quinta-feira, 2 de agosto de 2012

DOBRAMENTOS MODERNOS E ANTIGOS.

Cadeias orogênicas ou dobramentos (antigos e modernos)

interna.coceducacao.com.br

Correspondem a grandes curvamentos côncavos e convexos que surgem na superfície terrestre, resultantes de forças tectônicas, ou seja, da orogenia no decorrer da história geológica.
Geoconceicao-Panorama Geográfico do Brasil, página 243

Podem ser classificados, segundo o "momento" em que ocorreram, em cadeias orogênicas antigas ou dobramentos antigos e cadeias orogênicas recentes ou dobramentos recentes.

As cadeias orogênicas antigas, ou dobramentos antigos, correspondem às estruturas orogênicas , mais antigas, datam do Pré-Cambriano. Exemplos: Montes Apalaches (EUA), Alpes Escandinavos (Península da Escandinávia, onde se localizam a Noruega e a Suécia), Montanhas Caledônicas (Escócia), Serras do Mar, Mantiqueira e do Espinhaço (Brasil) e outros.
No Brasil, a manifestação dessas forças tectônicas ou orogênia antiga, ocorrida entre 700-45 M.A. (milhões de anos), são conhecidas com o nome de ciclo brasiliano.

1000dias. - O belo cenário da cordilheira dos Apalaches ao longo da Blue Ridge Parkway,

As cadeias orogênicas recentes, ou dobramentos recentes, correspondem às estruturas orogênicas que se formaram no final do Mesozóico e no Cenozóico (Período Terciário).
montanhasrochosas8anoc.blogspot.com - As Montanhas Rochosas Ocidentais

Enquanto as cadeias orogênicas antigas encontram-se bastante desgastadas, em virturde da ação exercida pelos agentes da erosão e da inexistência de movimentos tectônicos importantes que as modificassem ao longo do tempo geológico, as cadeias orogênicas recentes formam grandes montanhas e cordilheiras de elevadas altitudes. Ambos os tipos de cadeias apresentam complexidade rochosa e estrutural.
Características das cadeias orogênicas recentes:
- Sua formação, assim como a das antigas, está estreitamente relacionada à tectônica de placas;
- Constituem terrenos instáveis, pois geralmente se encontram nas bordas dos continentes ou na zona de contato entre as placas tectônicas e apresentam intensa atividade tectônica, destacando-se os terremotos, o vulcanismo, as intrusões magmáticas e os falhamentos;
- Apresentam elevadas altitudes e picos culminantes, destacando-se os montes Everest (8872 m) e Canchenjunga (8603m) na Cordilheira do Himaláia, o Aconcágua (6960m), na Cordilheira dos Andes; e o McKinley (6194m), nas Montanhas Rochosas.
Fonte: Melhem Adas
uruguayeduca.edu.uy
europa-turismo.net
kalipedia.com
paises-africa.com
ATIVIDADE:
1- Com auxílio dos textos e do livro da Rede Salesiana de Escolas :
a) Coloque o nome das três estruturas geológicas do planeta Terra .
b) Escreva as principais características de cada estrutura geológica.
2- Quais são as principais jazidas minerais do Brasil ? Em quais minerais cada área se destaca?
3- Explique a formação da estrutura geológica do Brasil, colocando um exemplo para cada estrutura e sua localização.

6 comentários:

Anônimo disse...

1-
a)Blocos ou núcleos cratônicos, faixas móveis, bacias sedimentares
b)blocos cratônicos: conjunto de rochas que afloraram desde o inicio da formação da crosta terrestre. Sendo as rochas mais antigas da terra, elas foram formadas na era geologica pré-cambrina (aproximadamente há 4,6 bilhões de anos) e representam os núcleos de rochas que deram origem aos continentes.
Faixas móveis:correspondem ás áreas ou cinturões da crosta terrestre que sofreram e ainda sofrem intensa movimentação ou atividadetectônica.
Bacias sedimentares:depressões(areas rebaixadas) do relevo geralmente preenchida com sedimentos (destritos e depósitos de aluviões)carregados e transportados de áreas mais ou menos proxímas, que são acumulados em camadas.
2-Além de uma grande diversidade de minerais explorados no país (mais de 55 minerais diferentes, atualmente), o Brasil possui algumas das maiores reservas de minerais do mundo. Aproximadamente 8% das reservas de ferro do mundo estão no Brasil, sendo esse o principal minério extraído no país. Outro mineral, o nióbio, tem suas maiores reservas mundiais no Brasil. Os principais minérios encontrados no Brasil são: ferro, bauxita, cobre, cromo, ouro, estanho, níquel, manganês, zinco, potássio, entre outros.
Maiores áreas
As áreas de maior destaque, são:
Região Norte:
- Serra do Navio(AP):
Principal Minério: Manganês
- Serra dos Carajás(PA):
Principais Minérios: Ferro, Bauxita, Manganês, Níquel, Prata, Galena, Ouro.
- Oriximiná(PA)
Principal Minério: Bauxita

Região Nordeste
- Recôncavo Baiano(BA):
Principal minério: Água
- Rio Grande do Norte(RN):
Principais Minérios: Petróleo e Sal

Região Centro-Oeste
- Maciço do Urucum(MS):
Principais Minérios: Manganês e Ferro

Região Sudeste
- Quadrilátero Ferrífero(MG):
Principais Minérios: Ferro e Ouro
- Bacia de Campos(RJ):
Principal Minério: Petróleo

Região Sul
- Rio Grande do Sul e Santa Catarina:
Principal Minério: Carvão

3-O Brasil apresenta uma estrutura antiga, formada por embasamento antigo, bacias sedimentares e dobramentos antigos.
Bryan 5 9°B

Anônimo disse...

Bruna-02-9°B
1-
a)Maciços antigos ou escudos cristalinos/ Dobramentos modernos ou recentes/ Bacias Sedimentares.

b)Maciços antigos ou escudos cristalinos:são constituídos basicamente por rochas magmáticas e metamórficas. Nos maciços que se formaram na era Proterozóica ocorrem as jazidas de minerais metálicos, como, por exemplo, as de ferro, ouro, manganês, prata, cobre, alumínio, estanho.
*Dobramentos modernos ou recentes: são os trechos da crosta terrestre de formação recente e, por essa razão, compostos por rochas mais flexíveis e maleáveis, situadas relativamente próximas às zonas de contato entre placas tectônicas.
*Bacias sedimentares:Resultam da acumulação de sedimentos provenientes do desgaste das rochas; de organismos vegetais ou animais; ou mesmo de camadas de lavas vulcânicas solidificadas. É nestas estruturas que se formam importantes recursos minerais energéticos, como o petróleo e o carvão mineral.

2-Quadrilátero Ferrífero (Minas Gerais) – dessa jazida saem cerca de 60% do ferro e 40% do ouro extraídos no Brasil, além do manganês.
*Província Mineral de Carajás (Pará) – são encontrados, além de ferro, ouro, prata, níquel, cromo, manganês, cobre, bauxita, zinco, estanho e tungstênio.

3-Escudos cristalinos: são áreas cuja superfície se constituiu no Pré-Cambriano, essa estrutura geológica abrange aproximadamente 36% do território brasileiro. Nas regiões que se formaram no éon Arqueano (o qual ocupa cerca de 32% do país) existem diversos tipos de rochas, com destaque para o granito. Em terrenos formados no éon Proterozoico são encontradas rochas metamórficas, onde se formam minerais como ferro e manganês.
*Bacias sedimentares: estrutura geológica de formação mais recente, que abrange pelo menos 58% do país. Em regiões onde o terreno se formou na era Paleozoica existem jazidas carboníferas. Em terrenos formados na era Mesozoica existem jazidas petrolíferas. Em áreas da era Cenozoica ocorre um intenso processo de sedimentação que correspondem às planícies.
*Terrenos vulcânicos: esse tipo de estrutura ocupa somente 8% do território nacional, isso acontece por ser uma formação mais rara. Tais terrenos foram submetidos a derrames vulcânicos, as lavas deram origem a rochas, como o basalto e o diabásio, o primeiro é responsável pela formação dos solos mais férteis do Brasil, a “terra roxa”.

Anônimo disse...

Elisa-n°8-9°B
1a-Núcleo, manto e crosta.
1b-Núcleo: Parte mais interna do planeta. Pode ser dividido em núcleo externo e interno.Manto:Trata-se de uma camada intermediária situada acima do núcleo. Tem uma espessura aproximada de 2.900 km, sua composição é de rochas ultrabásicas. Boa parte dos fenômenos que afetam a crosta terrestre tem origem na parte superior do manto.Crosta: Representa apenas 1% da massa do planeta. Sua origem ocorreu a partir do resfriamento do magma; sendo portanto, a camada superficial.
2-Quadrilátero Ferrífero (Minas Gerais) – dessa jazida saem cerca de 60% do ferro e 40% do ouro extraídos no Brasil, além do manganês.
- Província Mineral de Carajás (Pará) – são encontrados, além de ferro, ouro, prata, níquel, cromo, manganês, cobre, bauxita, zinco, estanho e tungstênio.
3- Escudos cristalinos: são áreas cuja superfície se constituiu no Pré-Cambriano, essa estrutura geológica abrange aproximadamente 36% do território brasileiro. Nas regiões que se formaram no éon Arqueano (o qual ocupa cerca de 32% do país) existem diversos tipos de rochas, com destaque para o granito. Em terrenos formados no éon Proterozoico são encontradas rochas metamórficas, onde se formam minerais como ferro e manganês.

• Bacias sedimentares: estrutura geológica de formação mais recente, que abrange pelo menos 58% do país. Em regiões onde o terreno se formou na era Paleozoica existem jazidas carboníferas. Em terrenos formados na era Mesozoica existem jazidas petrolíferas. Em áreas da era Cenozoica ocorre um intenso processo de sedimentação que correspondem às planícies.

• Terrenos vulcânicos: esse tipo de estrutura ocupa somente 8% do território nacional, isso acontece por ser uma formação mais rara. Tais terrenos foram submetidos a derrames vulcânicos, as lavas deram origem a rochas, como o basalto e o diabásio, o primeiro é responsável pela formação dos solos mais férteis do Brasil, a “terra roxa”.

Anônimo disse...

1- a) O nome das três estruturas geológicas são:
Dobramentos antigos ou cristalinos, dobramentos sedimentares, dobramentos modernos ou metamórficos.
b)Os dobramentos modernos são estruturas formadas por rochas magmáticas e sedimentares pouco resistentes que foram afetadas por forças tectônicas durante o período Terciário provocando o enrugamento e originando as cadeias montanhosas ou cordilheiras.

2- Quadrilátero Ferrífero( Minas Gerais) dessa jazida saem 60% de ferro e 40% do ouro extraído do Brasil, além do maganês. Província mineral de Carajás( Pará) são encontradas além de ouro, ferro, prata, níquel, cromo, manganês, cobre, bauxita, zinco estanho e tungstênio.
3-Estruturas geológicas: Escudos cristalinos são áreas cuja a superfície se constituiu ao Pré- Cambriano, essa estrutura abrange aproximadamente do território brasileiro. Na regiões que se formaram o éon Arqueano( o qual ocupa 32% do país) existem vários tipos de rochas, com o destaque para o granito. Em terrenos formados no éon Proterozoico são encontradas rochas metamórficas, onde se formam minerais como ferro e manganês. Bacias sedimentares: estruturas geológicas de formação mais recente, abrange pelo menos 58% do país. Em regiões onde o terreno se formou na era Paleozoica existem jazidas caboníferas. Em terrenos formados na era Mesozoica existem jazidas petrolíferas. Em áreas da era Cenozoica ocorre um intenso processo de sedimentação às planícies. Terrenos vulcânico: esse tipo de estrutura ocupa somente 8% do território nacional, isso acontece por ser uma formação mais rara. Tais terrenos foram submetidos a derrames vulcânicos, as lavas deram origem as rochas, como o basalto e o diabásio, o primeiro é responsável pela formação dos solos mais férteis do Brasil, a ''terra rocha''.

João Guilherme nº 16 9º B

Anônimo disse...

Jules luiz raison 23 1ºA
1-a)Dobramentos antigos ou cristalinos, dobramentos sedimentares, dobramentos modernos ou metamórficos.
b)Os dobramentos modernos são estruturas formadas por rochas magmáticas e sedimentares pouco resistentes que foram afetadas por forças tectônicas durante o período Terciário provocando o enrugamento e originando as cadeias montanhosas ou cordilheiras.
2-Quadrilátero Ferrífero(Minas Gerais) dessa jazida saem 60% de ferro e 40% do ouro extraído do Brasil, além do manganês. Província mineral de Carajás(Pará) são encontradas além de ouro, ferro, prata, níquel, cromo, manganês, cobre, bauxita, zinco estanho e tungstênio.
3-Escudos cristalinos são áreas cuja a superfície se constituiu ao Pré- Cambriano, essa estrutura abrange aproximadamente do território brasileiro. Na regiões que se formaram o éon Arqueano(o qual ocupa 32% do país) existem vários tipos de rochas, com o destaque para o granito. Em terrenos formados no éon Proterozoico são encontradas rochas metamórficas, onde se formam minerais como ferro e manganês. Bacias sedimentares: estruturas geológicas de formação mais recente, abrange pelo menos 58% do país. Em regiões onde o terreno se formou na era Paleozoica existem jazidas carboníferas. Em terrenos formados na era Mesozoica existem jazidas petrolíferas. Em áreas da era Cenozoica ocorre um intenso processo de sedimentação às planícies. Terrenos vulcânico: esse tipo de estrutura ocupa somente 8% do território nacional, isso acontece por ser uma formação mais rara. Tais terrenos foram submetidos a derrames vulcânicos, as lavas deram origem as rochas, como o basalto e o diabásio, o primeiro é responsável pela formação dos solos mais férteis do Brasil, a terra roxa.

Jeniffer Couto disse...

Você esta de parabéns! Estou me formando em Geografia e seu blog me ajudou muito!