulo absurdo de armas atômicas e desenvolvimento de foguetes balísticos); houve separação/guerra em vários países do leste europeu; houve "abertura" dos mercados antes Socialistas; o surgimento ou aumento da tal "Globalização" e do "Neoliberalismo".

Thaysi Imeton
nº31 2ºA

Matheus Tietjen Slomsky 26 2º"B" disse...

A Guerra Fria foi um período em que as duas maiores potências mundiais se enfrentaram para conseguir a hegemonia mundial. A Guerra Fria não teve combates bélicos, houve a corrida armamentista, que deixou a Rússia em má situação após tentar se igualar aos EUA em poder bélico. Também houve a corrida espacial, onde os dois países exploraram o espaço.
A Perestroika foi um plano sugerido por Gorbatchev para reformar o socialismo e fortalecer a economia, diminuindo gastos com defesa, não interferindo em outros países comunistas e o acordo de Yalta.
A Glasnost foi implantada junto com a Perestroika, era um projeto de abertura política, que tinha como objetivo dar maior liberdade ao povo.

Pedro Luiz Maba,30. 2ºB disse...

Não existe um consenso sobre a data exata do início da Guerra Fria, alguns dizem que foi com o término da 2ªguerra mundial em 1945, outros dizem que começou em 1947, e ainda há quem fale que comçou apenas quando houve a divisão da Alemanha, em 1949.
Mas, o que se tem certeza é ocorreram muitos acontecimentos importantes para a humanidade desde o fim da década de 40 até o início da década de 50, e esses acontecimentos ocorreram porque existia a guerra fria. Não hove batalhas diretas entre Americanos Soviéticos, mas os dois países estiveram envolvidos em guerras como a da Coréia e a do Vietnã, é claro em lados opostos. Houve a corrida armamentista. Teve o Sputnik e a chegada do homem a lua, que aconteceram por causam da corrida espacial, em que os Soviéticos gastaram muito dinheiro, e isso foi uma das causas de sua queda. Também teve o muro de Berlim que além de separar as duas Alemanhas era o símbolo da divisão do mundo em dois blocos. No final da década de 80, quando a URSS já estava em crise,o presidente Gorbachev,para tentar "salvar" a URSS,inciou o processo de modernização da economia soviética com duas aberturas: a Glasnost (política) e a Perestroika (econômica), Vários estudiosos dizem que essas medidas trouxeram à tona a insatisfação popular contra o socialismo, fazendo delas mais um dos vários motivos que deram fim a União Soviética, e conseqüentemente a guerra fria.

Ana Luísa 2º C nº02 disse...

Principal acontecimento :Guerra Fria
A guerra fria é a designação dada ao conflito político-ideológico entre os Estados Unidos (EUA), defensores do capitalismo, e a União Soviética (URSS), defensora de uma forma de socialismo. Não existe um consenso sobre a data exata do início da Guerra Fria. Para alguns estudiosos, o marco simbólico foi a explosão nuclear sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, em agosto de 1945. Outros acreditam que seu início data de fevereiro de 1947, quando o presidente norte-americano Harry Truman lançou no Congresso dos Estados Unidos a Doutrina Truman, que previa uma luta sem tréguas contra a expansão comunista no mundo. E há também estudiosos que indicam a divisão da Alemanha em dois Estados, em outubro de 1949. O surgimento da Alemanha Oriental, socialista, estimulou a criação de alianças militares dos dois lados, tornando oficial a divisão da Europa em dois blocos antagônicos, o que poderia ser o marco inicial da Guerra Fria. Também não há consenso também sobre quando terminou a Guerra Fria. Alguns historiadores acreditam que foi em novembro de 1989, com a queda do Muro de Berlim, um dos grandes símbolos do período de tensão entre as superpotências. Nessa mesma perspectiva, o marco final da Guerra Fria poderia ser a própria dissolução da União Soviética, em dezembro de 1991, num processo que deu origem à Comunidade dos Estados Independentes. E outros analistas, ainda, consideram que o período terminou não em dezembro, mas em fevereiro de 1991, quando os Estados Unidos saíram da Guerra do Golfo como a maior superpotência de uma nova Ordem Mundial.
É chamada de "fria" porque não houve qualquer combate físico, embora o mundo todo temesse a vinda de um novo combate mundial, por se tratarem de duas potências com grande arsenal de armas nucleares.
Diferença Glasnost e Perestroika:
Perestroika
Teve início em 1986, foi concebida para introduzir um novo dinamismo na economia soviética, que passava por sérios problemas. Para que os setores econômicos do país tivessem uma expansão qualitativa e quantitativa, foi introduzido mecanismos para estimular a livre concorrência (e acabar com o monopólio estatal), desenvolver setores secundários de produção (bens de consumo e serviços não-essenciais) através da iniciativa privada e descentralizar as operações empresariais. No campo, foi estimulado a criação de cooperativas por grupos familiares e arrendamento de terras estatais. A proposta também foi incentivar empresas estrangeiras a atuarem no país.

Glasnost
Na área política e social, a Glasnost pretendeu colocar novos paradigmas no modo de vida soviético. Para que a União Soviética tivesse um desenvolvimento forte e profícuo, era necessário colocar uma nova mentalidade em todos os segmentos da sociedade. Assim, a proposta foi de acabar com a burocracia política, combater a corrupção e introduzir a democracia em todos os níveis de participação política. A glasnost também libertou dissidentes políticos e permitiu a liberdade de imprensa e expressão.
Informações trazidas pelo vídeo:
Com o vídeo pude aprender os acordos pós- guerra , Yalta que são as anexações territoriais soviéticas , Potsdam que é a divisão e ocupação da Alemanha e São Francisco que foi a criação da ONU.

Anônimo disse...

1947 até 1991 (Guerra Fria)

• EUA (capitalista) país mais rico do mundo, teve que enfrentar o segundo país mais rico do mundo o URSS (socialista), por que tinham ideias contrarias para a reconstrução do equilíbrio mundial.
• Os países que apoiavam o capitalismo e a democracias ocidentais são: EUA, Europa Ocidental, Japão, Coreia do Sul, América Latina e outros. Os países que apoiavam o socialismo e regimes totalitários são: URSS, Europa Oriental, R.P China, Coreia do Norte, Cuba e outros.
• Houve a corrida armamentista, quem poderia produzir tecnologias bélicas mais modernas.
• URSS envia o primeiro homem ao espaço, Yuri Gagárin. EUA envia o primeiro homem à lua, Neil Armstrong.
• Nas olimpíadas, os dois países lutavam para ver quem ganhava mais medalhas de ouro.
• EUA ajuda Berlim ocidental (se tornou uma ilha capitalista cercada de socialismo), investiram milhões de dólares na reconstrução da cidade, para se erguer rapidamente. Passo a representar o capitalismo dentro da Alemanha socialista.
• Berlim Oriental não apresentava o mesmo progresso.
• Stálin, dirigente da URSS ordenou que as comunicações entre a República Federal da Alemanha e Berlim ocidental fossem cortadas. Pensando que o isolamento facilitaria a estrada de tropas soviéticas na outra parte de Berlim. Não deu certo, pois com centenas de aviões levando mantimentos da RFA para Berlim Ocidental garantiu que uma continuasse ligada a outra.
• Com o crescimento, muitas pessoas passaram a comprar em Berlim Ocidental (houve muita emigração), enfraquecendo cada vez mais Berlim Oriental.
• Em 1961 o governo da RDA se irrita e mandou construir um muro, isolando Berlim Ocidental da Alemanha.
• O mundo fica dividido em áreas de influência, ou seja, cada parte do planeta ficaria sob o controle de uma das superpotências e uma não deveria interferir na zona de influência da outra.
• A década de 50 e 60 foi marcada por momentos de tensão e intolerância, pois os dois sistemas (capitalista e socialista) eram vistos da forma mais negativa possível. Os dois países possuíam armas nucleares; porém, os dois lados estavam cientes que uma guerra naquele momento poderia destruir o mundo.
• 1975, o dirigente soviético Brejnev, iniciaram uma distensão mundial assinando acordos para diminuir a corrida armamentista e selaram esse acordo com um encontro simbólico no espaço entre as naves americanas e soviéticas.
• Nos anos 80 essa cordialidade foi abandonada. Com a eleição de Ronald Reagan em 1981, iniciou-se novamente o acirramento entre as potências. Os americanos investiram alto no setor bélico deflagrando a chamada “Guerra nas Estrelas”. Durante o segundo mandato de Reagan (1984 -1988), em 1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance.
• A Guerra Fria terminou por completo com a ruína do mundo socialista (a URSS estava destruída economicamente devido aos gastos com armamentos) e com a queda do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989.
• Em 1985 Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Soviético com idéias inovadoras. Entre suas maiores metas governamentais, Gorbatchev empreendeu duas medidas: a perestroika ( reestruturação) e a glasnost (transparência).
• A ação renovadora de Mikhail Gorbatchev criou uma cisão política no interior da União Soviética. Alas ligadas à burocracia estatal e militar faziam forte oposição à abertura política e econômica do Estado soviético.
• Em agosto de 1991, um grupo de militares tentou dar um golpe político sitiando com tanques a cidade de Moscou. O insucesso do golpe militar abriu portas para que os liberais tomassem o poder. No dia 29 de agosto de 1991, o Partido Comunista Soviético foi colocado na ilegalidade.

Hemily Cunha Nº15 2ºB

Anônimo disse...

O novo governo lançou ainda em 1985, um amplo plano de transformações sintetizando na política da Glasnost (transparência)e Perestroika(restauração da economia).
Perestroika- foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev.
Já a Glasnost foi a abertura
política imposta tambem pelo Gorbachev. Ambas culminaram com o fim do império socialista da URSS "fundado" por Stalin, antes pelos soviets.

Aluna:Loreane Lopes 15 2ºC

Anônimo disse...

A guerra fria foi um conflito que ocorreu pouco depois da Segunda Guerra Mundial e a extinção da União Soviética, entre os Estados Unidos e a União Soviética. Essa guerra foi chamada de fria, em razão de não ter disputas com armas, logo nada de “quente” acontecia. Isso não aconteceu, pois as duas nações possuíam uma grande quantidade de bombas nucleares, o que poderia arrasar a espécie humana. Foi um conflito social, econômico, militar e ideológico entre as nações. Os EUA, assim como a URSS tentavam manipular outras nações, a partir de suas idéias. A idéia da URSS era implantar o socialismo, deixando as pessoas iguais, enquanto a política America era implantar o capitalismo, apoiando a democracia e a economia de mercado. Para reforçar a idéia do capitalismo, o presidente dos Estados Unidos, Harry Truman, lança o Plano Marshal, que era um oferecimento de empréstimos com juros baixos e investimentos para que os países arrasados na Segunda Guerra Mundial pudessem se recuperar economicamente. A partir deste oferecimento a União Soviética criou, em 1949, o Comecon, que era uma espécie de oposição ao Plano Marshall que impedia seus aliados socialistas de se interessar ao favorecimento proposto pelo então inimigo, capitalismo americano. A Alemanha, aderiu o Plano Marshall para se restabelecer, o que fez com que a União Soviética bloqueasse todas as rotas terrestres que davam acesso a Berlim. Desta forma, a Alemanha, apoiada pelos Estados Unidos, abastecia sua parte de Berlim por vias aéreas provocando maior insatisfação soviética e provocando a divisão da Alemanha em Alemanha Oriental e Alemanha Ocidental. Em 1949, os Estados Unidos juntamente com seus aliados criam a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) que tinha como objetivo manter alianças militares para que estes pudessem se proteger em casos de ataque. Em contra partida, a União Soviética assina com seus aliados o Pacto de Varsóvia que também tinha como objetivo a união das forças militares de toda a Europa Oriental. Entre os aliados da OTAN podem-se destacar: Estados Unidos, Canadá, Grécia, Bélgica, Itália, França, Alemanha Ocidental, Holanda, Áustria, Dinamarca, Inglaterra, Suécia, Espanha. Já os aliados do Pacto de Varsóvia destacam-se: União Soviética, Polônia, Cuba, Alemanha Oriental, China, Coréia do Norte, Iugoslávia, Tchecoslováquia, Albânia, Romênia. Ainda em 1949, iniciam-se conflitos na Coréia que ameaçou dar início a uma nova guerra armada. Este conflito foi originado a partir dos conflitos idealistas e políticos entre os coreanos capitalistas e socialistas. Com a possibilidade de começar uma nova guerra armada e pesada, foi estabelecido, em 27 de julho de 1953, um acordo de paz entre os países, o que depois provocaria o restabelecimento da paz entre Estados Unidos e União Soviética. Esta aproximação marca um período de rara agressividade e de desarmamentos nucleares que oficialmente se firmou em 1987.

João Vitor - 16 - 2ºB

Anônimo disse...

Manuella 2B 24
Perestroika foi a política reformista conduzida na década de 80 pelo presidente Mikhail Gorbachev, onde transformou uma sociedade comunista em uma sociedade democrática.
Glansnost foi um processo de abertura política,onde levou várias liberdades para as populações.

bruuna disse...

Bruna Caroline Maia n 05 2C

A Guerra Fria tem início logo após a Segunda Guerra Mundial, pois os Estados Unidos e a União Soviética vão disputar a hegemonia política, econômica e militar no mundo.
A União Soviética possuía um sistema socialista, baseado na economia planificada, partido único (Partido Comunista), igualdade social e falta de democracia. Já os Estados unidos, a outra potência mundial, defendia a expansão do sistema capitalista, baseado na economia de mercado, sistema democrático e propriedade privada. Na segunda metade da década de 1940 até 1989, estas duas potências tentaram implantar em outros países os seus sistemas políticos e econômicos.
A definição para a expressão guerra fria é de um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, não ocorrendo um embate militar declarado e direto entre Estados Unidos e URSS. Até mesmo porque, estes dois países estavam armados com centenas de mísseis nucleares. Um conflito armado direto significaria o fim dos dois países e, provavelmente, da vida no planeta Terra. Porém ambos acabaram alimentando conflitos em outros países como, por exemplo, na Coréia e no Vietnã.
Paz Armada: Na verdade, uma expressão explica muito bem este período: a existência da Paz Armada. As duas potências envolveram-se numa corrida armamentista, espalhando exércitos e armamentos em seus territórios e nos países aliados. Enquanto houvesse um equilíbrio bélico entre as duas potências, a paz estaria garantida, pois haveria o medo do ataque inimigo.
Na época de 1949 formaram-se dois blocos militares, cujo objetivo era defender os interesses militares dos países membros. A OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte era liderada pelos Estados Unidos e tinha suas bases nos países membros, principalmente na Europa Ocidental. O Pacto de Varsóvia era comandado pela União Soviética e defendia militarmente os países socialistas.
Alguns países membros da OTAN : Estados Unidos, Canadá, Itália, Inglaterra, Alemanha Ocidental, França, Suécia, Espanha, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Áustria e Grécia
Corrida Espacial
EUA e URSS travaram uma disputa muito grande no que se refere aos avanços espaciais. Ambos corriam para tentar atingir objetivos significativos nesta área. Isso ocorria, pois havia uma certa disputa entre as potências, com o objetivo de mostrar para o mundo qual era o sistema mais avançado. No ano de 1957, a URSS lança o foguete Sputnik com um cão dentro, o primeiro ser vivo a ir para o espaço. Doze anos depois, em 1969, o mundo todo pôde acompanhar pela televisão a chegada do homem a lua, com a missão espacial norte-americana
falta de democracia, o atraso econômico e a crise nas repúblicas soviéticas acabaram por acelerar a crise do socialismo no final da década de 1980. Em 1989 cai o Muro de Berlim e as duas Alemanhas são reunificadas.
1991 foi criando a Comunidade de Estados Independentes (CEI) em substituição da extinta URSS. Composta por doze ex-repúblicas soviéticas, a CEI não é um Estado, mas um acordo econômico e geopolítico entre Estados independentes.

Roger (32) - 2ºB disse...

Em resumo, a Guerra Fria foi uma disputa pela liderança mundial entre EUA e União Soviética após a Segunda Guerra Mundial. É chamada de Guerra Fria por ser uma intensa guerra econômica e ideológica, e também por não ter tido contado com a ajuda de armas entre as duas superpotências, pois ambas haviam uma grande quantidade de armas nucleares, se houvesse essa guerra com armas o mundo estaria destruído. A disputa dividiu o mundo sob influência das duas superpotências, com sistemas econômicos e políticos diferentes, uma defendendo o capitalismo (EUA) e outra o socialismo (URSS).

1) Um dos pontos é a corrida armamentista, os embates indiretos nas guerras da Coréia e Vietnã, o apoio as ditaduras na América Latina, as independências na África e na Ásia, houve o incidente desastroso da invasão da Bahia dos Porcos em Cuba que quase ascendeu à terceira guerra mundial, a paz armada, corrida espacial, caça às Bruxas (EUA liderou uma forte política de combate ao comunismo em seu território e no mundo. Usando o cinema, a televisão, os jornais, as propagandas e até mesmo as histórias em quadrinhos, divulgou uma campanha valorizando o "american way of life"). Cortina de Ferro, Plano Marshall e COMECON - EUA colocaram em prática o Plano Marshall, oferecendo ajuda econômica, principalmente através de empréstimos, para reconstruir os países capitalistas afetados pela Segunda Guerra Mundial. Já o COMECON foi criado pela URSS em 1949 com o objetivo de garantir auxílio mútuo entre os países socialistas.

2) Mikhail Gorbatchev empreendeu duas medidas: a perestroika, que visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia e a glasnost que tinha como objetivo "alcamar" o poder de intromissão do governo nas questões civis.

3) O video trouxe informações da Organização do Tratado do Atlântico Norte que foi feito pelos EUA e seus aliados, esse tratado tinha o objetivo de criar uma oposição ao bloco socialista,os estados que faziam parte do tratado estabeleceram uma cooperação estratégica em tempo de paz e uma obrigação de ajuda em caso de ataque a qualquer um dos países-membros. O vídeo mostra um pouco sobre a questão das guerras em as duas superpotências formaram e também a Revolução Cubana, a crise de mísseis que também aconteceu em Cuba.

Amanda disse...

Amanda R. Müller Nº3 2ºb

* Quais os principais acontecimentos ocorridos entre 1947 até 1991?

Bom, em 1947 os países mais ricos e grandes potências, começaram a querer implantar a sua estrutura pelo Mundo.Os EUA querendo implantar o capitalismo e o URSS o socialismo.Com essas idéias contrárias começaram a fazer disputas de quem conseguia produzir mais tecnologias bélicas, aos poucos foi aumentando a disputa e passou até para a área dos esportes.No final da segunda guerra a Alemanha é dividida entre Alemanha Ocidental ( capitalista) e Alemanha Oriental(comunista). Como Berlim Ocidental estava crescendo enquanto Berlim Oriental não apresentava o mesmo processo, as pessoas começaram a procurar Berlim Ocidental, nisso o governo de Berlim Oriental manda construir um muro para impedir a passagem das pessoas, isolando Berlim Ocidental do restante da Alemanha. A guerra só acabou por completo com a falência do URSS e a queda do muro de Berlim ( dia 9 de novembro de 1989).Em 1991 as nações que formavam a URSS começaram a declarar independência. Apesar de toda a disputa os EUA e URSS nunca lutaram entre si, mas fizeram pequenos países entrarem em guerra.

joyse disse...

A guerra fria teve inicio após a 2º gerra mundial em 1945.
O muro de berlim foi o muro,que no inicio era imaginario,
dividia de um lado socialista que era o da união soviética,prevalecia a
igualdade social e falta de democracia.ja o "lado"do EUA
defendia a expansão do sistema capitalista,baseado na economia de mercado.sistema
democratico.
Houve também a corrida no espaço(projeto apolo) que foi uma disputa de quem
mandaria o homem para a lua primeiro.Em 1969 os estados unidos lança o 1º homem a lua.
pois isso significaria um grande avanço.
a corrida nas estrelas foi a disputa de quem mandava um satélite para o
espaço primeiro,quem mandou um primeiro foi a união soviética(Russia),o satélite
Sputnik.O EUA e a união soviética uma grande disputa no que se refere aos avançois
espaciais.
As duas potencias tinham o mesmo poder de fogo no inicio.O que foi chamado cortina
de ferro ou equilibrio do terror pois os EUA e URSS colocam o mundo sob a ameaça de uma
guerranuclear,criando armas com potência suficiente para explodir o planeta inteiro.
E a caça as bruxas era a perseguiçao de pessoas que tinham idéias contrarias á
politica do seu país.o EUA liderou uma forte política de combate ao comunismo em seu
territorio e no mundo.Vários cidadãos foram presos e marginalizados por defenderem
idéias proximas ao socialismo.
O mercantismo comandado pelo senador joseph mccarthy,perseguiu muitas pessoas no EUA.
Essa ideologia chegava aos países aliados ao EUA, com forma de identificar o socialismo
com tudo que havia de "ruim" no planeta.
Enfim isso foi um pouco dos acontecimentos entre 1947 á 1991.

joyse nogueira foss. nº:14 2ºC

Amanda disse...

Amanda Müller 2ºb nº3

*Qual a diferença entre Glasnost e Perestróica?


Glasnost queria reestruturar e modernizar a economia da URSS, ajudando na instabilidade.Eles adotaram medidas que diminuía a participação do estado na economia. Já a Perestróica queria transparência, tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis.

Amanda disse...

Amanda Müller 2ºb nº3

O vídeo trouxe informações novas? quais?

Sim, ele trouxe sobre a criação do Otan , em 1949, que era tipo a ONU, queria garantir a proteção contra amaeaças ao bloco soviético. Tambem do Plano de Marshal, em 1947 que os EUA queria recuperar a economia da europa e garantir a sua influência nessa região. Revolução Cubana que foi um grupo armado que derrubou o ditador do pró EUA e etc..

Bruna V. Ribeiro 2C EM nº 06 disse...

• Os principal acontecimento entre 1947 e 1991 é a princípio o ínicio
da Guerra Fria, dada pela rivalidade entre EUA e a URSS que buscavam implantar
seus sistemas políticos, econômicos e sociais em outros países,
sendo o capitalismo e o socialismo respectivamente.
Na década de 50/60 a rivalidade foi imposta pela corrida armamentista,
a capacidade de produção de tecnologias bélicas mais modernas, apesar de não
se confrontarem com armas durante a guerra apoiavam países menores
que sofriam as influências.
As investidas aumentaram e para provar ter um sistema de
melhor qualidade a URSS enviou um homem ao espaço e os
EUA enviou um homem a Lua.
Além de áreas tecnológicas, de economia e política os esportes também
entraram em questão, a rivalidade aumentava.
Com a Alemanha invadida e separada após a IWW e assim
sua capital (Berlim) também separada em duas partes, os
EUA ajudaram Berlim Ocidental a se reerguer, representando assim
o capitalismo dentro da Alemanha socialista que continuou a crescer,
o que gerou uma comparação chegando a conclusão de que o capitalismo
funcionava de melhor forma. Como consequência houve emigração de pessoas
qualificadas para Berlim Ocidental, o governo irritado decretou em 1961
que Berlim Ocidental seria isolada do resto da Alemanha, construindo assim
o até hoje famoso Muro de Berlim.
Na década de 70 acordos foram assinados para a diminuição da corrida
armamentista, esse acordo foi selado com o encontro simbólico no espaço
entre as naves americanas e soviéticas, em 1975.
Nos anos 80 com a eleição de Reagan o acirramento etre as potências voltou.
Os americanos investiram no setor bélico, abrindo portas para a chamada
"Guerra nas estrelas". Já em seu segundo mandato foi assinado um tratado
para a eliminação de armas de médio e curto alcance,
causando alívio aos europeus pela desativação das ogivas voltadas para eles.
A hostilidade entre os países estavam quase acabando, até que a Guerra Fria
teve fim pela economia da URSS e o socialismo, ambos destruídos devido
aos gastos com armamentos, e o fator queda do Muro de Berlim, em 9 de
novembro de 1989.
Por fim, em 1991 o Partido Comunista Soviético foi ilegalizado. Temendo
agitações políticas na Rússia, vários países que compunham a União soviética se
desvincularam.

• Perestroika foi uma medida de reestruturação econômica
feita na União Soviética, imposta por Gorbatchev.
Glasnost também uma medida imposta por Gorbatchev, visava a
abertura política, transparência.
O governo foi submetido ao controle popular e saiu do rígido
controle estatal, abrindo essa inciativa privada essas
medidas de manifestaram nos demais países que compunham
o comunismo.

• O vídeo trás algumas informações extras, como datas. Com as imagens a minha visão da destruição ocorrida ficou mais clara. Concordando com o Mati o/
Que vergonha :( [2]

Isabella disse...

Entre as décadas de 40 á 90, houve muitos acontecimentos que marcaram o mundo; Segunda Guerra Mundial, Revolução Industrial Brasileira, Guerra Fria, entre outros.
A Guerra Fria foi uma disputa de ordem política, militar, econômica, social e ideológica entre Estados Unidos e URSS e suas zonas de influência, após a 2ª guerra mundial.
Havia um equilíbrio do terror no mundo, os países sempre buscando novas tecnologias, armas, assim se mantinham equilibrados. Sabiam que se houvesse uma guerra física entre os dois, o mundo estaria destruído.
A Corrida Armamentista, os mísseis em Cuba, a Corrida Espacial, o muro de Berlim, o Pacto de Varsóvia foram alguns dos acontecimentos mais importantes desse conflito, onde cada um tinha um objetivo: EUA o capitalismo, e URSS o socialismo.
Com o fim da União Soviética, se deu o fim da Guerra Fria.
E até hoje existe uma rivalidade entre esse dois países, EUA grande potência mundial e Rússia que vem logo atrás. Mas os atuais presidentes tentam mudar essa imagem. No começo desse mês, Barack Obama ofereceu apoio ao Dimitri Medvedev para caçar os culpados aos ataques no metrô de Moscou. Oferta semelhante ao do presidente Russo na época dos atentados de 2001 em Nova York.
E também assinaram um acordo para reduzir o número de armas nucleares, uma redução de aproximadamente 30% na produção. O número de ogiva nuclear por país deve chegar a no máximo 800. Enquanto no fim da Guerra Fria, os dois países chegaram a possuir mais de 10000 ogivas cada um.
Podemos notar que apesar da guerra ter terminado, os países ainda se relacionam e para nós, a Guerra Fria trouxe um grande avanço tecnológico, com essa disputa de quem vai ser o mais avançado.


Glanost e Perestroika foram medidas propostas pelo Gorbatchev, controlador do Partido Comunista Soviético na época (1985).
Glanost foi um processo de abertura política, dando novas liberdades a população. E Perestroika queria reestruturar a economia soviética.

O vídeo nos permitiu observar a Guerra Fria, seus danos, avanços e etc.
Uma desigualdade social, política e econômica pode ser vista na Coréia, após ser dividida em Coréia do Norte e Coréia do Sul.
A imagem da menina, agora mulher, Kim Phuc é também chocante. Ela, que nem sequer sabia o que estava havendo, por sorte conseguiu sobreviver.

Aluna: Isabella Lanave
Número: 11
2ºC

Amanda Machado disse...

Amanda Machado nº2 2B

A Guerra Fria Foi a disputa pela hegemonia mundial entre o capitalismo (liderado pelos EUA) e o socialismo (liderado pela URSS) esses 2 partidos tinham diferentes idéias para a reconstrução do mundo depois da 2ª Guerra Mundial .
Isso geou uma disputa pelo desenvolvimento das tecnologias militar e civil das super potências, como a corrida espacial e a armamentista. Apear dessa rivalidade para ver quem conseguia mais aliados para o seu partido não houve um confronto armado, pois ambos os países sabiam que poderia causar a destruição do mundo.

LINHA DO TEMPO
a) 1961- A construção do muro de Berlin que dividia a Alemanha em Alemanha Ocidental (capitalista) e Oriental (socialista) . Considerado um marco da Guerra Fria.
b) 1975- Época da coexistência pacífica entre as superpotências selada com um acordo para diminuir armamentista.
c) 1980- A cordialidade entre os EUA e a URSS foi abandonada e os americanos investiram alto no setor bélico deflagrando a chamada “Guerra nas Estrelas”
d) 1984- Novo acordo para a eliminação de armas de médio e curto alcance
e) 1985- Novo governo de Mikhail Gorbatchev na URSS e novas idéias. A Perestróica (reestruturação) que diminuía a participação do Estado na economia, modernizando-a, e a Glasnost (transparência) dminuia o poer do governo nas questões civis.
f) 1989-Queda do muro de Berlin e crise econômica da URSS que pede apoio financeiro a países capitalistas.
g) 1991- um grupo de militares tentou dar um golpe político sitiando com tanques a cidade de Moscou o que gerou a separação de países que faziam parte da URSS, Letônia, Estônia e Lituânia foram os primeiros.
h) 1992- Boris Ieltsin assumiu o governo da URSS que contava com a integração do Cazaquistão e do Turcomenistão. Época de crises inflacionárias.
i) 1998- Boris Ieltsin adoece e sofre de alcoolismo e a crise econômica continua forte na Rússia.
j) 1999- Rússia se recupera com a valorização do petróleo no governo de Vladimir Putin.

Carolina Gonçalves - 07, 2°B disse...

Em 1947, após a Segunda Guerra Mundial os Estados Unidos acabara de virar uma grande potencia, e possuía um regime capitalista capaz de influenciar e com intenção, outros países. Assim também, a URSS também tinha crescido muito, criando uma potência socialista, que buscava seguidores, países que se unissem ao socialismo. Além de disputarem essa expansão territorial que envolvia acordos com países para se unirem a eles, houveram a corrida armamentista e espacial. Foi um conflito estratégico entres essas potências, sem conflitos armados. Mas com isso ajudou os dois no desenvolvimento da tecnologia. A Alemanha, nesse período estava em uma grande crise,e foi invadida e divida em dois lados a Alemanha Ocidental (comunista) e Oriental (comunista). Além disso, a Alemanha Oriental foi dividida por duas influências EUA e URSS, já que era onde ficava a capital, foi chamada de Berlim Oriental capitalista e Ocidental socialista. Enquanto Berlim Oriental progredia, o lado Ocidental se mantinha, fazendo com que pessoas qualificadas fossem para o capitalismo, mas em 1961 foi construído um muro entre eles, separando e isolando dois sistemas diferentes.
Mais tarde foram feitos acordos para a diminuição de investimento em produtos bélicos, mas a URSS já estava acabada devido aos seus altos gastos em outros países, esquecendo de produzir para si, falindo e acabando com a Guerra Fria. Em 1989 o muro de Berlim foi destruído.
Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Soviético com idéias inovadoras, tais como perestroika que visava modernizar e reestruturar a economia russa e a glasnost que buscava acabar com a burocracia política, combater a corrupção e introduzir a democracia em todos os níveis de participação política . Assim a nação soviética, aceitou ajuda de outros países. E em 1991 os países declaram independência, e junto com o Guerra Fria a URSS acaba.

Bruna Petter disse...

http://api.ning.com/files/-0amFHVt9wM4MTQM5S-jgqi7Jg2BHlw1ABWza02QKQ*xhJZG4ZM2bXytIQui4I1C*sRuZj302IycWGN4zoE4mnYFk5d-UlJL/GuerraFriaEUAxURSS.jpg

A charge acima representa bem o conflito entre EUA e URSS, a guerra fria, e brinca com o fato delas nunca terem realmente guerriado diretamente. Os soldados ao invés de estarem utilizando armas de fogo, ou coisa do gênero, utilizam pequenas agulhas. Por estar na capital alemã, a figura reteme ao Muro de Berlim, considerado o maior símbolo da guerra fria, que dividiu a Alemanha em duas: ocidental (capitalista) e oriental (socialista).A bomba atômica, também retratada na figura, era na época um importante artefato de destruição exclusivo dos EUA.

Bruna Petter / nº5 / 2ºB

Guilherme 12 2B disse...

Guilherme Cabral Almeida 12 2B

A Guerra Fria foi um período onde houve disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos(Buscava o Capitalismo) e a União Soviética(Buscava o Socialismo).
Ocorreu no final da Segunda Guerra Mundial, em 1945.
Perestroika: Reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev.
Glasnost: Liberdade da expressão - Governo transparente e aberto para discussões.

Gabriel disse...

Gabriel Henrique, 2ºB, número 11

A guerra fria foi um conflito de interesses entre os EUA e a URSS para decidir qual seria a grande potência após a segunda guerra mundial.

As duas potências buscavam demonstrar seu poder a partir de inúmeros meios como o desenvolvimento de novas tecnologias bélicas, busca por estudos espaciais, vitórias em jogos olímpicos, incentivo financeiro e bélico em conflitos menores envolvendo países aliados, entre outros... Mas sempre prontos caso o inimigo iniciasse um conflito maior, pois as duas potências estavam desde o principio fortemente armadas, mas com receio de usar todo esse poder pois isso poderia gerar uma catástrofe que refletiria em incontáveis prejuízos ao redor do globo.

E foi assim durante muitos anos com acordos, ameaças, planos, táticas. Muitos países acabaram se envolvendo como Cuba que se tornou um grande empecilho no caminho dos EUA ou a Coréia e a Alemanha que acabaram ficando divididas entre socialismo e capitalismo.

Com o passar do tempo a URSS foi enfraquecendo devido aos grandes gastos com a indústria bélica o que levou o Mikhail Gorbatchev sugerir metas inovadoras. Ele propôs duas medidas que foram chamadas de perestroika (que visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuiria a participação do estado na economia) e glasnost (que tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis.)

No fim mesmo com todas essas metas e planos a URSS saiu muito prejudicada e ficou por um bom tempo assim. Somente a partir de 1999, com a valorização do petróleo no governo de Vladimir Putin, a Rússia deu sinais de recuperação.

Douglas disse...

Douglas N° 09 2°B

Resumidamente, a Guerra Fria foi a disputa pela hegemonia mundial entre Estados Unidos e União Soviética após a Segunda Guerra Mundial, que terminou em 1945. É chamada de Guerra Fria por ser uma guerra econômica, diplomática e ideológica travada pela conquista de zonas de influência.


A disputa divide o mundo em blocos de influência das duas superpotências e provoca uma corrida armamentista que se estende por mais ou menos 40 anos. Com sistemas econômicos e políticos diferentes, EUA e URSS colocam o mundo sob a ameaça de uma guerra nuclear, criando armas com potência suficiente para explodir o planeta inteiro. Os EUA assumem a liderança do chamado mundo capitalista livre, e a URSS, do mundo comunista.

julia disse...

Nos fins da 2ª Guerra Mundial, as duas potências (USA e URSS)tentaram influenciar outros países acerca de seus sistemas políticos, econômicos e militares. Os países aliados se reuniram na Conferência de Yalta para discutirem a organização do cenário político e econômico do pós-guerra. Os EUA e a URSS se sobressaíram como as duas maiores potências do período. A URSS buscava implantar o socialismo em outros países para que pudessem expandir a EUA tentavam influenciar outros países com o sistema capitalista que se baseava na democracia e na economia de mercado. Para reforçar o capitalismo, o presidente dos EUA, Harry Truman, lança o Plano Marshal, que era um oferecimento de empréstimos com juros baixos e investimentos para que os países arrasados na 2ª Guerra Mundial pudessem se recuperar economicamente. A partir deste oferecimento a URSS criou, em 1949, o Comecon, que era uma espécie de contestação ao Plano Marshal, que impedia seus aliados socialistas de se interessar ao favorecimento proposto pelo então inimigo político. A Guerra Fria ganhou esse nome porque não houve nenhum confronto direto envolvendo EUA e URSS. Nessa época, a possibilidade de confronto entre essas duas nações causava temor em vários membros da comunidade internacional. Afinal de contas, após a invenção das armas de destruição em massa, a projeção de uma 3ª Guerra Mundial era naturalmente marcada por expectativas desastrosas.

Julia Ramos - 2ºB Nº18

Paloma Wiethorn 2A disse...

Ambos, URSS e Estados Unidos, mantinham uma corrida política e econômica para "mostrar" ao mundo qual dos países e qual dos sistemas era o líder mundial. Entre essas corridas, temos a armamentista. Pelo o que eu pude perceber, a corrida armamentista foi uma grande desvantagem para a URSS. Os dois mantinham um padrão elevado de produção, podendo acabar com o mundo se houvesse uma batalha literal, mas com o medo conjunto a produção crescia, porém não havia o consumo. Os Estados Unidos, com o capitalismo, conseguiam se mantêr, a competição entre mercados, o crescimento do país supria o gasto das armas com fábricas e exportação, já a URSS, perdeu nesse ponto, com o socialismo, a URSS e seus países estabelecendo um gasto e uma renda igual para todos, não estava alcançando economicamente os gastos, além disso, eles tinham que mantêr a produção de armas e ajudar os países desfavorados de sua união.
Além do mais, com o gasto elevado na produção bélica, faltava para educação, saúde, para ter um capital de giro nos países e isso foi acumulando uma grande crise.
Por outro lado, com essa corrida, tivemos um crescimento gigantesco na área de máquinas, armas, comércio, um campo se abriu e começamos realmente a produção tecnológica que abriu as portas para o nosso capitalismo e nossos produtos de hoje.
Paloma Wiethorn Kochan 2A

thiago disse...

A Guerra Fria foi um conflito entre as maiores potências mundiais, EUA e URSS, sendo que essa guerra começou quando os dois países tentaram influenciar outros países acerca de seus sistemas políticos, econômicos e militares. A Rússia queria implantar o socialismo, já os EUA queriam implantar o capitalismo.
A Alemanha como tinha perdido a guerra e estava em plena decadência, EUA e Rússia, tomaram-na como prêmio e a dividiram com o muro de Berlim. Um lado socialista e outro capitalista
Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Sovietico e seus 2 maiores objetivos eram: modernizar a economia russa e diminuir a participação do governo nas questões civis .Resumindo, foi um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, nenhuma gota de sangue foi derramada e foi apenas uma desputa de poderes, porem os dois sabia que não podiam atacar pois isso causaria a 3ªguerra mundial.

Thiago Abel 32 2ªA

Luiza disse...

Luiza – Número: 18 – 2º A

A Guerra Fria aconteceu logo após a 2ª Guerra Mundial, entre os Estados Unidos e a União Soviética. Os dois buscavam a hegemonia mundial, queriam deter o poder político e econômico.

A União Soviética era formada por vários países soviéticos, entre eles, Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Estônia, Geórgia, Cazaquistão, Quirguize, Letônia, Lituânia, Moldávia, Rússia, Tadjique, Turcomenistão, Ucrânia e Uzbequistão, porém a Rússia era o mais forte e poderoso deles. Então a Rússia quem mandava. Pode-se dizer que foi uma Guerra entre Estados Unidos e Rússia.

Antes da Guerra Fria, as Áreas de Influência eram: EUA, União Soviética, Inglaterra e França. Os EUA, a Inglaterra e a União Soviética influenciavam por poder militar, e a França influenciava por diplomatas. Porém a França e a Inglaterra se enfraqueceram na 2ª Guerra Mundial, então só os EUA e a URSS lutaram pela hegemonia na Guerra Fria.

A Guerra Fria foi um tipo de guerra diferente. Pois não teve guerras e lutas com armas de fogo (diretamente com os países envolvidos).

Apesar de não ter tido guerra armada, os EUA e a União Soviética tinham o poder da força, porém eles não usavam essas armas entre eles, não diretamente, pois eles temiam um ao outro.

Os EUA e a URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) sempre buscavam o poder tentando superar o outro. O que um fazia, o outro fazia também, para sempre terem a mesma evidência de poder no mundo.

A principal diferença é que um tentava superar o outro e ganhar o poder do mundo com pensamentos diferentes, com sistemas totalmente opostos.

Os EUA tentava ter o poder do mundo com o Sistema Capitalista, ou seja, quanto mais trabalhasse, mais dinheiro ganharia, e por sua vez, viveria melhor. Se trabalhasse seria rico e viveria bem, porém se não trabalhasse seria pobre e viveria mal.

Já a URSS defendia o Sistema Socialista, que consistia em uma sociedade de classe igualitária, onde não existissem pólos, como riqueza e pobreza. As fábricas eram todas do governo, então o único poderoso na União Soviética era o governo, porém se alguém precisasse de alguma coisa, o mesmo governo que detinha todo o poder, ajudaria.

Nenhum dos dois governos aceitava a opinião do povo na forma de governar. No governo Socialista, que era mais severo em relação a população, fazia uma verdadeira vigilância em cima dela. Nas escolas, pessoas do governo socialista ficavam nas salas de aula, para ver se os professores e os pais não contestavam o governo, para desde cedo ensinar as crianças a honrarem a forma do seu país governar.

As duas Repúblicas criaram diversos acordos e planos, como os Blocos Militares, as Bombas apontadas para o país inimigo, a Cortina de Ferro, além de planos econômicos.

A Guerra Fria teve fim com o enfraquecimento da União Soviética, a Rússia não conseguiu mais sustentar o sistema socialista, pois os países pertencentes a URSS viram os países capitalistas se desenvolvendo com autonomia econômica que proporcionava um crescimento desses países. Assim, os países que compunham a antiga União Soviética sentiram a necessidade de crescimento econômico interno, o que só seria possível aderindo ao sistema capitalista. Desta forma, os Estados Unidos “ganharam” a Guerra Fria, implantando o sistema capitalista praticamente no mundo todo.

Anônimo disse...

De 1947 até 1989, ocorreu a Guerra Fria, que teve esse nome, pois os dois sistemas antagônicos, socialismo (URSS) e capitalismo (EUA), não se enfrentaram diretamente, apenas alimentaram outras disputas, como a Guerra do Vietnã, considerada uma vergonha para os Estados Unidos, e a Guerra das Coréias.

Entre os acontecimentos ocorridos entre 1947 e 1991, podemos citar a corrida armamentista, também chamado de equilíbrio do terror, onde a duas potências investiam mais e mais para ver quem ficava melhor armado. Podemos citar também a corrida espacial, onde os dois sistemas investiam pesadamente em pesquisas e avanços na área espacial. Nesse período ocorre a criação da OTAN (tinha por objetivo proteger militarmente os países capitalistas) e do Pacto de Varsóvia (tinha por objetivo proteger militarmente os países socialista). Nessa época também são colocados os mísseis em Cuba e na Turquia, foram lançados o Plano Marshall (ajuda econômica aos países capitalistas) e o COMECOM (ajuda econômica aos países socialistas), nessa época atuam as duas agências de espionagem, a KGB (URSS) e a CIA (EUA), ocorre também a construção do Muro de Berlim, um dos maiores símbolos da Guerra Fria, que é derrubado em 1989, também é nessa época que ocorre o acidente nuclear de Chernobyl (1986)...

Diante dos problemas que a União Soviética vinha enfrentando, Mikhail Gorbachev implantou dois planos de reforma na URSS, a perestroika e a glasnost. A perestroika era uma série de reformas econômicas, que Gorbatchov considerava inevitável no modelo socialista. Uma das medidas tomadas foi a diminuição do orçamento militar. Já a Glasnost, que quer dizer transparência, visava uma maior liberdade de expressão à imprensa soviética, diminuindo assim a forte censura imposta pelo socialismo e implantando a clareza, transparência do governo para com a população.

O vídeo reforçou ainda mais alguns conceitos como o Plano Marshall e o COMECON, as conferências de Yalta, Potsdam e São Francisco, esclareceu melhor o MACARTISMO, relembrou alguns movimentos sociais como o Movimento Hippie, que tem como grande símbolo Woodstock, bem como personalidades famosas como John Lennon e Yoko Ono, Martin Luther King... Adquiri mais conhecimento em relação à Guerra das Coréias, entre outros assuntos pertinentes à Guerra Fria.

Alessandra Nº 01 2ºA

Lucas Winter disse...

A guerra fria foi um conflito entre EUA e a antiga URSS mas na verdade nunca houve um conflito direto (aconteceu após a segunda guerra mundial). as disputas eram sempre por baixo dos panos através de países que os apoiavam. Rússia e Ucrania tinham uma grande produção armamentista assim como os EUA. Nunca houve um conflito direto porque EUA e URSS se temiam, pois ambos tinham grande poder de fogo, por isso usaram outros países para defender seus ideais. Um exemplo de batalha que foi consequencia da guerra fria foi a guerra da corvéia. Durante tudo isso, a URSS sofreu grandes crises econômicas devido a custos de guerra que ela finaciava e planos mal sucedidos de governos foi então que criaram a parestroika que foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev. Também veio a existir a glosnost que colocava em pauta a liberdade de expressão para alcançar metas que o governo e o sistema anterior não possibilitava existir.
uma das maiores consequencias da guerra fria foi o pedido de saída que alguns países fizeram para obviamente sair da URSS, desestruturando esse sistema. Outra consequencia foi a paz armada, que aconteceu por um "tratado" de paz assinado por EUA e URSS, porém ambos se previniram de um descumprimento desse tratado colocando misseis voltados uns para os outros.

Lucas Winter N°16 2°A

Leonardo Biu Ilkiu, 19, 2°B disse...

A Guerra Fria é a designação atribuída ao período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética. Durou do período do final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991). Em resumo, foi um conflito de ordem política, militar, econômica, social e ideológica entre as duas nações e suas zonas de influência.
A Perestroika foi uma das políticas introduzidas na União das Repúblicas Socialistas Soviéticas por Mikhail Gorbatchev, em 1985. A palavra Perestroika significa reconstrução, e ganhou a conotação de reestruturação, ou, abertura econômica.
Glasnost foi uma medida política implantada juntamente com a Perestroika na URSS durante o governo de Mikhail Gorbachev. A Glasnost contribuiu em grande parte para a intensificação de um clima de instabilidade causado por agitações nacionalistas, conflitos étnicos e regionais e insatisfação econômica, sendo um dos fatores causadores da ruína da URSS.

Anônimo disse...

Agatha (01) - 3ª° A

A Guerra Fria tem início logo após a Segunda Guerra Mundial, pois os Estados Unidos e a União Soviética disputam a hegemonia política, econômica e militar no mundo.

A União Soviética possuía um sistema socialista, baseado na economia planificada, partido único (Partido Comunista), igualdade social e falta de democracia. Já os Estados unidos, a outra potência mundial, defendia a expansão do sistema capitalista, baseado na economia de mercado, sistema democrático e propriedade privada. Na segunda metade da década de 1940 até 1989, estas duas potências tentaram implantar em outros países os seus sistemas políticos e econômicos.

A definição para a expressão guerra fria é de um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, não ocorrendo um embate militar declarado e direto entre Estados Unidos e URSS. Até mesmo porque, estes dois países estavam armados com centenas de mísseis nucleares. Um conflito armado direto significaria o fim dos dois países e, provavelmente, da vida no planeta Terra. Porém ambos acabaram alimentando conflitos em outros países como, por exemplo, na Coréia e no Vietnã.

A falta de democracia, o atraso econômico e a crise nas repúblicas soviéticas acabaram por acelerar a crise do socialismo no final da década de 1980. Em 1989 cai o Muro de Berlim e as duas Alemanhas são reunificadas. No começo da década de 1990, o então presidente da União Soviética Gorbachev começou a acelerar o fim do socialismo naquele país e nos aliados. Com reformas econômicas, acordos com os EUA e mudanças políticas, o sistema foi se enfraquecendo. Era o fim de um período de embates políticos, ideológicos e militares. O capitalismo vitorioso, aos poucos, iria sendo implantado nos países socialistas.

Eduardo disse...

ta bem punk o post, só acho que podia ter botado sobre os planos Plano Marshall e COMECON, os paises da europa estavam muito "frageis" e qualquer probleminha na economia poderia acabalos com eles, o plano marshall foi proposto por George Marshall,ele propõe a criação de um amplo plano econômico, que veio a ser conhecido como Plano Marshall. Tratava-se da concessão de uma série de empréstimos a baixos juros e investimentos públicos para facilitar o fim da crise na Europa Ocidental e repelir a ameaça do socialismo entre a população descontente. Durante os primeiros anos da Guerra Fria, principalmente, os Estados Unidos fizeram substanciais investimentos nos países aliados, com notável destaque para o Reino Unido, a França e a Alemanha Ocidental.
Em resposta ao plano econômico estadunidense, a União Soviética propôs-se a ajudar também seus países aliados, com a criação do COMECON (Conselho para Assistência Econômica Mútua). O COMECON fora proposto como maneira de impedir os países-satélites da União Soviética de demonstrar interesse no Plano Marshall, e não abandonarem a esfera de influência de Moscou

Eduardo Radloff Starke
2A N°3
=D

Alan Rizzi 2C disse...

Alan Rizzi (01) 2C
Gostei do conteudo muito completo, na hora de estudar para a prova isso será muito importante!!!
O bom a guerra fria que não houve um contato entre armas, somente 'verbal' como a corrida espacial, e lutas entre URSS e Estados Unidos da América!!!

Pedro disse...

Pedro Rafihi Peixoto - nº29//2ºB

•A Guerra Fria foi um conflito ideológico entre os EUA e a URSS, aonde as duas potências disputavam o que era melhor; os EUA defendia o capitalismo e a URSS o socialismo.
Nessa guerra não houve um confronto direto, afinal os dois eram muito poderosos em armamento militar, um confronto poderia resultar no fim da vida na Terra, a disputa deles era em estratégias, fazer com que o mundo "tomasse um partido".
•No fim da guerra fria em 1991 o capitalismo saiu como vençedor, e o mundo saiu ganhando afinal em toda essa disputa de inteligêmcia foram criadas novas tecnologias que poderiam ser utilizadas no cotidiano ds pessoas, como o celular por exemplo.

Anônimo disse...

A Guerra Fria ocorreu basicamente no final da 2ª Guerra Mundial. Foi um conflito entre duas grandes potências mundiais (os Estados Unidos e a URSS), conhecido por ser um conflito de ordem política, militar, econômica, social e ideológica entre as zonas de influência.
A Guerra Fria pode ter sido causadea realmente pela disputa entre as duas potências. Ou seja, A URSS,liderando o bloco dos países socialistas; e os EUA,dos países capitalistas, disputavam áreas de influência em todo o planeta,impondo seu sistema a todo custo,forçando países a adotarem políticas ditatoriais, promovendo venda de armas, guerras civis fora de seus territórios (como no Vietnã, Coréia do Norte...).
As principais consequências da Guerra Fria foram: a divisão do mundo em dois pólos (um liderado pelos Estados Unidos e outro pela URSS), e a "evolução" e estocagem de armas, inclusive nucleares, que são perigosamente suficientes para a destruição do mundo.

Leonardo Contezini - nº 13 - 2º A

Victor disse...

A Guerra Fria foi um conflito diferente, pois não teve guerras e lutas com armas, e sim por ameaças e acordos. Foi causada por interesses pelos pólos mundiais EUA e URSS, para decidir qual seria a grande potência mundial.
Antes de a guerra acontecer, as áreas de influencia eram: EUA, URSS, ING e França. Os EUA, a ING e URSS influenciavam por poder militar, e a frança influenciava por diplomatas. Porém a França e a ING se fragilizaram no pós guerra, então só os EUA e a URSS lutavam pela hegemonia na Guerra Fria.
Cada vez um quer ser melhor que outro e assim foi acontecendo à corrida espacial, fábricas e outros, vindo com isso um grande avanço tecnológico e social. Mas também teve muita tensão de acontecer uma terceira guerra mundial que seria uma catástrofe, por causa dos grandes potencias das bombas nucleares que foram desenvolvidas.


Victor Badaoui Felde n: 29 2C.

Anônimo disse...

Jéssica Nagy 2ºC Nº13

A Conferência de Yalta, ocorrida em fevereiro de 1945, a segunda rodada do encontro entre os três senhores do Mundo – Roosevelt, Churchill e Stalin – foi a mais famosa de todas as conferências da Segunda Guerra Mundial, pois nela deu-se a partilha do mundo entre os Três Grandes, nas vésperas da vitória final da Grande Aliança sobre as forças do Eixo. As decisões que foram tomadas naquela ocasião tiveram efeitos diretos e duradouros sobre povos e nações do mundo inteiro pelo meio século seguinte.

Anônimo disse...

Lucas Caldas 2ºC Nº16
É massa comentar sobre:
Apollo 11 foi a quinta missão tripulada do Programa Apollo e primeira a pousar na Lua, em 20 de Julho de 1969. Tripulada pelos astronautas Neil Armstrong, Edwin 'Buzz' Aldrin e Michael Collins, a missão cumpriu o objectivo final do Presidente John F. Kennedy, que, num discurso ao povo norte-americano em 1962, estabeleceu o prazo do fim da década para que o programa espacial dos Estados Unidos realizasse este feito. Neil Armstrong, comandante da missão, foi o primeiro ser humano a pisar na superfície lunar.

Composta pelo módulo de comando Columbia, o módulo lunar Eagle e o módulo de serviço, a Apollo 11, com seus três tripulantes a bordo, foi lançada de Cabo Canaveral, na Flórida, às 13:32 UTC de 16 de julho, na ponta de um foguete Saturno V, sob o olhar de centenas de milhares de espectadores que enchiam estradas, praias e campos em redor do Centro Espacial Kennedy e de milhões de espectadores pela televisão em todo o mundo, para a histórica missão de oito dias de duração, que culminou com as duas horas de caminhada de Armstrong e Aldrin na Lua.

Anônimo disse...

Carlos H. 2ºB Nº6
É meio loko isso, axei bem massa:
A NASA (sigla em inglês de National Aeronautics and Space Administration; Administração Nacional do Espaço e da Aeronáutica), também conhecida como Agência Espacial Americana, é uma agência do Governo dos Estados Unidos da América, criada em 29 de julho de 1958, responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial.

A NASA foi responsável pelo envio do homem à Lua (veja projeto Apollo) e de diversos outros programas de pesquisa no espaço.

Atualmente ela trabalha em conjunto com a Agência Espacial Européia, com a Agência Espacial Federal Russa e com mais alguns países da Ásia e do mundo todo para a criação da Estação Espacial Internacional.

A NASA também tem desenvolvido vários programas com satélites e com sondas de pesquisa espacial que viajaram até outros planetas e até, alguns deles, se preparam para sair do nosso sistema solar, sendo a próxima grande meta, que tem atraído a atenção de todos, uma viagem tripulada até o planeta Marte, nosso vizinho.
[editar] Administradores
Keith Glennan (1958-1961)
James Webb (1961-1968)
Thomas Paine (1969-1970)
James Fletcher (1971-1977)
Robert Frosch (1977-1981)
James Beggs (1981-1985)
James Fletcher (1986-1989)
Richard Truly (1989-1992)
Daniel Goldin (1992-2001)
Sean O'Keefe (2001-2005)
Michael Griffin (2005– 2009)
Charles Bolden Jr. (2009-)

Anônimo disse...

Diferença Glasnost e Perestroika:
Perestroika:

A Política Perestroika teve início em 1986, e foi concebida para introduzir um novo dinamismo na economia soviética, que na época passava por sérios problemas. Para que os setores econômicos do país tivessem uma expansão qualitativa e quantitativa, foi introduzido mecanismos para estimular a livre concorrência, desenvolver setores secundários de produção (objetos, mercadorias e outras coisas que não eram totalmente necessárias), através da iniciativa privada e descentralizar as operações empresariais. E também no campo, foi estimulado a criação de cooperativas por grupos familiares e arrendamento de terras estatais. A proposta também foi incentivar empresas estrangeiras a atuarem no país.

Glasnost:

Na área política e social, a “Glasnost” pretendeu colocar novos paradigmas no modo de vida soviético. Para que a União Soviética tivesse um desenvolvimento forte e profícuo, totalmente ao contrario do Perestroika, era necessário colocar uma nova mentalidade em todos os segmentos da sociedade. Assim, a proposta foi de acabar com a burocracia política, para combater a corrupção e introduzir a democracia em todos os níveis de participação política. A “Glasnost” também libertou dissidentes políticos e permitiu a liberdade de imprensa e expressão.
Informações trazidas pelo vídeo:
Com o vídeo pude aprender os acordos pós- guerra , Yalta que são as anexações territoriais soviéticas , Potsdam que é a divisão e ocupação da Alemanha e São Francisco que foi a criação da ONU.

Sobre a Guerra Fria:

Foi um conflito que aconteceu um pouco depois da 2 Guerra Mundial tendo a exclusão da União Soviética, entre os Estados Unidos e a União Soviética. A guerra foi dada o nome de “guerra fria” porque não envolveu armas, então não teve mortes como as Guerras Mundiais. Mas não foi por falta de recursos pois os países envolvidos tinha muito armamento nuclear podendo abater o mundo, foi uma guerra praticamente moral, social e economico.

Pietro Boroto 2ºB nº31

Anônimo disse...

A Gerra Fria foi um peírodo da história onde o mundo se dividia em dois grandes blocos: o bloco comunista, dominado pela URSS; e o bloco capitalista, liderado pelos EUA.
Havia entre estas duas potências uma competição ideologica. Cada país queria difundir (ou até mesmo impor)seu sistema econômico pelo mundo.
Apesar de não ter existido conflitos diretos entre EUA e URSS, estes dois países travaram corridas espaciais e armamentistas, com a intenção de mostrar ao outro qual tinha mais tecnologia e poder bélico. Juntos, os arsenais nucleares americanos e soviéticos tinham o poder de acabar com o planeta, se fossem detonados. Esse era um dos motivos de nunca terem entrado em guerra entre eles.
Contudo, outros conflitos foram financiados ou travados por eles com outras nações, como a Guerra das Coréias ou a Gerra do Vietnã.

Nathalia nº24 2ºA

Nathalia Jastrombek 2º B, nº 28 disse...

A Guerra Fria foi uma intensa disputa econômica, diplomática e ideológica, entre dois blocos influentes EUA e URSS, após a Segunda Guerra Mundial.O maior objetivo dessas potências era aumentar a área de influência para ter mais países para comercializar e exercer seu poder. Essa disputa era destacada com a rivalidade nos esportes, na tecnologia espacial e béica.
A URSS defendia o sistema socialista, o qual era baseado na economia planificada, partido único, igualdade social e falta democracia. Os EUA defendiam a expansão do sistema capitalista, a propriedade privada e uma política democrática.
Essas potências, na corrida armamentista, produziam muitas armas e enquanto houvesse esse equilíbrio no número de armamentos, haveria também paz, já que uma tinha medo do ataque da outra.Esse fato ficou conhecido como paz armada.
Os EUA tinha como bloco militar a OTAN, que existe até os dias de hoje, e bloco econômico o Plano Marshall. Já a URSS, tinha como bloco militar o Pacto de Varsóvia, que foi abolido em 1991, e como bloco econômico a COMECON.
Os EUA liderou uma forte política de combate ao comunismo em seu território e no mundo usando cinema, jornal, TV, propagandas e até mesmo histórias em quadrinhos, que traziam como lema "American way of life".Vários cidadãos americanos foram presos ou marginalizados por defenderem ideias próximas as do socialismo. A URSS perseguia e até matava quem não seguia os princípios do comunismo.Esse período foi chamado de Macartismo.
A URSS, percebendo que o sistema econômico estava prestes a falhar e precisava ser substituído, então implantaram a Perestroika, que visava diminuir o gasto com defesa do território, desocupando o Afeganistão e negociando com os EUA a redução de armamento. A Glasnost, que foi implantada juntamente com a Perestroika, tinha como objetivo principal criar uma política mais aberta, "transparente", o que deu mais liberdade de expressão à população, considerada uma mudança radical, já que uma das características do governo da URSS era a repreensão das opiniões.

Nathalia Jastrombek 2º B, nº 28 disse...

A Guerra Fria foi uma intensa disputa econômica, diplomática e ideológica, entre dois blocos influentes EUA e URSS, após a Segunda Guerra Mundial.O maior objetivo dessas potências era aumentar a área de influência para ter mais países para comercializar e exercer seu poder. Essa disputa era destacada com a rivalidade nos esportes, na tecnologia espacial e béica.
A URSS defendia o sistema socialista, o qual era baseado na economia planificada, partido único, igualdade social e falta democracia. Os EUA defendiam a expansão do sistema capitalista, a propriedade privada e uma política democrática.
Essas potências, na corrida armamentista, produziam muitas armas e enquanto houvesse esse equilíbrio no número de armamentos, haveria também paz, já que uma tinha medo do ataque da outra.Esse fato ficou conhecido como paz armada.
Os EUA tinha como bloco militar a OTAN, que existe até os dias de hoje, e bloco econômico o Plano Marshall. Já a URSS, tinha como bloco militar o Pacto de Varsóvia, que foi abolido em 1991, e como bloco econômico a COMECON.
Os EUA liderou uma forte política de combate ao comunismo em seu território e no mundo usando cinema, jornal, TV, propagandas e até mesmo histórias em quadrinhos, que traziam como lema "American way of life".Vários cidadãos americanos foram presos ou marginalizados por defenderem ideias próximas as do socialismo. A URSS perseguia e até matava quem não seguia os princípios do comunismo.Esse período foi chamado de Macartismo.
A URSS, percebendo que o sistema econômico estava prestes a falhar e precisava ser substituído, então implantaram a Perestroika, que visava diminuir o gasto com defesa do território, desocupando o Afeganistão e negociando com os EUA a redução de armamento. A Glasnost, que foi implantada juntamente com a Perestroika, tinha como objetivo principal criar uma política mais aberta, "transparente", o que deu mais liberdade de expressão à população, considerada uma mudança radical, já que uma das características do governo da URSS era a repreensão das opiniões.

Sarah 2ºB nº33 disse...

GLASNOST foi uma medida política implantada juntamente com a PERESTROIKA na URSS durante o governo de Mikhail Gorbachev.A meta principal da Glasost foi fazer o governo do país transparente e aberto para discutir seus principais dilemas: a pobreza da população, a dificuldade de se remodelar a economia, a oposição popular à guerra no Afeganistão e o desafio de manter o status de superpotência global. Já o principal objetivo da Perestroika foi o de reestruturar a economia soviética. Tanto a Glasnost quanto a Perestroika contribuiram para o colapso do socialismo na URSS. A Perestroika não só falhou no propósito de trazer benefícios econômicos imediatos para a maioria das pessoas, mas o desmantelar da economia planejada criou o caos econômico, o que constituiu um fator importante para o colapso da União Soviética. Já a Glasnost contribuiu para a crise do socialismo na Rússia, porque com maior liberdade concedida à população, ela passou a se sentir menos oprimida e pressionada, levando a uma aprofundação da crise, que no final levou à queda do socialismo na URSS e em outros países soviéticos.

Anônimo disse...

Nos fins da 2° Guerra Mundial, os países aliados se reuniram na conferência de Yalta para discutirem a organização do cenário político e econômico do pós-guerra. Nesse encontro, Estados Unidos e URSS se sobressaíram como as duas maiores potências do período. Contudo, as profundas distinções ideológicas, políticas e econômicas dessas nações criaram um clima de visível antagonismo.
Preocupada com o avanço da influência do socialismo soviético, os norte-americanos buscaram se aliar politicamente a algumas nações da região balcânica, e com isso os soviéticos criaram um “cordão de isolamento” político que impediria o avanço da ideologia capitalista pelo restante da Europa Oriental.
O Pacto de Varsóvia foi uma aliança militar formada em 14 de maio de 1955 pelos países socialistas URSS, Cuba, China, Alemanha Oriental, Coréia do Norte, Romênia entre outros, o tratado foi firmado na capital da Polônia(Varsóvia), e estaeleceu um compromisso entre os países de ajuda mútua no caso de agreção militar a um dos paises que faziam parte.
Luciana n°: 17 2°A

Anônimo disse...

A Guerra Fria teve início após a Segunda Guerra que aconteceu apenas no campo ideológico, e não ocorreu um embate militar declarado e direto entre EUA e URSS. Pois os dois países estavam armados com milhares de mísseis nucleares. Um conflito armado direto significaria o fim dos dois países e da vida na Terra. Mas ambos acabaram alimentando conflitos em outros países , por exemplo, na Coréia e no Vietnã.
Houve a corrida armamentista, teve o Sputnik e a chegada do homem a lua, que aconteceram por causa da corrida espacial, aonde os soviéticos gastaram bastante dinheiro, e isso foi uma faz causas de sua queda.
O muro de Berlim que além de separar as duas Alemanhas era o maior simbolo da divisão do mundo em dois blocos.
Mayara Louize,22 2°A

Anônimo disse...

A guerra fria tem esse nome pois não ouve uma guerra armada,foi mais pacífica (caso ouvesse uma guerra armada concerteza poderiamos dizer que haveria uma terceira guerra mundial). Os países envolvidos foram os Estados Unidos(captalista) e a União Soviética(socialista) onde ambos queriam conquistar a hegemonia mundial.
Um grande símbolo da guerra fria foi o muro de Berlim, que foi criado com o objetivo de separar a Alemanha ocidental da Alemanha Oriental. Durante esse tempo houve varias disputas como a corrida espacial e a corrida armamentista.
Lucas Cezarotto,15 2A

Julia Stähelin (2ºB - nº: 17) disse...

Julia Stahelin 2ºB (nº: 17)
Em fevereiro de 1945 ocorreu a Conferência de Yalta e em agosto do mesmo ano a Conferência de Potsdam que tinha, praticamente, o mesmo objetivo: dividir as áreas de influência entre os vencedores da Segunda Guerra Mundial (EUA, URSS, e Reino Unido). Já a conferencia de São Francisco marca o fim da Liga das Nações Unidas (por falta de utilidade, pois não conseguiram evitar nenhum conflito) e a ONU é criada com o propósito de promover a paz mundial e auxiliar os países membros.
Por defenderem ideias totalmente contrárias, EUA e URSS se desentendem e dá-se início a Guerra Fria - Aconteceu logo após a Segunda Guerra Mundial, entre Estados Unidos e União Soviética disputando a hegemonia política, econômica e militar mundial com sistemas antagônicos. EUA queria implantar o sistema Capitalista (acúmulo de capital; sistema democrático, liberdade de expressão) e, a URSS o sistema Socialista (economia planificada; partido único, Partido Comunista; igualdade social e falta de democracia). Ambos queriam mostrar ao mundo o seu poder no campo militar, campo tecnológico (“corrida espacial”), expansão territorial (mais áreas de influência) e até mesmo no lado dos esportes.
OTAN (Organização do Atlântico Norte) e Pacto de Varsóvia foram blocos militares criados em 1949 que garantiam o auxílio e a defesa militar entre os países membros (um defendia o outro). EUA, Canadá, Itália, Inglaterra e Alemanha Ocidental eram alguns dos membros da OTAN. Do Pacto de Varsóvia fazia parte a URSS, China, Coréia do Norte, Romênia e Alemanha Oriental.
*É chamada de Guerra Fria, pois não ocorreu confronto militar, foi apenas um conflito ideológico (embora ambos estivessem armados com centenas de mísseis). Também é conhecida como “Equilíbrio de Terror”, devido ao grande poder em armas nucleares das duas forças (EUA e URSS), que poderiam entrar em conflito militar a qualquer momento, mas como “um tinha medo do outro” isso não aconteceu.

Anônimo disse...

Elaine de Andrade Jasper nº:4 série:2ºA

A Guerra Fria foi o período histórico de disputas estratégicas (podemos dizer que disputavam o poder) e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a URSS, acontecendo entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991).
É chamada “fria” porque não houve uma guerra direta ou seja bélica, “quente”, entre as duas superpotências, dada a inviabilidade da vitória em uma batalha nuclear. Foi um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, não ocorrendo embate militar direto entre essas duas potências, uma vez que estavam armadas com milhares de mísseis nucleares, e se houvesse um conflito direto, provavelmente seria o fim da Terra. Ambas estavam cientes dessa condição. Mesmo assim vale citar que porém, eles alimentaram conflitos entre países menores, como por exemplo Coréia e Vietnã, cada superpotência apoiando um dos lados rivais.

“A Guerra Fria terminou por completo com a ruína do mundo socialista (a URSS estava destruída economicamente devido aos gastos com armamentos) e com a queda do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989.”

Pesquisei também sobre Perestroika e Glasnot e achei informações breves e interessantes que explicam e diferenciam estes dois conceitos:
“O novo governo lançou ainda em 1985, um amplo plano de transformações sintetizando na política da glasnost (transparência) e Perestroika (restauração da economia).
No plano econômico Gorbatchev visava submeter o governo ao controle popular e sair do rígido controle estatal, abrindo a iniciativa privada, que se irradiou para os demais países que compunham o bloco comunista. O ponto alto na política foi o fim do monopólio de poder do partido comunista soviético, que possibilitou o multipartidarismo e a instauração de eleições diretas para 1994.
No plano externo propôs a desativação das armas nucleares até o ano 2000, deixando clara sua posição bélica internacional, apresentada no Fórum Internacional da paz em Mascou.”
É importante saber que a Perestroika foi a reestruturação econômica feita pela URSS e a Glasnot foi a abertura política, ambas impostas por Mikail Gorbachev, e ambas também culminaram com o fim do império socialista da URSS “fundado” pó Stalin.

Anônimo disse...

O Pacto de Varsóvia foi criado em 14 de Maio de 1955. Era um acordo militar dos países do Leste Europeu e da URSS, era o bloco socialista. Esse acordo visava ajuda mútua em casos de ataques militares.
Era contraponto ao OTAN.
As principais ações do acordo foram dentro dos países-membros para a repressão de revoltas internas.
Os países envolvidos no acordo eram União Soviética, Alemanha Oriental, Bulgária, Hungria, Polônia, Checoslováquia e Romênia.

Melina, 2ºA

Guilhermo Casini/ 2B/ N:13 disse...

GUERRA FRIA foi um intenso conflito, não armado, não físico, mas muito teórico, entre EUA que são capitaistas e URSS que era comunista, ocorrido depois da Segunda Guerra Mundial, em 1945, que quase levou o mundo a uma Terceira Guerra e que só terminou em 1991 com o fim da URSS.

CAUSA: Foi a disputa ente EUA e URSS pela hegemonia econômica, política e militar no
mundo todo.
CONSEQUÊNCIAS:
_ Implantação de seus sistemas econômicos: Capitalismo e Cumunismo em outros
países.
_ Formação de dois blocos militares: A OTAN, liderada pelos EUA e O PACTO DE
VARSÓVIA, liderado pela URSS.
_ A Corrida Espacial.
_ A construção do Muro de Berlim.
_ Ocorrências de varias guerras: Da Coréia. do Vietnan.
_ A construção de um grande arsenal de armas nucleares, tanto pelos EUA como
pela URSS.
CONCLUSÃO: GUERRA FRIA, foi um período de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre EUA e URSS de ordem política, militar, econômica, social e ideológica.
OBS: ajuda do meu tio (professor de história e geografia).

Victor disse...

Victor Hugo B. Piccoli. N°30 serie 2C

Estou gostando muito desse conteúdo pois estou vendo o porque ouve um salto nas tecnologias no século XX ate hoje.
O período pos Segunda Guerra se caracterizava pela disputa de poder entre dois sistemas políticos-economico-sociais antagônicos: (EUA) e (URSS), iniciando um periodo da Guerra Fria.
No período da Guerra Fria ,a disputa no campo político-militar ampliou ainda mais o desenvolvimento das tecnologias militares e civil das superpotências. Um exemplo dessa disputa foi a corrida espacial, que possibilitou o desenvolvimento de tecnologias capazes de levar o homem à Lua.
Um dos fatores para que houvesse esse avanço tecnológico foi a corrida espacial . A corrida espacial tinha como objetivos claros de desenvolvimento de tecnologias para usos militares e civis e de propagandas da força dos Estados- Capitalistas e Socialistas.

Laura Martendal Rodrigues disse...

A guerra fria foi caracterizada pela disputa entre Estados Unidos e URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) após a Segunda Guerra Mundial. Ambos os países tentavam mostrar a superioridade de seus respectivos sistemas econômicos.
Por este motivo, o mundo acabou sendo “dividido” em dois blocos: o capitalista, dominado pelos norte-americanos, e o socialista, comandado pelos soviéticos. Este período também ficou marcado pela corrida armamentista. Durante 40 anos, o mundo ficou acuado diante da ameaça de uma guerra nuclear.
Para impedir o avanço comunista, os Estados Unidos fornecia apoio bélico e econômico aos países que se aliassem ao lado capitalista. O plano Marshall, por exemplo, resultou na injeção de mais de 13 bilhões de dólares na Europa.
Do outro lado, a União Soviética adotou a política isolacionista, conhecida como Cortina de Ferro. Os governos pertencentes ao leste europeu se tornaram em satélites de Moscou, graças a ação do Exército Vermelho.
A pressão e a guerra ideológica entre as duas superpotências só começaram a diminuir depois que o líder soviético Mikhail Gorbatchov assumiu o poder. A queda do Muro de Berlim, em 1989, foi o marco final da Guerra Fria. Porém, a URSS só veio a se desintegrar dois anos depois, em 1991.

Luiz Henrique - nº22 - 2º "B" disse...

Logo após a Segunda Guerra Mundial, no período de 1947 até 1991, houve a Guerra Fria, um conflito ideológico, uma disputa econômica e diplomática que concorria a hegemonia mundial entre os Estados Unidos e a União Soviética. A URSS defendia o seu sistema socialista enquanto os EUA defendiam o crescimento do sistema capitalista. Ambas estavam fortemente armadas e tinham poder suficiente para iniciar a terceira guerra mundial e acabar com o planeta inteiro. Se chamou de FRIA por não ter acontecido uma guerra militar, caracterizada por conflito armado e sim por ter sido apenas um conflito de idéias...
As duas superpotências investiam muito na produção de armas e como estavam com um grande número das mesmas, eram uma ameaça uma para a outra, já que uma temia o ataque inesperado da outra.
A URSS, depois de visar que seu sistema econômico possuía muitas falhas e precisava ser “reconstruído”, criou a Perestroika para diminuir os gastos e juntamente com ela foi criado o plano de Glasnost, que dava liberdade de expressão para a população e deixava a política mais aberta, fazendo com que fosses planos radicais.

Anônimo disse...

Glasnost e Perestroika. O novo governo lançou ainda em 1985, um amplo plano de transformações sintetizando na política da glasnost (transparência) e Perestroika (restauração da economia). No plano econômico Gorbatchev visava submeter o governo ao controle popular e sair do rígido controle estatal, abrindo a iniciativa privada, que se irradiou para os demais países que compunham o bloco comunista. O ponto alto na política foi o fim do monopólio de poder do partido comunista soviético, que possibilitou o multipartidarismo e a instauração de eleições diretas para 1994. No plano externo propôs a desativação das armas nucleares até o ano 2000, deixando clara sua posição bélica internacional, apresentada no Fórum Internacional da paz em Mascou. Em outubro de 1986, as conversações tiveram resultado quase nulo diante do programa Guerra nas Estrelas dos norte-americanos. Contudo em 1987, Gorbatchev assinaria com Reagan um acordo de eliminação dos mísseis de médio e curto alcance, localizados na Europa e na Ásia, além de entendimentos sobre questões que abrangiam desde direitos humanos até problemas regionais das superpotências. Tinha inicio uma fase de distensão profunda, a mais ampla desde o inicio da guerra fria, indicando uma política de desarmamento geral, firmando garantias contra a guerra nuclear. Nos demais países do bloco socialista, as mudanças iniciadas pela União Soviética foram rapidamente assimiladas, ganhando dinamismo e mudando a face do leste europeu. Assim sem a força das tropas soviéticas e vendo o comunismo desmoronar na URSS, a Europa Oriental foi tomada por uma série de fortes movimentos populares que provocaram um terremoto político no bloco comunista. Em vários países como a Hungria, Polônia, Albânia, Iugoslávia entre outros do bloco comunista e leste europeu, destacou-se a Alemanha que ao contrário do que em outros países, o processo de fragmentação, ocorre a unificação, em 1990 o povo derrubou o murro de Berlim, o símbolo de separação entre o mundo capitalista e socialista. A Alemanha oriental foi incorporada a ocidental, e o ditatorial comunismo alemão deixou de existir. O reformismo de Gorbatchev acabou implodindo o socialismo real e a guerra fria, seu governo produziu num curto espaço de tempo, uma verdadeira revolução no bloco socialista, afetando e alterando por completo as relações políticas e econômicas em nível nacional e internacional.
Guerra Fria (vulgarmente referida como Terceira Guerra Mundial é a designação do período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991). Em resumo, foi um conflito de ordem política, militar, tecnológica, econômica, social e ideológica entre as duas nações e suas zonas de influência.
Na verdade o video mostra todos os fatos que ocorreram durante a gurre fria e as principais datas revelando onde e como,mostrando as caracteristicas para melhorar a nossa aprendizagem e compreensão dos relatos acima.


Fernanda nº07 2ªB

Anônimo disse...

1- Guerra Fria é a designação atribuída ao período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991)
A Crise no Pós-Guerra / Bloqueio de Berlim / Corrida armamentista / OTAN / Guerra da Coreia / Corrida Espacial / A coexistência pacífica / Crises da Guerra Fria / Guerra de Suez (1956) / Crise dos Mísseis (1962) / Guerra do Vietnã (1964 - 1975) / A Distensão na Europa / O reconhecimento da China pelos Estados Unidos / Perestroika e Glasnost

2 –Perestroika - Foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev.

Já a Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev. Ambas culminaram com o fim do império socialista da URSS "fundado" por Stalin,
3- O vídeo trouxe novas informações como: a criação da ONU, a perseguição política por parte do governo comunista,os movimentos sociais ocorridos em 1960 e o início da Era nuclear ocorrido em 1949..
4- OTAN: organização que constitui um sistema de defesa coletiva onde os seus Estados-membros concordam com a defesa mútua em resposta a um ataque por qualquer entidade externa.

Maria Julia-22 2B

Anônimo disse...

1)
Os principais acontecimentos na guerra fria foram a bipartição da Alemanha e o Muro de Berlim, pois eles representaram a clara divisão existente no mundo entre o capitalismo e o socialismo, ou seja entre os interesses dos EUA e da URSS, e o Alemanha, grande derrotada na 2ª guerra mundial onde EUA e União soviética saiam como vencedores.
2)
Perestroika - Foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev.
Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev. Ambas chegaram ao ponto mais elevado com o fim do império socialista da URSS fundado por Stalin, antes pelos soviéticos
3)
O vídeo trouxe sobre a Doutrina Truman papel dos EUA, assegurando a liberdade e democracia dos países, e conter o avanço de regimes autoritários.
4)
Guerra do Vietnã

A guerra no viatnã foi um conflito armado tendo inicio em 1959 a 1975. Ocorreu no Vietnã do Norte, Vietnã do Sul, Laos e Camboja.
Vietnã era colônia francesa e no final da guerra de Indochina foi dividido em dois países, o Vietnã do norte comandado por Ho Chi Minh, aliado a União soviética (Rússia), e o Vietnã do norte tendo um sistema capitalista, e aliado aos Estados Unidos. As brigas entre os dois países eram intensa, até 1959 onde tropas do Vietnã do Norte invadiram o Vietnã do sul, desencadeando uma guerra.
Em 1964 Estados Unidos manda milhares de soltados para invadir o Vietnã do norte, e achava que iria derrotar-lo facilmente, mais pelo contrario. Embora a tecnologia dos EUA e a quantidade de exercito fossem favoráveis, as táticas de Guerrilha do Vietnã do norte eram surpreendentes, e com o apoio da Russia, derrotaram os exércitos dos EUA.
Em 1968 o exército norte-vietnamita invadiu novamente o Vietnã do Sul, tomando a embaixada dos Estados Unidos em Saigon. O Vietnã do Sul e os Estados Unidos responderam com toda força. E foi o momento mais sangrento da guerra.
Em 1970 os protestos contra a guerra, eram muito grande nos Estados Unidos, grupos de jovens e população geral, protestavam para a saída dos EUA da guerra, em 1975 com derrotas seguidas, e sem apoio do povo, Estados Unidos sai da guerra. Tendo assim Vietnã do Norte como vitorioso.
Esse conflito deixou milhares de pessoas mortas, e muitos mutilados, e destruiu vários locais no Vietnã

Felipe Salazar nº5 2A

Anônimo disse...

1) Bom, primeiramente, a Guerra Fria, foi uma guerra “indireta”, ou seja, não teve interações militares, armas de fogo, etc. Essa Guerra iniciou-se logo depois da 2ª Guerra Mundial, entre os EUA e a União Soviética.
Os principais acontecimentos dessa guerra foram:
- Potsdam; Criação da ONU; Plano Marshall; Criação da OTAN (que é importante nos dias de hoje); Guerra da Coréia; Crise do Muro de Berlim e a Corrida Espacial, que sem ela talvez o homem teria demorado mais para ir a Lua.
2) Designação em russo para os processos de abertura política e reestruturação econômica introduzidos na União Soviética pelo governo de Mikhail Gorbachev a partir de 1985. A glasnost e a perestroika não só representaram grandes mudanças internas para os soviéticos como também profundas alterações nas relações de poder no planeta. Colocaram um ponto final a quase meio século de Guerra Fria entre o bloco comunista, liderado pela URSS, e o bloco capitalista, capitaneado pelos EUA. A evolução desse processo de abertura culminou com a dissolução da União Soviética, em 1991.
A perestroika, ou reestruturação econômica, visava retomar o crescimento econômico estagnado desde a era Brejnev (1964-1982), readequando a economia soviética à realidade produtiva e tecnológica global. Adotaram-se novas formas de gestão econômica, como a redução dos monopólios estatais e a introdução de mecanismos de mercado – propriedade privada, livre concorrência e livre iniciativa, entre outros. A glasnost, ou transparência política, visava modificar as estruturas políticas da URSS e introduzir mecanismos de expressão democrática, ou seja, acabar com a burocracia estatal, combater a corrupção e a ineficiência administrativa, abrandar a censura e encorajar a participação político-partidária de toda a sociedade, mediante o fim da perseguição aos dissidentes do regime.
3) O vídeo trouxe detalhes sobre cada acontecimento, e a ordem cronológica, ajudando-nos a entender melhor cada fato importante que ocorreu na Guerra Fria.
4) O Macarthismo foi o movimento político criado por Joseph McCarthy, no final dos anos 40, e caracterizou-se pela perseguição implacável a todos os comunistas e simpatizantes, ou quem praticava atividades anti-norteamericanas. As principais vítimas eram pintores, artistas. O Macarthismo realizou o que alguns denominaram "caça às bruxas" na área cultural, atingindo atores, diretores e roteiristas que, durante a guerra, manifestam-se a favor da aliança com a União Soviética e, depois, a favor de medidas para garantir a paz e evitar nova guerra. Ou seja, quem era contra o capitalismo dos EUA.
Guilherme Janssens Akrouch 2ºA Nº:09

Anônimo disse...

Daniela Ramos 2B n°06


1) Entre 1947 a 1991 houve a Guerra Fria, que teve inicio logo após a 2° Guerra Mundial. Os Estados e a União Soviética disputam a hegemonia política, econômica e militar do mundo. A União Soviética possuía um sistema socialista, já os Estados Unidos um sistema capitalista. Os Estados Unidos, ao fim da 2° Guerra Mundial era o país mais rico, porém teria que enfrentar a União Soviética, sendo ela o segundo mais rico. Os dois possuíam idéias contrarias para a reconstrução do equilíbrio mundial, assim começando uma grande rivalidade entre os dois países.
Europa Ocidental, Canadá e Japão se aliaram aos EUA enquanto que a Tchecoslováquia, Polônia, Hungria, Iugoslávia, Romênia, Bulgária, Albânia, parte da Alemanha e a China se uniram com a URSS.
No final da segunda guerra a Alemanha foi invadida, ficando separada em dois países: Alemanha Ocidental (capitalista) e Alemanha Oriental (governada pelos comunistas). Berlim que se localizava no interior da Alemanha Oriental, também ficou divida em dois, em Berlim Oriental e Berlim Ocidental. Os EUA resolveram ajudar Berlim Ocidental se reconstruir, assim, investindo milhões de dólares, porém não aconteceu o mesmo com Berlim Oriental.
Berlim Ocidental representava capitalismo, dentro da Alemanha socialista, com o crescimento deste, as pessoas começaram a comparar e viram que o capitalismo era melhor que o socialismo. Pessoas qualificadas foram migrando para Berlim Ocidental e sendo assim Berlim Oriental ficava cada vez mais abandonada. Até o momento que foi construído o muro de Berlim, que foi considerado um dos maiores símbolos da guerra fria. Este foi construído com o intuito de separar Berlim Ocidental do restante da Alemanha.
A falta de democracia, o atraso econômico e a crise nas repúblicas soviéticas acabaram por acelerar a crise do socialismo no final da década de 1980. Em 1989 cai o Muro de Berlim e as duas Alemanhas são reunificadas. No começo da década de 1990, o então presidente da União Soviética Gorbachev começou a acelerar o fim do socialismo naquele país e nos aliados. Com reformas econômicas, acordos com os EUA e mudanças políticas, o sistema foi se enfraquecendo. Era o fim de um período de embates políticos, ideológicos e militares. O capitalismo vitorioso, aos poucos, iria sendo implantado nos países socialistas.

2) Perestroika (reconstrução) visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia. Glasnost (transparência) tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis.

3) O vídeo trouxe uma visão mais detalhada da guerra fria e principalmente seus acordos pós-guerra. Como por exemplo, a criação da Otan (1949), que durante a guerra fria tinha como objetivo, garantir a proteção contra ameaças do bloco capitalista, tendo o seu papel de hoje em dia de combater o terrorismo e manter a ordem.
Mostrou também, seus movimentos sociais da década de 1960, com imagens marcantes.

4) Plano Colombo: Se deu inicio na década de 1950, este foi similar ao Marshall, porém, com menos ambição. Ele foi elaborado para estimular o desenvolvimento dos países do sul e sudeste asiático no pós-guerra. Foi parte de um programa bipolar, onde o Japão entre 1947 e 1950, recebe diretamente dos Estados Unidos, cerca de 2,5 milhões de dólares.
Essa ajuda econômica possibilitou a vazão dos produtos e capitais norte-americanos, e a contenção do expansionismo soviético, ao mesmo tempo em que garantiram a expansão econômica e consolidação do mundo capitalista.

Taís Klock (2ºC) disse...

1- Após o término da Segunda Guerra houve um conflito de interesses conhecido como Guerra Fria entre os EUA e a URSS. Na conferência de Yalta, ficou estabelecida a divisão do mundo, e na Conferencia de Potsdam decidiram o que aconteceria com a Alemanha.
A Alemanha foi invadida por todos os lados, ficando assim dividida em dois países: Alemanha Ocidental (capitalista) e Alemanha Oriental (comunistas). Berlim também foi dividida. Os EUA resolveram ajudar Berlim Ocidental, que continuou a crescer. Em 1948, Stálin, dirigente da URSS ordenou que as comunicações entre Alemanha Ocidental e Berlim ocidental fossem cortadas, mas não deu certo. Foi então em 1961 ordenou a construção de um muro isolando Berlim Ocidental do restante da Alemanha.
A Guerra da Coréia entre (1950-1953). Com tentativa de provar que um sistema era melhor do que o outro, acabou dividindo a Coréia em duas partes (socialista e capitalista).
E Na década de 50 e 60 houve a chamada corrida armamentista.
E em 1960, EUA e URSS fizeram a política da boa vizinhança. Em 1970, assinaram acordos para diminuir a corrida. Em1980 essa cordialidade foi abandonada. Os americanos investiram alto no setor bélico deflagrando a chamada “Guerra nas Estrelas. Em1985 foi empreendida duas medidas para reduzir a quantidade de dinheiro gasto na defesa nacional: a perestroika (reestruturação) e a glasnost (transparência). E em1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance.
A Guerra Fria terminou por completo com a ruína do mundo socialista (a URSS estava destruída economicamente devido aos gastos com armamentos) e com a queda do Muro de Berlim.Por fim em 1991 ocorreu a extinção da União Soviética.

2- A perestroika (reestruturação) visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia e também incentivar empresas estrangeiras a atuarem no país. A glasnost (transparência) na área política e social tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis, também libertou dissidentes políticos e permitiu a liberdade de imprensa e expressão.

3- SIM. Doutrina Truman (1947) EUA- assegurar a liberdade e democracia doa países, conter o avanço de regimes socialistas. Teve como efeito o Plano Marshall e a OTAN (1949) que atua até hoje combatendo o terrorismo e mantendo a ordem.
Resposta Soviética, criou o COMECON (1949) e o Pacto de Varsóvia (1955).
Em 1950, o Macarthismo nos EUA- perseguição política e de caça aos comunistas dentro do país.
Revolução Socialista da China (1949)
Revolução Cubana(1959)
Crise dos mísseis em Cuba(1962)
A Guerra do Vietnã/ Guerra do Indochina(1945 a 1954) que teve como objetivo a descolonização da áfrica. Após a derrota francesa Vietnã foi divido em dois (socialista e capitalista).
Corrida Espacial, primeiro satélite lançado e primeiro ser vivo em orbita (1957). E o homem foi à lua (EUA-1969) "Um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a Humanidade".

4- Conferencia de Potsdam: Ocorreu em Potsdam, cidade na Alemanha próxima a Berlim. Entre 17-07 e 2-08de 1945. Foi uma conferencia com aliados da 2º Guerra, que participaram os Estados Unidos, a União Soviética, o Reino Unido e a França. Juntaram-se para decidir como administrar a Alemanha que estava arrasada e completamente destruida apos a guerra. O acordo estabeleceu a divisão da Alemanha e da Austria , e a divisão da Alemanha em duas, uma Oriental(socialista) e outra Ocidental (capitalista). Em 1946 a Alemanha foi dividida em quatro zonas de ocupação controladas pelos EUA, União Soviética, Reino Unido, e França(1945-1948.

Giuliana Cesário 08 (2°A) disse...

• Guerra Fria – conflito geopolítico ideológico e econômico ocorrido entre o final da II Guerra Mundial e a desagregação do mundo soviético (1947-1991), em que se opunham os EUA, na liderança do bloco capitalista e a URSS, à frente do bloco dos países de economia planificada.

• Perestroica - Foi à reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikhail Gorbachev.
Já a Glasnost foi à abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev. Vale lembrar que ambas culminaram com o fim do império socialista da URSS "fundado" por Stalin.

• Além de ter fortalecido o meu trabalho com informações muito importantes, o vídeo detalha todos os acontecimentos que ocorreram no começo e no fim da Guerra fria, resumindo (os conflitos entre as maiores potências mundiais, EUA e URSS.)

• Nosso trabalho foi feito em relação a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) criada no começo da Guerra Fria com o objetivo de garantir a proteção contra ameaças do bloco socialista. E atualmente o papel dessa organização é combater o terrorismo e manter a ordem.

Anônimo disse...

A Guerra Fria Foi a disputa pela hegemonia mundial entre o capitalismo (EUA) e o socialismo (URSS) esses 2 partidos tinham diferentes idéias para reconstruir o mundo, logo depois da 2ª Guerra Mundial .Disputa pela hegemonia mundial entre Estados Unidos e União Soviética após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). É chamada assim porter sido uma intensa guerra econômica, diplomática e ideológica travada pela conquista de zonas de influência.  A Perestroika foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev. Já a Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev. O video mostrou algumas informações sobre a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte)e que foi criado pelos Eua e seus aliados.


Natália n:27 2B

Maria Fernanda disse...

Maria Fernanda Espíndola N.: 21 2°A
1-Após a Segunda Guerra teve a guerra fria, onde de um lado havia o pais mais rico do mundo capitalista os EUA e do outro o segundo país mais rico URSS socialista, pois haviam ideias contrarias para a reconstrução do equilíbrio mundial. Porém ninguém atacava pois os dois países estavam armados, e podiam colocar a vida do planeta inteiro com as suas armas
2- Perestroika foi uma politica introduzida na União Soviética por Mikhail Gorbatchev, em 1985, que significa reconstrução, ou seja, 'reestruturação econômica'.E a glasnost que tinha como objetivo "alcamar" o poder de intromissão do governo nas questões civis.
3- O vídeo tem todas as informações do texto, porém é mais fácil de entendes pois tem imagens
4- OTAN A expressão a Paz Armada,representou as duas potencias da guerra fria,que envolveram-se numa corrida armamentista,espalhando exércitos e armamentos em seus territórios e nos países aliados.Porém enquanto houvesse um equilíbrio bélico entre as duas potencias,a paz estaria garantida entre as duas potencias,pois haveria o medo do ataque inimigo.
Nesta época,foi formado dois blocos militares,com o objetivo de defender os interesses militares dos países membros.A OTAN(Organização do Tratado do Atlântico Norte(surgiu em abril de 1949) era liderada pelos EUA e tinha suas bases nos países membros,principalmente na Europa Ocidental.
Os países membros:Estados Unidos, Canadá, Itália, Inglaterra, Alemanha Ocidental, França, Suécia, Espanha, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Áustria e Grécia.
E teve o Pacto de Varsóvia que era comandado pela União Soviética e defendia militarmente os países socialistas,como:Cuba,China,Coréia do Norte,Romênia,Alemanha Oriental, Albânia, Tchecoslováquia e Polônia.
Atualmente a OTAN é uma organização militar comum de defesa,contando ,com 28 países membros.
O artigo 5 do tratado da Otan constitui a espinha dorsal da organização. Ele estipula que qualquer ataque contra um dos países membros será considerado um ataque contra todos.
A primeira vez que foi invocada este artigo em 2001,foi para marcar o apoio aos Estados Unidos no dia seguinte aos atentados terroristas de 11 de setembro.

Anônimo disse...

1)- De 1947 (lançamento da doutrina Trumman) á 1989 (queda do muro de Berlim), o mundo viveu o período conhecido como "Guerra Fria", no qual dois países hegemonizaram o poder mundial. EUA e URSS foram as superpotências do período e o mundo todo passou a orbitar em torno desses dois países.

2)- Perestroika foi a política reformista conduzida na década de 80 pelo presidente Mikhail Gorbachev, onde transformou uma sociedade comunista em uma sociedade democrática.
Glansnost foi um processo de abertura política,onde levou várias liberdades para as populações.

3)- O video ajuda a perceber, que com a guerra fria, aconteceu muita destruição devido as superpotencias. Da para se ter uma imagem de como foi.

4)- Meu trabalho era sobre o Pacto de Varsóvia, que foi um pacto militar que surgiu após a segunda guerra mundial, e que tinha como objetivo proteger e unir seus países-membros, do bloco socialista. E também o COMECON (conselho para assistencia economica mutua), este, criado também após o final da segunda guerra mundial, e tinha o objetivo de manter em equilibrio a economia dos países do leste europeu.

Mateus Silvestre nº:23 2ºA

Anônimo disse...

Thaynara Caroline N°:30 2°B EM

1) Em 1947 houve a Doutrina Truman,um conjunto de medidas polítoca e econômicas assumidas depois de março de 1947, onde os EUA assumem o compromisso de defender o mundo dos soviéticos, e assegurar a liberdade e democracia dos países.
A Guerra Fria teve início logo após a segunda guerra mundial, pois os Estados Unidos e a União Soviética vão disputar quem tem o melhor poder político, econômico e militar do mundo.
Tanto os EUA criticavam o socialismo quanto a URSS criticava o capitalismo. Europa Ocidental, Canadá e Japão se aliaram aos EUA enquanto que a Tchecoslováquia, Polônia, Hungria, Iugoslávia, Romênia, Bulgária, Albânia, parte da Alemanha e a China se uniram com a URSS.
Nas décadas de 50 e 60 houve a chamada corrida armamentista, para saber quem produzia mais produtos bélicos.
Entre 1951 e 1953 houve a Guerra da Coréia, após a Revolução Maoista ocorrida na China, a Coréia sofre pressões para adotar o sistema socialista em todo seu território. A região sul da Coréia resiste e, com o apoio militar dos Estados Unidos, defende seus interesses.
Em 1959 a 1975 houve a Guerra do Vietñae contou com a intervenção direta dos EUA e URSS. Os EUA perderam de forma vergonhosa essa guerra, na qual deixou o Vietña socialista.
Em 1961 teve a construção do muro de Berlim, com o objetivo de separar Berlim Ocidental do restante da Alemanha.
Logo após o fim da guerra, criou-se a Conferência de Yalta para discutirem a organização do cenário político e econômico do pós-guerra. Já nesse encontro, Estados Unidos e União Soviética se sobressaíram como as duas maiores potências do período.
Em 1981 eleição de Ronald Reagan, iniciou-se novamente o acirramento entre as potências. Os americanos investiram alto no setor bélico deflagrando a chamada “Guerra nas Estrelas”. Em 1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance.
Em 1985 o estadista Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Soviético com idéias inovadoras. Entre suas maiores metas governamentais, Gorbatchev empreendeu duas medidas: a perestroika e a glasnost.
Em 1989 teve a queda do Muro de Berlim.
As tropas russas que ocupavam o Afeganistão se retiraram do país e novos acordos econômicos foram firmados junto aos Estados Unidos. No dia 29 de agosto de 1991, o Partido Comunista Soviético foi colocado na ilegalidade.
Letônia, Estônia e Lituânia foram os primeiros países a declararem sua independência, uma vez que participavam das nações da União Soviética.

2)Perestroika: Política reformista conduzida, na década de 80, pelo presidente Mikhail Gorbachev.
Visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia(reestruturação).
Glasnost: Pretendia ganhar a confiança e participação dos Soviéticos, assim como desmantelar qualquer oposição. Desta forma, pretendendo demonstrar que o sistema político não estava controlado pelo Partido Comunista, libertaram-se presos políticos e inauguraram-se liberdades como a liberdade de expressão individual e a dos meios de comunicação (tranparência).

3)Sim, alguns acordos pós-guerra (Potsdam e São Franscisco)1945, a Doutrina Truman(Plano Marshall e OTAN)1947, respostas soviéticas, movimentos sociais e revolução socialista na China.

4)Plano Marshall: Depois da Segunda Guerra Mundial, os EUA saíram derrotados, então George Marshall, fez um empréstimo financeiro com a ajuda de Portugual, Inglaterra, parte da Alemanha, Itália, Espanha e França, com objetivo de reconstruir economicamente e politicamente os Estados Unidos, junto com esses países.
A maior parte da ajuda foi para a França, Reino Unido, Itália, e Alemanha Ocidental.
O programa cumpriu com seus objetivos a curto e longo prazo: quando acabou, em 1952, o perigo do controle comunista sobre a Europa Ocidental tinha desaparecido, a produção industrial tinha aumentado 35% em relação ao período anterior à guerra, a Alemanha Ocidental era independente e sua economia estava se recuperando com grande rapidez.

Anônimo disse...

Thaynara Caroline N°:30 2°B EM

1) Em 1947 houve a Doutrina Truman,um conjunto de medidas polítoca e econômicas assumidas depois de março de 1947, onde os EUA assumem o compromisso de defender o mundo dos soviéticos, e assegurar a liberdade e democracia dos países.
A Guerra Fria teve início logo após a segunda guerra mundial, pois os Estados Unidos e a União Soviética vão disputar quem tem o melhor poder político, econômico e militar do mundo.
Tanto os EUA criticavam o socialismo quanto a URSS criticava o capitalismo. Europa Ocidental, Canadá e Japão se aliaram aos EUA enquanto que a Tchecoslováquia, Polônia, Hungria, Iugoslávia, Romênia, Bulgária, Albânia, parte da Alemanha e a China se uniram com a URSS.
Nas décadas de 50 e 60 houve a chamada corrida armamentista, para saber quem produzia mais produtos bélicos.
Entre 1951 e 1953 houve a Guerra da Coréia, após a Revolução Maoista ocorrida na China, a Coréia sofre pressões para adotar o sistema socialista em todo seu território. A região sul da Coréia resiste e, com o apoio militar dos Estados Unidos, defende seus interesses.
Em 1959 a 1975 houve a Guerra do Vietñae contou com a intervenção direta dos EUA e URSS. Os EUA perderam de forma vergonhosa essa guerra, na qual deixou o Vietña socialista.
Em 1961 teve a construção do muro de Berlim, com o objetivo de separar Berlim Ocidental do restante da Alemanha.
Logo após o fim da guerra, criou-se a Conferência de Yalta para discutirem a organização do cenário político e econômico do pós-guerra. Já nesse encontro, Estados Unidos e União Soviética se sobressaíram como as duas maiores potências do período.
Em 1981 eleição de Ronald Reagan, iniciou-se novamente o acirramento entre as potências. Os americanos investiram alto no setor bélico deflagrando a chamada “Guerra nas Estrelas”. Em 1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance.
Em 1985 o estadista Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Soviético com idéias inovadoras. Entre suas maiores metas governamentais, Gorbatchev empreendeu duas medidas: a perestroika e a glasnost.
Em 1989 teve a queda do Muro de Berlim.
As tropas russas que ocupavam o Afeganistão se retiraram do país e novos acordos econômicos foram firmados junto aos Estados Unidos. No dia 29 de agosto de 1991, o Partido Comunista Soviético foi colocado na ilegalidade.
Letônia, Estônia e Lituânia foram os primeiros países a declararem sua independência, uma vez que participavam das nações da União Soviética.

2)Perestroika: Política reformista conduzida, na década de 80, pelo presidente Mikhail Gorbachev.
Visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia(reestruturação).
Glasnost: Pretendia ganhar a confiança e participação dos Soviéticos, assim como desmantelar qualquer oposição. Desta forma, pretendendo demonstrar que o sistema político não estava controlado pelo Partido Comunista, libertaram-se presos políticos e inauguraram-se liberdades como a liberdade de expressão individual e a dos meios de comunicação (tranparência).

3)Sim, alguns acordos pós-guerra (Potsdam e São Franscisco)1945, a Doutrina Truman(Plano Marshall e OTAN)1947, respostas soviéticas, movimentos sociais e revolução socialista na China.

4)Plano Marshall: Depois da Segunda Guerra Mundial, os EUA saíram derrotados, então George Marshall, fez um empréstimo financeiro com a ajuda de Portugual, Inglaterra, parte da Alemanha, Itália, Espanha e França, com objetivo de reconstruir economicamente e politicamente os Estados Unidos, junto com esses países.
A maior parte da ajuda foi para a França, Reino Unido, Itália, e Alemanha Ocidental.
O programa cumpriu com seus objetivos a curto e longo prazo: quando acabou, em 1952, o perigo do controle comunista sobre a Europa Ocidental tinha desaparecido, a produção industrial tinha aumentado 35% em relação ao período anterior à guerra, a Alemanha Ocidental era independente e sua economia estava se recuperando com grande rapidez.

Anônimo disse...

1-URSS enviou um homem (Yuri Gagárin) ao espaço, enquanto os EUA enviaram Neil Armstrong à Lua, Também teve a gueda do muro de Berlim que além de separar as duas Alemanha era o símbolo da divisão do mundo em dois blocos. Teve também a Conferencia de Yalta e Potsdam, Plano Marshall, Pacto de Varsóvia e entre outros acontecimentos que marcaram o mundo.
2-Principal diferença entre Perestroika e Glasnost é que, Perestroika foi um processo de reestruturação econômica a partir da redução da quantidade de dinheiro gastado em defesa, feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev e, Glasnost se associava com a liberdade de expressão, a meta principal desta política foi fazer o governo do país transparente e aberto para discutir.
3-O vídeo traz informações dos temas que estão sendo estudados atualmente, na quais as únicas informações novas que vejo é Organização do Tratado do Atlântico Norte que foi feito pelos EUA e seus aliados. Em geral, ele pretende mostrar os principais acontecimentos nos países e que na maioria dão característica ao país até hoje, como no caso da revolução cubana, que deixou o país seguir o socialismo até nos dias atuais.
4- Revolução Cubana (1959). Cuba vivia sob influencia dos EUA, e seguia o capitalismo, porém havia em cuba uma grande desigualdade social pois a maioria eram pobres, o que gerava bastante insatisfação pros povos existentes. Fidel Castro, um socialista, era opositor de Fulgêncio Batista (no caso era quem controlava cuba e mantia o capitalismo), Fidel queria acabar com a influencia norte americana e derrubar o governo, ai juntou-se com 80 guerrilheiros que foram combater o governo, em busca do socialismo, a partir daí divulgaram suas idéias revolucionárias e conseguiram o apoio da população cubana. Após conseguir o apoio conseguiram através dessa revolução tirar Fulgencio Batista do poder e tomaram uma série de medidas no país, tas como nacionalização de bancos, empresas, reforma agrária, reforma na educação e saúde. Tornando o país socialista, e um dos poucos que mantém o socialismo plenamente vivo.

Anna Karoline nº03 (2ºA)

Anônimo disse...

1) Logo após o fim da Segunda Guerra, os EUA (mais rico do mundo) teve que enfrentar a URSS (o segundo país mais rico do mundo). Os EUA (capitalista) a URSS (socialista), tinham idéias contrárias para a reconstrução do equilíbrio mundial, então que começou a rivalidade entre esses dois países. Esse conflito de interesses ficou conhecido como Guerra Fria.
A Alemanha foi invadida e separada da Áustria, também dividida em dois países: - Alemanha Ocidental (ou República Federal da Alemanha – RFA) – capitalista - Alemanha Oriental (ou República Democrática Alemã – RDA) – governada pelos comunistas.
A antiga capital – Berlim, também ficou dividida em dois: - Berlim Oriental (tornou-se a capital da RDA) - Berlim Ocidental (tornou-se uma ilha capitalista cercada de socialismo). Os EUA resolveram ajudar Berlim Ocidental a se reerguer, investindo em na reconstrução da cidade, enquanto Berlim Ocidental se reerguia rapidamente, Berlim Oriental não.
Em 1948, Stálin, dirigente da URSS ordenou que as comunicações entre a República Federal da Alemanha e Berlim ocidental fossem cortadas. Ele achava que o isolamento facilitaria a entrada das tropas soviéticas na outra parte de Berlim. Porém, não deu certo.
Então Berlim Ocidental continuou a crescer e as pessoas começaram a comparar Berlim Ocidental e Berlim Oriental e viram que o capitalismo era melhor que o socialismo.
Como consequência houve uma emigração de pessoas muito qualificadas para Berlim Ocidental e com isso Berlim Oriental ficava abandonada. O Governo da RDA se irritou e em 1961 ordenou a construção de um muro isolando Berlim Ocidental do restante da Alemanha.
CONFERÊNCIA DE YALTA: ficou estabelecida a divisão do mundo em áreas de influência, cada parte do planeta ficaria sob o controle de uma das superpotências e uma não deveria interferir na zona de influência da outra.
Ainda nos anos 60, EUA e URSS viveram a época da coexistência pacífica. Na década seguinte, Nixon e o dirigente soviético Brejnev, iniciaram uma distensão mundial assinando acordos para diminuir a corrida armamentista e selaram esse acordo com um encontro no espaço entre as naves americanas e soviéticas.
Nos anos 80, os americanos investiram no setor bélico.Durante o segundo mandato de Reagan (1984 -1988), em 1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance. As hostilidades entre os dois países estavam quase acabando. A Guerra Fria terminou com a ruína do mundo socialista (a URSS estava destruída economicamente devido aos gastos com armamentos) e com a queda do Muro de Berlim. Em 1991, um grupo de militares tentou dar um golpe político sitiando com tanques a cidade de Moscou. O insucesso do golpe militar abriu portas para que os liberais tomassem o poder.

2) A glasnost tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis.
Perestroika: modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia.
3) Sim. O vídeo relata as guerras, conflitos, conferências, entre outros... que ocorreu e que os outros grupos apresentaram em sala de aula, só que de uma maneira mais resumida e prática.

4) CONFERÊNCIA DE POTSDAM: Ocorreu em Potsdam, Alemanha (perto de Berlim), entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945. O presidente Harry Truman dos EUA, o primeiro-ministro Clement Attlee do Reino Unido e o marechal José Estaline, presidente da URSS. Destinou-se a fixar a política a seguir para com a Alemanha vencida na 2° Guerra Mundial, a lançar os fundamentos da paz futura na Europa e no mundo.
A Alemanha perderia todos os territórios conquistados antes e durante a guerra. Os comandantes-chefes das quatro principais nações aliadas passariam a controlar, cada um, uma zona definida da Alemanha, cabendo à União Soviética a parte oriental e aos Estados Unidos, França e Inglaterra a parte ocidental. Esta divisão daria origem, passados escassos anos, às duas Alemanhas (RFA e RDA).
CAROLINE PROVESI 2°A N° 04

Anônimo disse...

Matheus Lucas Bernardes 2 em B

1) Doutrina de Truman (1947), Plano Marshall (1947), Criação da OTAN (1949), COMECON (1949), Pacto Varsóvia (1955), Marcathismo (1950), Revolução Socialista na China (1949), Guerra da Coréia (1950 - 1953), Revolução Cubana (1959), Crise dos mísseis em Cuba (1962), Crise do Muro de Berlim (1961), Guerra do Vietnã (1945-1954), Segunda guerra do Vietnã (1964-1975), Corrida Armamentista (décadas de 50,60).

2)Enquanto Glasnost tinha o objetivo de transparecer as medidas governamentais de Gorbachev e dando espaços a discuções a Perestroika tinha como objetivo reformar a economia da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, foi um plano de melhora para que conseguisse reerguer sem trocar o bloco socialista.

3) Sim, o vídeo nos trouxe além de melhores concepções e contextos dos principais fatos acontecidos "ligados" a guerra fria, as guerras no vietnã, revoluções sociais contra as guerras a crise de mísseis na Cuba.

4) Doutrina de Truman, foi o trabalho apresentado, foi uma politica criada e executada pelos Estados Unidos da América durante o mandato de Truman, tal politica tinha como objetivo proteger as areas capitalistas consideradas fracas e nao deixar com que os socialistas conseguissem expandir seu territorio.

Anônimo disse...

1-Doutrina Truman em 1947, que tinha como principais objetivos assegurar a liberdade e democracia dos países e conter o avanço dos regimes autoritários (socialista). Marcathismo nos EUA na década de 50. Revolução socialista na China em 1949 que visava a coletivação agrícola, estatização dos meios de produção e centralização política. Guerra da Coreia entre Junho de 1950 a de Julho de 1953. Em 1955 é assinado o Pacto de Varsóvia (tratado de defesa militar que envolvia os países socialistas do leste europeu, comandados pela União Soviética). Em 1959, ocorre a Revolução Cubana, onde Fidel Castro e Che Guevara lideram um grupo armado e derrubam o ditador pró-EUA Fulgencio Batista, (o líder da revolução, Fidel Castro, torna-se presidente de Cuba). Crise dos mísseis em Cuba no ano de 1962. Construção do Muro de Berlim em 1961, separando a parte oriental (socialista) da parte ocidental (capitalista). Guerra da Indochina entre os anos de 1945 á 1954. Guerra do Vietnã entre 1964 e 1975, onde Vietnã do norte invade Vietnã do sul.
2-Perestroika é a reestruturação.
Política reformista conduzida, na década de 80, pelo presidente Mikhail Gorbachev
- fim do regime comunista instaurado na União Soviética
- renúncia à economia planificada
- aceitação das regras do mercado livre
- instauração de um regime parlamentar e necessariamente a liberdade do funcionamento de partidos políticos
Consequências:
- provocou a desagregação da federação, por força de nacionalismos agressivos, responsáveis por numerosos conflitos sangrentos, alguns dos quais ainda se mantêm vivos, sem solução à vista (Chechénia, por exemplo).
- levou ao fim do bloco político-militar (Pacto de Varsóvia) e da organização económica supranacional dirigida pela extinta URSS (o COMECON) e, consequentemente, ao termo da Guerra Fria e ao apaziguamento da política internacional
Glasnost é a chamada transparência.
- pretendia ganhar a confiança e participação dos Soviéticos, assim como desmantelar qualquer oposição. Desta forma, pretendendo demonstrar que o sistema político não estava controlado pelo Partido Comunista, libertaram-se presos políticos e inauguraram-se liberdades como a liberdade de expressão individual e a dos meios de comunicação.
3-Muitos acontecimentos históricos ainda não eram de meu conhecimento, dentre eles, a Guerra da Coreia, a Guerra do Vietnã, a chamada Doutrina Truman e a crise dos mísseis em Cuba. Achei muito importante a postagem desse vídeo como complementação do tema abordado, de uma forma mais resumida, explica bem em uma linha do tempo tudo o que o mundo passou entre os anos de 1947 á 1991, nos trazendo um maior conhecimento e facilitando assim as respostas solicitadas pela professora.
4-Corrida Espacial - No final da década de 1950, as duas superpotências da época, EUA (capitalista) e a ex-URSS (socialista), começaram a financiar a produção de tecnologia para grandes projetos espaciais, dando inicio á chamada corrida espacial, onde o país que atingisse os melhores resultados poderia determinar a supremacia do outro. Nessa disputa a URSS saiu em vantagem, sendo a primeira a mandar um satélite artificial, denominado de Sputnik e meses após essa conquista, ainda a União Soviética enviou o primeiro ser vivo ao espaço, a cadela Laika, a bordo do Sputnik 2. No ano seguinte, os Estados Unidos, mandaram o Explorer I que transportava aparelhos de pesquisa. As principais conquistas nessa disputa foram: Em 1961, o primeiro voo tripulado por um ser humano, a bordo da nave Vostrok, Yuri Gagarin pela URSS declara ‘’ A Terra é azul’’. Em 1969, pelos EUA, Edwin Aldrin Jr., Neil Armstrong e Michael Collins, a bordo da nave espacial Apolo XI, atingiram solo lunar (conquista na qual foi transmitida pela televisão).

Aluna:Karine Abdo Leal
Numero: 12
2°C

Taís Klock disse...

Taís Klock - Nº27 - 2ºC

1- Após o término da Segunda Guerra houve um conflito de interesses conhecido como Guerra Fria entre os EUA e a URSS. Na conferência de Yalta, ficou estabelecida a divisão do mundo, e na Conferencia de Potsdam decidiram o que aconteceria com a Alemanha.
A Alemanha foi invadida por todos os lados, ficando assim dividida em dois países: Alemanha Ocidental (capitalista) e Alemanha Oriental (comunistas). Berlim também foi dividida. Os EUA resolveram ajudar Berlim Ocidental, que continuou a crescer. Em 1948, Stálin, dirigente da URSS ordenou que as comunicações entre Alemanha Ocidental e Berlim ocidental fossem cortadas, mas não deu certo. Foi então em 1961 ordenou a construção de um muro isolando Berlim Ocidental do restante da Alemanha.
A Guerra da Coréia entre (1950-1953). Com tentativa de provar que um sistema era melhor do que o outro, acabou dividindo a Coréia em duas partes (socialista e capitalista).
E Na década de 50 e 60 houve a chamada corrida armamentista.
E em 1960, EUA e URSS fizeram a política da boa vizinhança. Em 1970, assinaram acordos para diminuir a corrida. Em1980 essa cordialidade foi abandonada. Os americanos investiram alto no setor bélico deflagrando a chamada “Guerra nas Estrelas. Em1985 foi empreendida duas medidas para reduzir a quantidade de dinheiro gasto na defesa nacional: a perestroika (reestruturação) e a glasnost (transparência). E em1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance.
A Guerra Fria terminou por completo com a ruína do mundo socialista (a URSS estava destruída economicamente devido aos gastos com armamentos) e com a queda do Muro de Berlim em 9 de novembro de 1989, e em 1991 ocorreu a extinção da União Soviética.
2- A perestroika ( reestruturação) visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia e também incentivar empresas estrangeiras a atuarem no país. A glasnost (transparência) na área política e social tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis, também libertou dissidentes políticos e permitiu a liberdade de imprensa e expressão.
3- SIM. Doutrina Truman (1947) EUA- assegurar a liberdade e democracia doa países, conter o avanço de regimes socialistas. Teve como efeito o Plano Marshall e a OTAN (1949) que atua até hoje combatendo o terrorismo e mantendo a ordem.
Resposta Soviética, criou o COMECON (1949) e o Pacto de Varsóvia (1955).
Em 1950, o Macarthismo nos EUA- perseguição política e de caça aos comunistas dentro do país.
Revolução Socialista da China (1949)
Revolução Cubana(1959)
Crise dos mísseis em Cuba(1962)
A Guerra do Vietnã/ Guerra do Indochina(1945 a 1954) que teve como objetivo a descolonização da áfrica. Após a derrota francesa Vietnã foi divido em dois (socialista e capitalista).
Corrida Espacial, primeiro satélite lançado e primeiro ser vivo em orbita (1957). E o homem foi à lua (EUA-1969) "Um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a Humanidade".
4- Conferencia de Potsdam : Ocorreu em Potsdam, uma cidade na Alemanha próxima a Berlim. Entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945. Foi uma conferencia com aliados da 2º Guerra, que participaram os Estados Unidos (vencedor da guerra), a União Soviética, o Reino Unido e também a França. Juntaram-se para decidir como administrar a Alemanha que estava arrasada e completamente destruida apos a guerra. O acordo estabeleceu a divisão da Alemanha e da Austria , e a divisão da Alemanha em duas, uma Oriental(socialista) e outra Ocidental (capitalista). Em 1946 a Alemanha foi dividida em quatro zonas de ocupação controladas por Estados Unidos, União Soviética, Reino Unido, e França.Que ocuparam a Alemanha de 1945 até 1948.

Bruna disse...

1. O conflito entre os EUA e a URSS, gerando a guerra fria. Na década de 50 e 60 houve a corrida armamentista. Na tentativa de provar que o seu sistema era melhor do que o outro, a URSS enviou um homem ao espaço, enquanto os EUA enviaram um homem à Lua. No final da Segunda Guerra, a Alemanha foi invadida, ficando assim dividida em dois países: - Alemanha Ocidental – capitalista - Alemanha Oriental – governada pelos comunistas. A antiga capital – Berlim, que se localizava no interior da Alemanha Oriental, também ficou dividida em dois: - Berlim Oriental - Berlim Ocidental. Os EUA ajudaram Berlim Ocidental a se reerguer. Em 1948, Stálin, dirigente da URSS ordenou que as comunicações entre a República Federal da Alemanha e Berlim ocidental fossem cortadas. Porém, tal iniciativa não deu certo. Assim, Berlim Ocidental continuou a crescer e as pessoas começaram a comparar Berlim Ocidental e Berlim Oriental e viram que o capitalismo era melhor que o socialismo. O Governo da RDA em 1961 ordenou a construção de um muro isolando Berlim Ocidental do restante da Alemanha. Ainda nos anos 60, EUA e URSS fizeram a política da boa vizinhança. Na década seguinte, Nixon e o dirigente soviético Brejnev, assinaram acordos para diminuir a corrida armamentista. Com a eleição de Ronald Reagan em 1981, iniciou-se novamente o acirramento entre as potências. Durante o segundo mandato de Reagan (1984 -1988), em 1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance. Em 9 de novembro de 1989 ocorre a queda do muro de Berlim. No ano de 1985, o estadista Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Soviético. A ação renovadora de Mikhail Gorbatchev criou uma cisão política. Em agosto de 1991, um grupo de militares tentou dar um golpe político sitiando com tanques a cidade de Moscou. O insucesso do golpe militar abriu portas para que os liberais tomassem o poder. No dia 29 de agosto de 1991, o Partido Comunista Soviético foi colocado na ilegalidade. Letônia, Estônia e Lituânia foram os primeiros países a declararem sua independência.

2. Perestroika: era reduzir a quantidade de dinheiro gasta em defesa e, para fazer isso, Gorbachev sentiu que a União Soviética deveria: desocupar o Afeganistão, negociar com os Estados Unidos da América a redução de armamento (os acordos de Yalta) e não interferir em outros países comunistas.

Glasnost: ganhar a confiança e participação dos Soviéticos, desmantelar qualquer oposição. Desta forma, pretendendo demonstrar que o sistema político não estava controlado pelo Partido Comunista, libertaram-se presos políticos e inauguraram-se liberdades como a liberdade de expressão individual e a dos meios de comunicação.

3. O vídeo é muito bom com imagens impressionantes das Guerras e mostra bastante a questão de que hoje podemos perceber a enorme desigualdade social, econômica e política entre os países. Algumas informações novas, que pude compreender mais foram: A criação do OTAN em 1949, que durante a Guerra Fria queria garantir a proteção contra ameaças do bloco socialista e hoje é combater o terrorismo e manter a ordem. E o Macarthismo nos EUA, onde suas principais vitimas foram artistas, jornalistas e escritores.

4. Imperialismo é a política de expansão e domínio territorial, cultural e econômico de uma nação sobre outras. O imperialismo colonial ocorreu devido ao crescimento industrial que conduziu as potencias européia a uma corrida pela posse de novos territórios, procurando novos mercados consumidores e principalmente matérias-primas em grande quantidade, diminuindo o custo e conseqüentemente aumentando a produção, já que o capitalismo se encontrava em ascensão. Esses investimentos visavam fomentar a expansão do comércio.

Larissa Florencio 14 2ºC

Franklin 2A 06 disse...

1- Revolução Cubana, Conferência de São Francisco, Comecom, Plano Marshal, Plano Colombo, Corrida Espacial, Guerra Vietnã, Conferência de Yalta, Conferência Potsdam, Perestroika e Glasnot, Muro de Berlim, Guerra das coréias, Guerra Fria, Macarthismo (ainda permanece) e Otan.

2- Perestroika tinha objetivo de tirar o país do atraso econômico, e Glasnost de implantar a democracia no governo Russo

3- Alem de complementar as informações já adquiridas, trouxe novos conteúdos como á Doutrina Truman, Revolução Socialista na China, e a Crise dos mísseis em Cuba. Também as imagens estabeleceram uma relação com os temas apresentados em sala de aula.
4- A conferencia de Yalta (4 a 11 de fevereiro de 1945, em Yalta, na região da Criméia) foi a mais famosa de todas as conferências da Segunda Guerra Mundial, pois nela deu-se a partilha do mundo entre os Três Grandes, nas vésperas da vitória final da Grande Aliança sobre as forças do Eixo. As decisões que foram tomadas naquela ocasião tiveram efeitos diretos e duradouros sobre povos e nações do mundo inteiro pelo meio século seguinte. Nesta conferência são abordadas questões como o tratamento a ser dispensado à Alemanha após a guerra, incluindo sua divisão em zonas de ocupação e a eliminação de sua indústria bélica, e a perseguição aos criminosos de guerra. A conferência de Yalta também deu inicio a conferencia de Potsdam apresentada pelo outro grupo.

Franklin 2A 06

Anônimo disse...

1- Conferencia de yalta, (1945); perestroika (1985) e glasnot (1988); conferencia de potsdam (1945 depois da conf. de yalta); OTAN (1949); Guerra da Coréia (1950 a 1953); macarthismo (1948); Plano marshall (1947);Revolução Cubana (1959); plano colombo (1950); Corrida espacial (+ou- 1950); Conf. de sao francisco (1945); Doutrina truman 12 de março de 1947, inicio da guerra fria Europa estava fragil a USS e os EUA tinham interesse na europa para expandir seus blocos economicos.

2- A diferença foi que a perestroika foi voltada para a economia, e a glasnost para a politica, transparencia.

3- papel da OTAN de hoje, que é combater o terrorismo e manter a ordem; revoluçao socialista na china; crise dos mísseis em cuba; guerra do vietna. o restante dos assuntos foi trabalhado em sala.

4- Revoluçao cubana: movimento criado por fidel castro e che guevara, para tirar Fulgêncio Batista do poder, para tornar um país socialista, que antes era capitalista fortemente influenciado pelos EUA.

Isabel 14 2B

Pedro Müller, 27 - 2ºA EM disse...

ATIVIDADE:
1-QUAIS OS PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS OCORRIDOS ENTRE 1947 ATÉ 1991? Em 1945, com o fim da segunda guerra mundial, as duas maiores potências eram a URSS, seguindo o modelo de governo socialista, e os EUA, seguindo o capitalismo. Então se inicia a guerra fria, que é nada mais, nada menos que a disputa política, militar, tecnológica, econômica, social e ideológica entre essas duas potências. Nesse período vários acordos e tratados foram assinados, varias guerras e conferencias aconteceram e muitas organizações foram criadas, algumas seguem vigorando até hoje, outras já não existem mais. Um dos acontecimentos mais importantes da guerra fria foi a construção do muro de Berlim, que dividia Berlim ocidental, de Berlim oriental, seguido pela conferencia de Yalta, que fazia com que as duas superpotências não iriam interferir uma na zona de influencia da outra, entre muitas outras coisas, a criação da ONU, da OTAN e do Pacto de Varsóvia, as guerras do Vietnã, e da Coreia e a crise dos mísseis em Cuba e muitos outros eventos relacionados tanto ao fortalecimento das duas potências como tentando não deixar acabar em uma guerra armada.

2-QUAL A DIFERENÇA ENTRE A GLASNOST E A PERESTROIKA?
Perestroika: série de medidas de reforma econômicas, tinha como principal objetivo diminuir o orçamento militar da União Soviética, o que implicou diminuição de armamentos e a retirada das tropas soviéticas do Afeganistão.
Glasnost: retirada da forte censura que o governo comunista impunha. Implantado o regime de liberdade de expressão.

3-O VÍDEO TROUXE INFORMAÇÕES NOVAS ? QUAIS ? Não. Tudo que tinha no vídeo, nós já havíamos visto nas aulas de geografia com as apresentações.

4- Explique sobre o trabalho apresentado pela sua dupla: A Revolução Cubana foi um movimento popular, que derrubou o governo do presidente Fulgêncio Batista, em janeiro de 1959. Com a revolução, foi implantado em Cuba o sistema socialista, tendo como líder Fidel Castro.
Antes de 1959, Cuba vivia sob influencia dos Estados Unidos. A economia era dominada por grandes empresários americanos que tinham seus negócios ali instalados. Cuba seguia o capitalismo com grande dependência dos EUA. Era uma ilha com grandes desigualdades sociais, pois grande parte da população vivia na pobreza. Tudo isso causava muita insatisfação nas camadas mais pobres da sociedade cubana, que era maioria.
Fidel Castro tinha princípios socialistas. Planejava derrubar o governo, acabar com a corrupção e com a influência norte americana. Ele conseguiu organizar um grupo de combatentes que começaram a guerrilhar contra as forças do governo. Com o inicio das guerrilhas o povo começou a apoiá-los. Muitos cubanos das cidades e do campo começaram a entrar na guerrilha, aumentando o número de combatentes e conquistando vitórias em várias cidades. O exército cubano estava registrando muitas baixas e o governo de Batista sentia o fortalecimento da guerrilha.
No primeiro dia de janeiro de 1959, Fidel Castro e os revolucionários tomaram o poder em Cuba. Fulgêncio Batista e muitos integrantes do governo fugiram da ilha.
O governo de Fidel Castro tomou várias medidas em Cuba, como, por exemplo, nacionalização de bancos e empresas, reforma agrária, expropriação de grandes propriedades e reformas nos sistemas de educação e saúde. O Partido Comunista dominou a vida política na ilha, não dando espaço para qualquer partido de oposição.
Com estas medidas, Cuba tornou-se um país socialista, ganhando apoio da União Soviética dentro do contexto da Guerra Fria.
Até hoje os ideais revolucionários fazem parte de Cuba, que é considerado o único país que mantém o socialismo plenamente vivo. Com a piora no estado de saúde de Fidel Castro em 2007, Raul Castro, seu irmão, passou a governar oficialmente Cuba, em fevereiro de 2008.

Sérgio 2ºC disse...

1- Rivalidade entre as duas potências mais ricas do mundo(URSS e EUA). Disputa armamentista, corrida espacial, URSS tomou vantagem, enviou o 1º satélite artificial(Sputnick) ao espaço e o 1º homem ao espaço( Yuri Gagarin). URSS e EUA apoiaram pequenas nações. Essa guerrafoi chamada de "fria" pois essa potencias não guerrearam diretamente, somente fizeram disputas para ver quem era mais evoluido, tendo como "ganhador" os EUA, que chegaram com o 1º homem até a lua.
Construção do muro de Berlim, separando Berlin em dois países governados por sistemas de governo diferentes e a quebra do muro de Berlin.
2- Glasnost deu liberdade de expressão ao povo, sendo que antes o controle do discursso fazia parte do sistema soviético e Perestróika foi juntamente com Glasnost foram políticas implantadas no governo da URSS. Tinha como objetivo a reconstrução da economia soviética.
3- Sim. As imagens e legendas poderam poderam demonstrar mais claramente oque foram todos os conflitos existentes naquela época.
a devastação de Hiroshima, a desigualdade do nº de mortos dos EUA e dos demais países.
4- Foi o Plano Colombo(1951) que tinha a meta de ajudar o bloco ocidental.
Dando o imprestimo de 2,5 milhões de tesouro americano ao Japão. Esse bloco ficou sobre influencia do dolar, que era até então a unica moeda altamente valorizada.
Sérgio B. Gonçalves Filho nº26 2ºC

Anônimo disse...

A guerra fria foi o período histórico de disputas estratégicas e conflitos indiretos entre os Estados Unidos e a União Soviética, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial (1945) e a extinção da União Soviética (1991). Com o final da Segunda Guerra Mundial, a Europa estava arrasada e ocupada pelos exércitos das duas grandes potências vencedoras, os EUA e a URSS. O desnível entre o poder destas duas superpotências e o restante dos países do mundo era tão gritante, que rapidamente se constitui um sistema global bipolar, ou seja, centrada em dois grandes polos. Uma parte dos historiadores defende que esta foi uma disputa entre o capitalismo, representado pelos Estados Unidos e o socialismo, defendido pela União Soviética (URSS). Mikhail Gorbachev aplicou dois planos de reforma na URSS: a perestroika e a glasnost, porcausa do problema final com a 2ªguerra. A perestroika foi a série de medidas de reforma econômicas. Para Gorbachev e que não seria necessário erradicar o sistema socialista, mas uma reformulação deste seria inevitável. Para tanto, ele passou a diminuir o orçamento militar da União Soviética, o que implicou diminuição de armamentos e a retirada das tropas soviéticas do Afeganistão. Já a glasnost: a "liberdade de expressão" à imprensa soviética e a transparência do governo para a população, retirando a forte censura que o governo comunista impunha.
O vídeo trouxe infromações sobre os acontecimentos durante a guerra fria ( plhano marshall, plano colombo...)
O plano marshall foi um plano criado junto com George Marshall e os EUA para reconstruir países europeus que sofreram com a 2ª guerra mundial, a Inglaterra, frança, alemanha e Itália foram um dos países que mais sofreram com 2ªguerra mundial.

Natália Da Costa 2B n 27

Anônimo disse...

1-Conferência Yalta (1945), Conferência de Postdam (1945), Guerra Da Coréia (1948), Plano Marshall (1948), OTAN (1949), Pacto de Varsóvia/ Comecon (1949), Plano Colombo (1950), Macarthismo (1951), Conferência de São Francisco (1952), Tecnologias da Guerra Fria (1957), Corrida Espacial (1957), Guerra do Vietnã (1959), Revolução Cubana (1959), Muro de Berlim (1961- 1989), Perestroika e Glasnost (1985).
2- Perestroika foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev.Enquanto a Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev, a proposta era de acabar com a burocracia política, combater a corrupção e introduzir a democracia em todos os níveis de participação política.
3-O vídeo permitir observar a Guerra Fria, seus danos, avanços e etc.
Uma desigualdade social, política e econômica pode ser vista na Coréia, após ser dividida em Coréia do Norte e Coréia do Sul. O vídeo reforçou ainda mais alguns conceitos como o Plano Marshall e o COMECON, as conferências de Yalta, Potsdam e São Francisco, a criação da OTAN em 1949, e esclareceu melhor o Macarthismo.
4- Em 1944 foi criado pelo General Marshall (secretário do estado americano) o Plano Marshall que tinha como objetivo recuperar a economia da Europa, garantindo a influência na região, cerca de 17 bilhões de dólares foram gastos, apenas em 1948 esse plano foi posto em prática.

- Laila : nº16 / 2º A.

Anônimo disse...

1-Nesse período ocorreu vários tratados, acordos e guerras entre distintos países com objetivos em comum, Glasnost e Perestroika, tratados de paz para fim da guerra fria outras guerras como a guerra da coréia, outros acontecimentoos como perseguições políticas e conferências, muitas desses acontecimentos tinham ligação.
2-Tanto a Glasnost quanto a Perestroika eram comandadas por Mikhail Gorbachev e as duas eram aliadas,mas na Glasnost foi uma espécie de abertura da política onde os ideais comunistas se tornaram demoráticos. Na Perestroika foi um processo de restauração onde a abertura política levou á várias liberdades e regalias a sociedade.
3- O vídeo traz informações interessantes que ajuda compreder a época e os acontecimentos ocorridos atrvés das imagens trouxe informações sobre tratados como a OTAN e revoluções como a cubana.
Adriano n° 1 2°B
2011

Anônimo disse...

1)Em 1947 foi criado pelos EUA o plano marshall para a reconstrução dos paises aliados da europa principalmente a alemanha. Em 1951 o plano colombo foi executado ele na verdade era muito parecido com o marshall mais movia menos dinheiro e era para a reconstrução do sudeste Asiático. Em 1957 começou a corrida espacial entre os EUA e a URSS que só acabou em 1969 com a chegada da nave apolo XI na lua enviada pelos EUA. Em 1951 houve a conferência de São Francisco onde foi criada a ONU organização das nações unidas. Em 1991 após profundas mudanças aconteceu o fim da URSS, pois temendo o quadro político da Rússia as outras repúblicas pediram autonomia. Em 1949 a Alemanha foi dividida em duas pelo muro de Berlim onde um lado era capitalista e o outro socialista.
2)Glasnost foi a abertura política implantada por Gorbachev, onde a população teve maior liberdade de expressão.Já perestroika foi a reconstrução econômica onde o dinheiro gasto em defesa foi reduzido e também foi implantado por Gorbachev.
3)Que em meio a guerra fria aconteciam movimentos sociais como o movimento hippie ou até mesmo o woodstkock um dos festivais de música mais famosos e conceituados da história.
4)Plano Colombo, ele aconteceu em 1951 foi feito pelos EUA para ajudar o desenvolvimento do sudeste Àsiatico. Com isso o bloco ocidental ficou sobre a hegemonia norte americana e a influência do dollar que era a unica moeda realmente forte no pós-guerra. Os EUA não queria uma repetição da crise de 1929 por isso ajudaram a economia do sudeste Àsiatico.

Nome: Rômulo Fischer Nº:25 /2ºC

frederic27 disse...

Frederic Rieger N°4 2°C

1) A Guerra Fria tem início logo
após a Segunda Guerra Mundial, pois os Estados Unidos e a União Soviética vão disputar a hegemonia política, econômica e militar no mundo. Na segunda metade da década de 1940 até 1989, estas duas potências tentaram implantar em outros países os seus sistemas políticos e econômicos.
Na época de 1949 formaram-se dois blocos militares, cujo objetivo era defender os interesses militares dos países membros. A OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte era liderada pelos Estados Unidos e tinha suas bases nos países membros, principalmente na Europa Ocidental. O Pacto de Varsóvia era comandado pela União Soviética e defendia militarmente os países socialistas.
Corrida Espacial : EUA e URSS travaram uma disputa muito grande no que se refere aos avanços espaciais. Ambos corriam para tentar atingir objetivos significativos nesta área. Isso ocorria, pois havia certa disputa entre as potências, com o objetivo de mostrar para o mundo qual era o sistema mais avançado. No ano de 1957, a URSS lança o foguete Sputnik com um cão dentro, o primeiro ser vivo a ir para o espaço. Doze anos depois, em 1969, o mundo todo pôde acompanhar pela televisão a chegada do homem a lua, com a missão espacial norte-americana. Em 1989 cai o Muro de Berlim e as duas Alemanha são reunificadas.
1991 foi criando a Comunidade de Estados Independentes (CEI) em substituição da extinta URSS. Composta por doze ex-repúblicas soviéticas, a CEI não é um Estado, mas um acordo econômico e geopolítico entre Estados independentes.

2) Mikhail Gorbatchev empreendeu duas medidas: a perestroika, que visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia e a glasnost que tinha como objetivo "acalmar" o poder de intromissão do governo nas questões civis.

3) No vídeo mostra informações sobre a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). Criada pelos EUA e seus aliados. O tratado tinha como objetivos construir uma aliança oposta aos socialistas e estabelecer uma cooperação, dando assim um tempo de paz. Caso um dos países aliados fossem atacados por algum dos blocos socialistas, os outros membros dariam apoio para aquele país atacado em qualquer situação.

4)No começo Cuba era um pais capitalista, apoiada, influenciada e usada pelos EUA. Havia uma grande desigualdade social naquela epoca.
Sob a liderança de Fidel Castro, Camilo Cienfuegos e Ernesto “Che” Guevara, um pequeno grupo de aproximadamente 80 homens se espalhou em diversos focos de luta contra as forças do governo. Entre 1956 e 1959, o grupo conseguiu vencer e conquistar várias cidades do território cubano. No último ano de luta, conseguiram finalmente acabar com o governo de Fulgêncio Batista e estabelecer um novo regime pautado na melhoria das condições de vida dos menos favorecidos. Assim estabelecendo o socialismo, apoiado pela URSS.

Anônimo disse...

1- De 1947 (lançamento da doutrina Trumman) á 1989 (queda do muro de Berlim), o mundo viveu o período conhecido como "Guerra Fria", no qual dois países hegemonizaram o poder mundial. EUA e URSS foram as superpotências do período e o mundo todo passou a orbitar em torno desses dois países.
2-Perestroika foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev. Já a Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev. Vale lembrar que ambas culminaram com o fim do império socialista da URSS "fundado" por Stalin.
3- O plano Colombo deu início a década de 50 (no período da guerra fria), foi um dos principais instrumentos de contenção de expansionismo e objetivo de reconstruir as economias de mercado no extremo Oriente, com base no Japão. Foi parecido com o plano Marshall, com muito mais ambição e vontade de desenvolver. Foi organizado por países do sul e sudeste da Ásia após a guerra, mostrando parte de um programa bipolar, o Japão recebeu 2,5 milhões de dólares diretamente dos Estados Unidos.
4-*Crise dos mísseis em Cuba que aconteceu em 1962 e durou 13 dias.
*Corrida espacial: Em 1957 o primeiro satélite foi lançado no espaço e em 1957, Laika, foi o primeiro ser vivo a entrar em órbita em torno da Terra.

Georgia Varela | 2ºB | Nr. 12

Anônimo disse...

Gabriel Munhoz Garbe Número: 7
Segundo ano A

1- Conferencia de Yalta, Conferencia de Postdam, Plano Marshall, OTAN, Plano Colombo, Guerra da Coréia, Macarthismo, Conferencia de São Francisco, Comecom, Tecnologia da Guerra Fria, Corrida Espacial, Revolução Cubana, Guerra do Vietnã, construção do muro de Berlin, Perestroika e Glasnost, queda do muro de Berlin e fim do Comecom.

2- Glasnost era o tratado político e Perestroika era o tratado econômico na união soviética.

3- Revolução socialista na China, crise dos mísseis em Cuba, guerra do Vietnã (guerra da Indochina), os movimentos sociais da década de 60.

4- Macarthismo foi um movimento criado por Joseph McCarthy que visava perseguir pessoas a favor do comunismo e que realizavam praticas anti norte americanas em 1951. Foi iniciado pela disputa entre os Estados Unidos e a União Soviética na Guerra Fria pela liderança do planeta depois da Segunda Guerra Mundial. Tudo começou com o a lei MacCarran-Nixon que exigia que todas as organizações aliadas ao comunismo se registrassem. O cinema e a arte foram os principais alvos do macarthismo.

Anônimo disse...

1.- Conferencia de Yalta, Conferencia de Postdam, Plano Marshall, OTAN, Plano Colombo, Guerra da Coréia, Macarthismo, Conferencia de São Francisco, Comecom, Tecnologia da Guerra Fria, Corrida Espacial, Revolução Cubana, Guerra do Vietnã, construção do muro de Berlin, Perestroika e Glasnost, queda do muro de Berlin e fim do Comecom.

2.Uma foi um plano politico e o outro foi um plano economico.

3.Rev. socialista na china, não sabia que ocorria uma coletivizazão agrícola e que tambem ouve uma estatização dos meios de produção.Tambem não sabia que as coreias se separam no paralelo 38°N.Não conhecia o Progeto Manhattan.

4.Plano colombo:foi um plano que visava restaurar a economia mundial,porem nesse plano o objetivo central eram os paises asiaticos, grandes emprestimos de dinheiro.Oque aulmento o poder do capitalismo e ampliou o dolar a moeda dos EUA.

João Pedro n°15 2ºA

Lucas Edson disse...

Lucas Edson Linhares(16) - 2C

1- 1945: final guerra mundial; 1947- começo guerra fria; década 50 e 60: corrida armamentista; 1950 -1953: Guerra da Coréia; 1961: Construção do muro de Berlim separando-a em Ocidental e Oriental; 1962: Crise dos Mísseis em Cuba; 1962-1975:Guerra do Vietnã; Décadas de 70 e 80: China se alia aos EUA na luta contra o socialismo; 1975: Diminuição da corrida armamentista entre os EUA e a URSS; 1979-1989: Guerra do Afeganistão; 1981: acordo desfeito, quando Ronald Reagan assume o poder e volta a investir no setor bélico. 1989: Queda do muro de Berlim. 1985: Mikhail Gorbatchev assume o controle do Partido Comunista Soviético, implantando a Perestroika e a Glasnost; 1991 – Fim da Guerra Fria.

2- Perestroika: seria a reconstrução econômica com um novo sistema. Parte econômica do novo sistema. Sua principal ação seria a redução do dinheiro gasto na defesa nacional: desocupando o Afeganistão, negociando com os EUA a redução de armamento e não mais interferir em outros países comunistas. Glasnost: seria a transparência do governo. Seria a parte estrutural e social do sistema. O objetivo era tornar transparente e aberto para debater vários assuntos da sociedade. Essa política deu novas liberdades á população e aos meios de comunicação.

3- Potsdam: divisão e ocupação da Alemanha; São Francisco: criação da ONU; Doutrina Truman: assegurar a liberdade e democracia do país e conter o avanço de regimes autoritários pelos EUA; Efeitos da Doutrina Truman: plano Marshall, Criação da OTAN; Respostas Soviéticas: Comecon, Pacto de Varsóvia; Macarthismo nos EUA(década de 50); Revolução Socialista na China(1949); Revolução Cubana(1959); Houve um grande destruição do mundo por parte da ganância. Vidas, idéias e futuros devastados por potências que pensavam só no poder, dinheiro e expansão. A desgraça do mundo atual veio sendo construída pelo homem. Somos o vírus do planeta, que como qualquer deste destrói o seu próprio habitat. Quem somos nós para decidir quem deve ser pobre ou rico, ou quanto de natureza ainda podemos destruir. Só nos resta o futuro e novas expectativas que só ficaram nas lembranças de quem perdeu a esperança.

4-4-Política implantada na União Soviética por Mikhail Gorbachev no ano de 1985. Reconstrução econômica e estrutural. Gorbatchev percebeu que a economia da União Soviética estava a falhar e o sistema social precisava de uma reforma. A Perestroika: é a reconstrução econômica com um novo sistema. Parte econômica do novo sistema. Sua principal ação seria a redução do dinheiro gasto na defesa nacional: desocupando o Afeganistão, negociando com os EUA a redução de armamento e não mais interferir em outros países comunistas. Já a Glasnost, seria a transparência do governo. Seria a parte estrutural e social do sistema. O objetivo era tornar transparente e aberto para debater vários assuntos da sociedade. Essa política deu novas liberdades á população e aos meios de comunicação. O sistema não deu certo pois houve insucesso na promoção da criação de entidades econômicas privadas, indisposição de Gorbachev em relação a reforma agrícola e má vontade dos altos oficiais da União Soviética Comunista e da facção liberal apoiada pelos EUA não aceitarem as medidas da Perestroika/Glasnost.

Anônimo disse...

Paulo Meneses nº 26 2ºA

Principal acontecimento:Guerra Fria
A guerra fria é a designação dada ao conflito político-ideológico entre os Estados Unidos (EUA), defensores do capitalismo, e a União Soviética (URSS), defensora de uma forma de socialismo. Não existe um consenso sobre a data exata do início da Guerra Fria. Para alguns estudiosos, o marco simbólico foi a explosão nuclear sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, em agosto de 1945. Outros acreditam que seu início data de fevereiro de 1947, quando o presidente norte-americano Harry Truman lançou no Congresso dos Estados Unidos a Doutrina Truman, que previa uma luta sem tréguas contra a expansão comunista no mundo. E há também estudiosos que indicam a divisão da Alemanha em dois Estados, em outubro de 1949. O surgimento da Alemanha Oriental, socialista, estimulou a criação de alianças militares dos dois lados, tornando oficial a divisão da Europa em dois blocos antagônicos, o que poderia ser o marco inicial da Guerra Fria. Também não há consenso também sobre quando terminou a Guerra Fria. Alguns historiadores acreditam que foi em novembro de 1989, com a queda do Muro de Berlim, um dos grandes símbolos do período de tensão entre as superpotências. Nessa mesma perspectiva, o marco final da Guerra Fria poderia ser a própria dissolução da União Soviética, em dezembro de 1991, num processo que deu origem à Comunidade dos Estados Independentes. E outros analistas, ainda, consideram que o período terminou não em dezembro, mas em fevereiro de 1991, quando os Estados Unidos saíram da Guerra do Golfo como a maior superpotência de uma nova Ordem Mundial.
É chamada de "fria" porque não houve qualquer combate físico, embora o mundo todo temesse a vinda de um novo combate mundial, por se tratarem de duas potências com grande arsenal de armas nucleares.
Diferença Glasnost e Perestroika:
Perestroika
Teve início em 1986, foi concebida para introduzir um novo dinamismo na economia soviética, que passava por sérios problemas. Para que os setores econômicos do país tivessem uma expansão qualitativa e quantitativa, foi introduzido mecanismos para estimular a livre concorrência (e acabar com o monopólio estatal), desenvolver setores secundários de produção (bens de consumo e serviços não-essenciais) através da iniciativa privada e descentralizar as operações empresariais. No campo, foi estimulado a criação de cooperativas por grupos familiares e arrendamento de terras estatais. A proposta também foi incentivar empresas estrangeiras a atuarem no país.

Glasnost
Na área política e social, a Glasnost pretendeu colocar novos paradigmas no modo de vida soviético. Para que a União Soviética tivesse um desenvolvimento forte e profícuo, era necessário colocar uma nova mentalidade em todos os segmentos da sociedade. Assim, a proposta foi de acabar com a burocracia política, combater a corrupção e introduzir a democracia em todos os níveis de participação política. A glasnost também libertou dissidentes políticos e permitiu a liberdade de imprensa e expressão.
Informações trazidas pelo vídeo:
Com o vídeo pude aprender os acordos pós- guerra , Yalta que são as anexações territoriais soviéticas , Potsdam que é a divisão e ocupação da Alemanha e São Francisco que foi a criação da ONU.


Conferência Yalta

Reuniu as principais potencias vencedoras da segunda guerra mundial. Tinha como objeto dividir a alemanha em quatro zonas de ocupaçao, sob o comnado do Reino Unido, França, EUA e URSS.

Mona disse...

Marina Eing Barbosa; nº19; 2ºC

1. A Guerra Fria, incluindo a corrida armamentista, a Guerra da Coréia, a Europa Oriental, Canadá e Japão se aliando aos EUA, a Tchecoslováquia, a Polônia, a Hungria, a Iugoslávia, a Romênia, a Bulgária, Albânia, metade da Alemanha e a China à U.R.S.S., a Alemanha foi invadida e dividida em Alemanha Ocidental (capitalista) e Alemanha Oriental (comunista), Stalin corta as comunicações entre elas, em 1961 teve a construção do Muro de Berlim, a Conferência de Yalta e finalmente Nixon e Brejnev assinaram um acordo para diminuir a corrida armamentista. Só que então, as potências decidiram ir, literalmente, para o espaço, e em 81, a concorrência recomeçou com um novo nome: "Guerra nas estrelas". Depois disso, a Guerra Fria acabou e o Muro de Berlim foi derrubado, novos acordos assinados, houve a tentativa do golpe político pelos militares e a independência da Letônia, Estônia e Lituânia.

2. "No ano de 1985, o estadista Mikhail Gorbatchev assumiu o controle do Partido Comunista Soviético com idéias inovadoras. Entre sua maiores metas governamentais, ele empreendeu duas medidas: a Perestrika, que significa a reconstrução e a Glasnost, transparência. A primeira visava modernizar a economia russa com a adoção de medidaas que diminuiam a participação do Estado da economia. A Glasnost tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis.

3. O que mostra sobre Cuba, a destruição causada pelas grandes potências, mas a maioria das coisas que aparecem no vídeo foi apresentada pelas duplas durante a aula de geografia.

4. A Conferência de Yalta aconteceu entre os dias 7 e 11 de fevereiro de 1945 e foi um encontro entre os três senhores do mundo: o Presidente norte-americano Franklin Delano Roosevelt, o Primeiro Ministro britânico Winston Churcill, e o General da U.R.S.S. Joseph Stalin, para resolverem o que seria do mundo agora que a Guerra tinha acabado. A primeira coisa que eles foram previnir é que a Alemanha não se revoltasse novamente. Lá também, foi estabelecido a divisão do mundo em áreas de influência, deixando cada parte da divisão sob controle de uma superpotência. É tido a idéia da ONU e maracada a data da conferência para estabelecê-la. Em Yalta também foi discutida e confirmada a consciliação dos vencedores, aparentemente abrindo uma longa era de paz e estabilidade.

Victor Santos nº:31 2ºB disse...

1 - Acontecimentos:
1947 - Guerra fria- Origina principalmente pelos acordos pós guerra. Grande rivalidade EUA e URSS.
1947 - Conferência de Yalta – Principal objetivo foi acabar com a Segunda Guerra Mundial, Conferência de Potsdam – decisão de como administrar, dividir e ocupar a Alemanha que se rendeu na Segunda Guerra Mundial, e Conferência de São Francisco – Criar uma nova organização (ONU).
1947 – Doutrina Truman – Objetivo: Expandir o Capitalismo e proteger os elos fracos.
1947 - Plano Marshall – Ajuda financeira que os EUA deram aos países destruídos da Segunda Guerra Mundial, principalmente para a Europa para garantir influência na região.
1949 – OTAM – Uma frente oposta ao bloco socialista. Garantir a proteção contra ameaças socialistas.
1950 – Plano Colombo – Ajuda que os EUA deram ao países do sul e do sudeste da Ásia.
1950 à 1953 – Guerra da Coréia – Foi mias uma desculpa para os EUA e a URSS entrarem em guerra.
Década de 50 – Corrida Armamentista – URSS e os EUA disputavam para ver quem tinha as maiores e melhores tecnologias.
1951 – Macarthismo – Perseguição dos anti-socialistas aos artistas da época, quem era da oposição.
1959 – Revolução Cubana – Che Guevara e Fidel Castro fazem manifestações contra Fulgencio Batista que era aliado dos EUA.
1961 - Construção do muro de Berlim – Objetivo era isolar Berlim Ocidental do restante da Alemanha.
1985 – Perestroika – Objetivo era retomar o socialismo e buscar a abertura econômica.
1988 – Glasnost – Buscava liberdade e tornar o governo transparente.


2 - Ambos foram planos de Governo da URSS. Mas existiam diferenças, a Perestroika queria retomar o Socialismo, visava a abertura econômica, buscava reformular a economia e amenizar a rivalidade com os EUA. Já o plano Glasnot queria mais liberdade e principalmente queriam tornar o governo transparente, assim em 1994 começaram as eleições diretas.



3 - O vídeo trouxe novas informações sobre as reações da URSS, como a criação do COMECON e o PACTO DE VARSÓVIA. Trouxe também sobre a Revolução Socialista na China. E na minha opinião o mais importante foi sobre a Guerra do Vietnã em 1945 até 1975, porque eu nunca tinha ouvido falar e no vídeo tomei conhecimento do caso. E mostrou um pouco da destruição causada nesse período de guerra.

4 - Meu trabalho:
Conferência de Potsdam foi uma “reunião” entre os vitoriosos aliados da Segunda Guerra Mundial, que se juntaram para decidir como administrar, dividir e ocupar a Alemanha que saiu como a grande derrotada da 2ªGuerra. Além disso também tinha como objetivo estabelecer ordens pós-guerra, assuntos relacionados com tratados de paz e contornar os efeitos das guerras.
Os países foram os EUA, a URSS e o Reino Unido representados respectivamente por Harry Truman, Josef Stalin e Winston Churchill.
Os primeiros resultados foram:
1 - Reversão de todas as anexações alemãs na Europa após 1937 e a separação da Áustria da Alemanha.
2 - Estabelecimento de objetivos: desmilitarização, desnazificação, democratização e descartelização.
3 - Julgamento dos criminosos de guerra Nazis em Nuremberg.
4 - A expulsão das populações Germânicas permanecentes fora das fronteiras da Alemanha.
5 - Acordo sobre as indenizações de guerra.
6 - Os Aliados editaram a Declaração de Potsdam que ultimou os termos de capitulação do Império do Japão.
7 - Todos os outros assuntos seriam tratados na conferência de paz final, que seria convocada assim que possível


Victor Santos nº:31 2ºB

Marcelo de Macedo 2B disse...

1- O fim da Segunda Guerra Mundial criou uma rivalidade entre duas potências, que sairam vitoriosas por serem os dois países mais ricos, e tinham muito poder. A URSS, socialista, tinha ideias contrárias às dos EUA, capitalista, e os dois queriam espalhar seus sistemas para trazer o equilibrio mundial. Na corrida armamentista, com desesnvolvimentos bélicos, os EUA se sobresaiu e conseguiu tecnologias mais avançadas. Mesmo com a abundância de armamento, não houve guerras, pois os dois países sabiam que isso destruiria o mundo. Outras disputas marcaram esse período, como a corrida espacial, onde a URSS mandou o primeiro ser vivo e homem para o espaço, mas os EUA realizou o tão desejado pouso na lua. A Olimpíada também foi uma forma que eles encontraram de disputar seus poderes. O socialismo não se concentrou apenas na URSS mas também na Europa Oriental e China. Os EUA também se aliaram com a Europa Ocidental, o Canadá e o Japão. Muitos desses países foram destruidos pelos EUA na Guerra Mundial, mas com ajuda financeira e apoio para a reestruturação, ficava difícil nao se aliar. O capitalismo se protegia mais com a Doutrina Truman, Plano Colombo e Plano Marshall, onde respectivamente declararam a preservação do capitalismo, enviaram ajuda econômica ao Japão e sul da Ásia, e ajudaram a reerguer a Europa Ocidental. O mundo em geral estava assustado com medo de mais uma guerra acontecer, dessa vez nuclear, já que os EUA e a URSS estavam aprimorando essa área, e a Liga das Nações nao havia conseguido evitar a Alemanha de causar a Segunda Guerra Mundial. Por isso criaram a ONU (Organização das Nações Unidas), para trazer segurança, paz e solução de problemas. Foi uma época de grandes mudanças na imagem mundial, tanto geograficamente devido a separação da URSS, divisão da Coréia e Alemanha, quanto política, com a prevalência do capitalismo, no momento em que todos percebem que a Alemanha Capitalista cresce mais que a Alemanha Socialista.
2-
a) Peristroika: Foi uma mudança econômica na URSS para tentar trazer o fim à Guerra Fria. Onde os gastos com armamento foram cortados, a rivalidade com os EUA acalmado e o Afeganistão desocupado.
b) Glasnost: Tentativa de deixar o governo mais transparente, pois até então o povo não sabia o que se passava pela cabeça dos políticos. Trouxe em 1994 o direito das eleições diretas.
Mesmo tentando reformar, a ideia não deu certo pois a população estava empolgada e queriam rapidez. A economia se perdeu e a URSS veio ao caos, até chegar desaparecer aos poucos.
3- O vídeo além de mostrar esses acontecimentos importantes que marcaram a Guerra Fria, também apresenta imagens da metade para o final, revelando a tristeza no rosto de muitos, e o cenário de guerra sem guerra, pois aviões militares voavam por todos os lugares, soldados estavam espalhados por todas as áreas e usinas nucleares eram construidas, mas nao haviam tiros, destruição, apenas o medo aterrorizava a população mundial.
4- Peristroika e Glasnost

Anônimo disse...

Gabriela Aline- 2°B- n°8

1- Não respectivamente: Conferência de Yalta,Perestroica Glasnost,Conferência de Potsdam,Macarthismo,Neoimperialismo,Plano Marshall,Plano Colombo,OTAN,Guerra da Coréia,Corrida Espacial,Conferencia de São Francisco,Imperialismo do Seculo XIX, Doutrina Truman.

2- A Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev. Vale lembrar que ambas culminaram com o fiim do império socialista da URSS "fundado" por Stalin, antes pelos soviets e a Perestroika foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev.

3- •Revolução Socialista na China: coletivização agrícola;Estatização dos meios de produção; Centralização política PC.•Crise dos misseis em Cuba

4- Revolução Cubana: A Revolução Cubana foi um movimento popular, que derrubou o governo do presidente Fulgêncio Batista, em janeiro de 1959. Com o processo revolucionário foi implantado em Cuba o sistema socialista, com o governo sendo liderado por Fidel Castro.

Anônimo disse...

Luiz Telles - 19 - 2ºA

1- Em 1947 os países mais ricos e grandes potências após a Segunda Guerra Mundial, começaram a querer implantar a sua estrutura pelo Mundo.Os EUA querendo implantar o capitalismo e o URSS o socialismo.Com essas idéias contrárias começaram a fazer disputas de quem conseguia produzir mais tecnologias bélicas, aos poucos foi aumentando a disputa e passou até para a área dos esportes.No final da segunda guerra a Alemanha é dividida entre Alemanha Ocidental ( capitalista) e Alemanha Oriental(comunista). Como Berlim Ocidental estava crescendo enquanto Berlim Oriental não apresentava o mesmo processo, as pessoas começaram a procurar Berlim Ocidental, nisso o governo de Berlim Oriental manda construir um muro para impedir a passagem das pessoas, isolando Berlim Ocidental do restante da Alemanha. A guerra só acabou por completo com a falência do URSS e a queda do muro de Berlim ( dia 9 de novembro de 1989).Em 1991 as nações que formavam a URSS começaram a declarar independência. Apesar de toda a disputa os EUA e URSS nunca lutaram entre si, mas fizeram pequenos países entrarem em guerra.

2- Perestroika foi um processo de reestruturaçã e a glasnost um processo de transparência, todas criadas por Mikail Gorbachev. A Perestroika foi um plano s para reformar o socialismo e fortalecer a economia, diminuindo gastos com defesa, não interferindo em outros países comunistas e o acordo de Yalta.
A Glasnost foi implantada junto com a Perestroika, era um projeto de abertura política, que tinha como objetivo dar maior liberdade ao povo.

3--O vídeo trás algumas informações extras, como datas. Com as imagens a visão da destruição ocorrida ficou mais clara e muito chocante. Pude aprofundar ainda mais alguns conceitos como o Plano Marshall o COMECON e Guerra das Coréias no qual eu tinha algumas dúvidas.

Anônimo disse...

1) Os principais acontecimentos entre 1947 e 1991 foram:
.Plano Marshall- Ajuda financeira para a reconstrução dos países europeus após a guerra.
.Doutrina Truman- Política externa criada para impedir a expansão do socialismo e aumentar os domínios capitalistas.
.Macarthismo- Movimento contra o socialismo, comandado pelo senador Joseph McCarthy.
.Otan- União de países capitalistas para fazer frente ao bloco socialista.
.Guerra das Coréias- Guerra entre a Coréia do norte (Socialista e atacante) e a Coréia do sul (Capitalista e atacada).
.Corrida Espacial- Disputa entre E.U.A. e URSS, para ver quem possuía mais domínio sobre os conhecimentos do espaço, o capitalismo ou o socialismo.
.Plano Colombo- Plano para reconstruir as economias asiáticas afetadas pela guerra.
.Revolução Cubana- Movimento anticapitalista, queria tirar o poder dos E.U.A. sobre Cuba.
.Perestroika e Glasnost- Perestroika, ocorreu em 1985, era um movimento imposto pelo então presidente Mikhail Gorbachev, para mudar a economia, reformular o Socialismo e para amenizar a rivalidade com os E.U.A.. Glasnost, ocorreu em 1988, sendo uma reforma no governo para torná-lo mais transparente e para dar mais iberdade para a população. Em 1994 houveram as primeiras eleições diretas no país.
.Queda do Muro de Berlim- Re-Unificação das Alemanha Ocidental e Oriental.
.Queda da URSS- Termina o Comecom e o Pacto de Varsóvia.

2) Perestroika foi o movimento imposto pelo presidente Mikhail Gorbachev que consistia em realizar a abertura econômica do país, reformular o regime socialista e amenizar a rivalidade com os E.U.A.
Glasnost foi o movimento imposto pelo mesmo presidente Gorbachev, e era um movimento para mudar o governo da URSS, tornando-o mais transparente e dando mais liberdade para a população.

3) Além de ser um ótimo vídeo explicativo da Guerra Fria, trouxe informações novas, que são:
.A resposta soviética a criação de uma aliança anti-socialismo (OTAN)foi a união de Repúblicas socialistas (COMECOM e Pacto de Varsóvia) que também se protegiam mutuamente militarmente e financeiramente.
.Em 1949 houve na China uma revolução socialista que definiu a coletivização agrícola, a estatização dos meios de produção e a centralização do governo.
.Na Guerra das Coréias houveram mais de 1 milhão de mortes e foram todas em vão, já que a divisão dos países (Um dos motivos da disputa) permaneceu exatamente igual a que era antes da guerra, no paralelo 38ºN. Hoje há uma enorme desigualdade social entre os dois países, sendo que a Coréia do sul, capitalista, é a mais rica.
.Em 1962 a URSS instalou mísseis em Cuba e foi severamente contrariada pelos E.U.A. que declarariam guerra a URSS se qualquer disparo fosse efetuado contra qualquer Estado, por essa declaração a URSS deixou seus planos de lado em treze dias.
.A Guerra do Vietnã, inicialmente entre Vietnã do Norte e Vietnã do Sul e mais tarde contra os E.U.A. já que os mesmos entraram na guerra para tentar evitar o efeito dominó que poderia acontecer nas repúblicas socialistas.
.Em 1942 inicia-se a Era Nuclear com o projeto Manhattan.

4) O trabalho apresentado pela minha dupla foi sobre a conferência de São Francisco que ocorreu em 25 de abril de 1945 na cidade de São Francisco, Califórnia, E.U.A., com objetivo de criar uma nova organização internacional, já que a Liga das Nações passou a ser uma organização desacreditada por não ter conseguido impedir a 2ªGM. Foi criada a ONU (Organização das Nações Unidas) com objetivo de preservar a paz e a segurança coletiva e promover a cooperação internaconal para a resolução de problemas econômicos, sociais, culturais e humanitários.


Matheus Bornhausen Braz Olegário 23 2ºem “B”

Anônimo disse...

1- Corrida armamentista, mísseis em Cuba, formação dos blocos econômicos (OTAN e Varsóvia), corrida espacial, Macarthismo, Sistemas de espionagem em ação (cia e kgb), conferência de Yalta, “Guerra nas Estrelas”, conferência de Potsdam, de São Francisco, criação da ONU, construção do muro de Berlim (cortina de ferro), queda do Muro de Berlim, Plano Marshall e COMECON, guerra da Coréia, guerra do Vietnã, Perestroika e Glasnost, Plano Colombo, Plano Marshall, Revolução Cubana, doutrina de Truman
2- A Perestroika visava modernizar a economia russa com a adoção de medidas que diminuía a participação do Estado na economia. A glasnost tinha como objetivo abrandar o poder de intromissão do governo nas questões civis.
3- Sim, a morte de 1 milhão de pessoas na guerra coreia, a imagem que retrata a imensa desigualdade social e economica entre o norte e sul da coreia, fotos aéreas mostrando a instalação e alcance de misseis sovieticos em cuba, a perda da guerra do vietnã por parte dos EUA, os movimentos sociais da época (movimento hippie, festival de woodstock, os panteras negras, john lennon com the beatles, martin luther king e seus ideais...), a Kim Phúc, menina da guerra do Vietnã que teve a roupa em chamas e q hoje é embaixatriz da boa vontade da unesco...
4- A expressão Doutrina Truman designa um conjunto de práticas do governo dos Estados Unidos da América, em escala mundial, à época da chamada Guerra Fria, que buscava conter a expansão do socialismo.
Ao final da Segunda Guerra Mundial, os países europeus entraram em declínio, coincidindo com a ascensão dos Estados Unidos e da União Soviética enquanto potências no palco das relações internacionais.
O Presidente Harry S. Truman, pronunciou, em 1947, um violento discurso assumindo o compromisso de "defender o mundo capitalista contra a ameaça socialista". Estava lançada a Doutrina Truman e iniciada a Guerra Fria, que propagou para todo o mundo o forte antagonismo entre os blocos capitalista e socialista

Aline Maria Vitório n°01 - 2C

Anônimo disse...

1- Esse foi o período que aconteceu a guerra fria. Durante esse período a URSS e os estados unidos competiram em vários aspectos, dentre eles estava o poderio Bélico, as competições esportivas e a corrida espacial. Durante essa época acretidava-se que poderia acontecer uma guerra nuclear a qualquer momento, pois a tensão entra as duas superpotências era muito grande.
Acontecimentos: Queda e construção do muro de Berlim, chegada do homem a lua, revolução cubana, fim da URSS(1991)
2- A glasnost possuía objetivos que visavam a mudança do sistema socialista, onde o não havia liberdade de expressão. Objetivo da glasnost era mudar isso, fazer com que o governo seja mais “transparente”. Já a Perestroika foi um processo de reconstrução econômica, onde a prioridade era a reduzir o dinheiro gasto na defesa. A principal diferença é que A glasnost era um plano social e a Perestroika era um plano econômico.
3- Sim, com o vídeo aprofundei os conhecimentos sobre os tratados após a segunda guerra mundial, e aprendi mais sobre a China, cujo posicionamento durante a guerra fria não era grande.
4- Cuba foi um dos últimos países a declarar a independência. Devido a o grande apoio que os Estados Unidos da America exerceram a independência de Cuba, está torno-se capitalista. Antes da revolução cubana, Cuba era com vários contrastes sociais e era usado pelos Estados Unidos como “quintal” para suas empresas. Dentre os interesses dos Estados Unidos estava o algodão. Em 1956 a 1958, quando Cuba estava sob o regime ditatorial de Fulgencio Baptista, um grupo de revolucionários com ideais socialistas agiu. Dentre os lideres da revolução estavam Fidel Castro, Camilo Cienfuegos e Ernesto Che Guevara. Cuba recebeu apoio da URSS e permanece socialista até hoje.

Daniel nº3 2ºC EM

Anônimo disse...

Amadeus – nº 02 – 2ºEM “B”

1 – Yalta, Perestroika e Glasnost, Conferência de Potsdam, OTAN, Guerra da Coreia, Macarthismo, Revolução Cubana, Imperialismo Colonial, Plano Marshall, Plano Colombo, Corrida Espacial, Conferência de São Francisco, Imperialismo do século XIX, Doutrina Truman e Neoimperialismo.
2 – A Perestroika foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev em 1985.
Já a Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev em 1988. Ambas culminaram com o fim do império socialista da URSS "fundado" por Stalin, antes pelos soviets.
3 – Sim, a Comecon, Pacto de Varsóvia, Revolução Socialista na China, Crise dos Mísseis em Cuba, Crise do Muro de Berlim, Guerra do Vietnã, Guerra da Indochina, Movimentos Sociais da década de 1960.
4 – Neoimperialismo: é uma política de domínio territorial, militar e econômico ou cultural e econômico de uma nação sobre outra. O neo-imperialismo recebe esse nome pois assemelha-se muito ao imperialismo, política existente na época da segunda revolução industrial, praticada por diversas potências européias. As principais diferenças entre as duas políticas é a existência, no neo-imperialismo, do domínimo informal (cultural e econômico), em contraste com o domínio apenas formal (territorial, militar e econômico) do imperialismo tradicional.

Anônimo disse...

Jéssica Cabral nº 10 - 2ºC

1) Os principais acontecimentos foram:
- A corrida armamentista de Estados Unidos e União Soviética
- A viagem à Lua
- A Guerra do Vietnã
- A Guerra da Coreia
- O financiamento para os conflitos étnico-separatistas na África
- A construção do Muro de Berlim
- As políticas desenvolvidas para ampliar as zonas de influência
- O apoio a políticas ditatoriais. Destaque o momento geopolítico em que ocorreu a ditadura militar no Brasil.

2) Perestroika (reestruturação) e a glasnost(transparência politica).

Glasnost: destinava-se a atender aos anseios de liberdade politica e cultural.
Envolvia mudanças como o fim da censura à imprensa, aos demaia meios de comunicação e às artes; a livre associação política e a luta contra a corrupção e o favoritismo de uma minoria de burocratas protegidos. Trouxe também a liberdade religiosa, a libertação de presos politicos e a reabilitação dos disssidentes mortos em governos anteriores
Perestroika: consistia em um conjunto de medidas que tinha por objetivo aumentar a produtividade dentro dos padrões mais avançados de tecnologia.
Muitas empresas agrícolas foram privatizadas e grandes indústrias saíram do controle do Estado para uma gestão particluar.
Essas mudanças não foarma nada tranquilas. Muitos camponeses vendiam as ações que recebiam da privatização da terra e ficavam sem nada. Os que compravam enriqueciam. Surgiram máfias, houve inflação e falta de gêneros alimentícios
Em 1991 a população enfrentava todo tipo de dificuldade enquanto uma minoria enriquecia. Ieltsin, presidente da Rússia juntou-se ao presidente da Ucrânia e da Bielo-Rússia e criou a CEI (Comunidade dos Estados Independentes).
Extinta a União Soviética, Gorbachev saiu da cena política, renunciando em 25 de dezembro de 1991.

3) Sim, sobre a criação da OTAN que foi criada em 1949, no contexto da Guerra Fria, com o objetivo de constituir uma frente oposta ao bloco socialista, que, aliás, poucos anos depois lhe haveria de contrapor o Pacto de Varsóvia, aliança militar do leste europeu.
Desta forma, a OTAN tinha, na sua origem, um significado e um objectivo paralelos, no domínio político-militar, aos do Plano Marshall no domínio político-económico. Os estados signatários do tratado de 1949 estabeleceram um compromisso de cooperação estratégica em tempo de paz e contraíram uma obrigação de auxílio mútuo em caso de ataque a qualquer dos países-membros.

4) Doutrina Truman: a doutrina trumann foi a resposta estado-unidense para o avanço do comunismo na europa destruída após a 2ª Guerra Mundial. Foi também o primeiro passo em direção a guerra fria, uma vez que representava exatamente uma ofensiva política contra o comunismo. A ação mais concreta na eurpa foi o plano marshall, que distribuiu dinheiro para a reconstrução das cidades destruídas durante a guerra. Na américa latina, a doutrina trumann transformou-nos em quintal dos EUA, e passou a influenciar diretamente os governos dos países americanos. A OEA possuia quase que uma unanimidade de votos à favor dos EUA. Após a revolução cubana, a situação se complicou ainda mais, e o resultado dessa experiencia comunista em solo americano veremos anos mais tarde: ditaduras por toda a parte.

Anônimo disse...

Quando a Segunda Guerra acabou, os EUA, não estava prejudicado, como muitos outros paises, o EUA, queria implantar o capitalismo, pois o favorecia, mas o problema era que ele não era o unico, que podia ajudar os paises que foram destruidos na guerra, tinha tambem a URSS, que era socialista, ambos tinham objetivos diferentes, gerando uma rivalidade, ambos queriam implantar o seu jeito de governa no resto dos paises, no entando começou uma guerra, não com armas, mas sim com ameaças.
PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS :
Corrida armamentista: Decada de 50 e 60, que é o processo pelo qual um país busca armar-se com o intuito de proteger-se de outro.
1961 : Criaçe o murro de Berlin, que separou Berlin Oriental, de Berlin Ocidental,esse muro tambem significava a divição de dois mundo : capitalista e solialista , onde Berlin Ocidental era ajudada pelos socialistas, e a Oriental pelos capitalistas, e isso gerou um grande confronto, pois eram politicas diferentes.
Conferência de Yalta: 1945, foi a apos a segunda guerra mundial, foi composta por muitas reuniões, onde as 3 potencias, se uniram para dar um fim na 2ª Guerra Mundial, que eram EUA e URSS e Reino Unido, o objetivo era são de assegurar um fim rápido à guerra e a estabilidade do mundo após a vitória final.
Nos anos 60 EUA e URSS, fizeram a política da boa vizinhança. Na decada de 70 teve um acordo para dimuir, a corrida armamentista. Já nos anos 80, começou a corrda espacial, onde EUA e URSS, começaram uma corrida espacial, onde um queria ser melhor que o outro, URSS acabou saindo na frante, mas no final quem venceu foi os EUA, mandando o homem pra lua.
1987, foi assinado o tratado para eliminação de armas de médio e curto alcance, causando um alívio aos europeus, já que o acordo implicava a desativação de grande parte das ogivas voltadas para aquele lado. A Guerra Fria terminou por completo com a ruína do mundo socialista e com a queda do murro de berlin.
QUAL A DIFERENÇA ENTRE A GLASNOST E A PERESTROIKA ?
Perestroika - Foi a reestruturação econômica feita na União Soviética imposta por Mikail Gorbachev.
Já a Glasnost foi a abertura política imposta pelo mesmo Gorbachev. Vale lembrar que ambas culminaram com o fiim do império socialista da URSS "fundado" por Stalin, antes pelos soviets!
SOBRE O VIDIO : Ajuda a perceber um pouco mais sobre a destruição causada pelas grandes potencias, detalhando um pouco mais sobre a questão das guerras.
SOBRE O TRABALHO: - Doutrina Truman: Apos a segunda guerra mundial, os EUA e URSS eram uma das maiores potencias, e no final da guerra a Europa, ficou destruida, então os pois paises, começaram a querer ajudar na reconstrução, oferecendo dinheiro, para trazer tambem a Europa, para o seu lado. A doutrina Truman aconteceu em 1947, onde o presidente dos EUA, Harry Truman, ao perceber o afanço do socialismo (USRR) decidiu fazer um violento discurso contra a “ameaça comunista”, onde diz que os EUA assumem o compromisso de defender o mundo dos soviéticos. Desde de então, comecou uma grande rivalidade em socialistas e capitalistas.


Nathalia Vieira, nº 22
2º C

Anônimo disse...

1- Em 1945 houve a Conferência de Potesdam, na Alemanha. Uma aliança entre os países mais influentes do mundo, que ganharam a 2ªGuerra Mundial ( Inglaterra, EUA, e URSS), para que ocorresse unificação na Alemanha. Pois ela perdeu a guerra, e estava muito destruída,este acordo foi criado para fazer a paz. Ela foi dividida em 4 partes e separada da Áustria, depois em duas partes, a socialista e a capitalista. Em 1945, também reuniram-se EUA, Inglaterra e URSS em Yalta ( Conferência de Yalta), porque o mundo estava muito destruído. Foi aí que surgiu a ideia de criar a ONU,queriam neutralizar a Alemanha. Desde muito tempo atrás, os Estados Unidos e a URSS brigavam para conseguirem implantar, respectivamente o capitalismo e o socialismo. Em 1947, os Estados Unidos, após a 2ª Guerra Mundial observaram a grande destruição da Europa (principalmente a Alemanha) e resolveram ajudá-la. Deram 14 bilhões de dólares para reerguer a Europa – Plano Marshall. E também nesse ano, houve a Doutrina Truman, causada pelo presidente Harry Truman que queria implantar o capitalismo. Seu meio de implantação capitalista foi através de um discurso totalmente a favor do capitalismo. O povo americano ficou então a seu favor. Já em 1950, é marcado pelo Macarthismo, que pode ser chamado de movimento anticomunismo ou “caça às bruxas”. A china jogou uma bomba atômica nos EUA para mostrar que tem poder. Os EUA fica aterrorizado, a partir daí cineastas são entrevistados, pois era através da mídia que poderia passar-se a imagem do comunismo. Em 1950 também aconteceu a Guerra da Coréia, que foi travada uma guerra interna na Coréia. Entre a Coréia do Sul e a do Norte, respectivamente capitalista e socialista. Foi feito um governo para separar as duas Coréias, durou cerca de 3 anos, selado com um tratado de paz. Em 1951 realizou-se a Conferência de São Francisco. Seu objetivo era de substituir a antiga liga das nações peça ONU ( criação da ONU). Só foi criada a ONU porque a liga das nações havia falhado. Neste ano também houve o Plano Colombo, com o objetivo de que não houvesse outra crise de 1929. EUA ajudou o Sudeste Asiático, jogou bombas no japão e resolveu ajudar o Sudeste Asiático para que tais países ficassem do seu lado.
Em 1956 houve a Revolução Cubana: tropas americanas ajudaram Cuba, assinou um contrato com eles, e meio que virou subordinada dos EUA. Os Estados Unidos colocava empresas lá, até hoje há uma base militar. Cuba era capitalista. Alguns líderes se juntaram (do país), para ter mais igualdade para todos, pois haviam muitas desigualdades no momento. Queriam justiçaa, por isso fizeram uma revolução, eram a favor da implantação socialista no país.
Em 1957 EUA e URSS disputavam para ver quem seria a maior potência mundial. Nesse ano a URSS lançou a cadela Laika ao espaço. Em 1969 a nave de Apolo ( XI) foi lançada pelos EUA até a lua(Corrida Espacial).
Já entre 1970 e 1980 começou a ser implantado o Neo-Imperialismo. Antes era tudo de muito difícil acesso, por navegações. Houve a descolonialização, aí o surgimento do imperialismo. Este imperialismo passou de colonial para industrial. Países que dominam o mundo, através dos mais pobres. Mão-de-obra de países subdesenvolvidos. Em 1985 ( Perestróika e Glasnot). A perestrok significa reconstrução. Objetivo foi fazer a reconstrução econômica com um novo sistema, porque o sistema da União Soviética iria quebrar a qualquer momento.
Glasnot: Expansão do mercado, abrir as fronteiras, mais liberdade para falar, etc.

Continuação do outro comentário : no próx comentário.

Marina L. Bertollo -nº18-2ºC

Anônimo disse...

Continuação do outro comentário:
2- Perestroik: Representa a reconstrução econômica atráves da implantação de um novo sistema econômico. Por que senão a qualquer segundo a economia da URSS poderia quebrar. Glasnot: Significa transparência. É a expansão do mercado, arruinou a economia fez com que a URSS se separasse, abrir fronteiras, mais liberdade para falar, etc.

3- A Guerra do Vietnã, novas imagens, COMECON, Pacto de Vasórvia, Revolução socialista na China, Guerra da Indochina, etc.

4- Conferência de Potsdam: acontecem em 1945, em Potsdam, na Alemanha. Os aliados foram os que saíram vitoriosos da 2ª Guerra Mundial. Entre eles os países eram: Inglaterra, URSS e EUA. Com o objetivo de: estabelecer a ordem pós-guerra, assuntos relacionados com tratados de paz e contornar os efeitos da guerra. Pórém a Alemanha não tinha devolvido algumas terras que deveriam ter sido, ela foi dividida em quatro parte primeiramente, e separada da Áustria. Logo após, foi divida em duas pelo muro de Berlim, a esquerda em capitalista e a direita em socialista.

Marina L. Bertollo-nº18-2ºC

Anônimo disse...

1) Entre os amos de 1947 e 1991 ocorreram muitos acordos entre paises, todos eles com objetivo de ajudar os paises derrotados na segunda guerra mundial. Os objetivos não eram apenas a ajuda, entre ela, os paises mais potentes na época ajudavam para aumentar seu mercado consumidor, riqueza, e outros recursos.

2) Peristroica foi uma reforma socialista para reduzir gastos com armamentos, aconteceu em 1985, já o Glasnost foi a intensificação de um clima de instabilidade causado por agitações nacionalistas. A grande diferença é que Glasnost defendia a sociedade capitalista, e a Peristroica a socialista.

3) Trás, e principalmente as figuras que contem nele, são bem interessantes e ajudam no maior entendimento do tema!


4) o meu trabalho foi apresentado em cima do imperialismo do século XIX, que se baseou nas atitudes de cinco paises europeus (Alemanha, França, Itália, Inglaterra e Bélica) procuravam explorar a Ásia e a África, para maior faturamento, expansão do mercado consumidor...

Gabriela Luz Alexandre 2ºB nº10

Anônimo disse...

Entre os anos de 1948 até os finais da década de 50, os Estados Unidos conviveram com um movimento político anticomunista chamada de "Marcathismo" encabeçado pelo senador republicano Joseph McCarthy, que se caracterizou pela perseguição implacável a todos os comunistas e simpatizante com base principalmente na delação.
Adriano 2°B nª1

Professor Gilson Dias disse...

Professora Conceição
parabéns pela inciativa de fazer de seu blog. muito criativo e ilustrativo, estou concluindo o curso de História e pretendo utilizar desse ferramenta para trabalhar com meus alunos.

Att Gilson Dias

Lana Barcellos disse...

Ñ achei nda q eu queria!!

mas o texto é mto bom!!!!!

Anônimo disse...

O material é muito bom. A trilha sonora, também. Gostaria de saber os nomes da música e da cantora.
Obrigado.
Renato Lemos
Prof. de História

Anônimo disse...

Bom dia, boa tarde boa noite ... Dependendo do horário em que ler esse comentário.
Bom, estou fazendo um trabalho e preciso muito de uma resposta só.

Quais foram as contribuições dessa corrida espacial para o mundo ?

Se possível por favor responde pra mim ?

Anônimo disse...

Obrigada pela ajuda que deram e espero que eu volte no seu sait novamente beijo vlw ><