sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

PROVAS E GABARITOS SOBRE A QUESTÃO ENERGÉTICA NO MUNDO.


VESTIBULAR 2013

(PUC-CAMPINAS) Gerar energia é, atualmente, uma das necessidades fundamentais do mundo contemporâneo. Observe o gráfico a seguir.
(http://sciences blogs.liberation.fr)

Considerando-se o atual contexto econômico mundial e a leitura do gráfico é correto afirmar que o consumo de energia

a) da China apresentou forte crescimento pois, apesar de baseado no carvão mineral, tem sido impulsionado pela expansão da indústria e diversificação das fontes de energia utilizadas.
b) dos Estados Unidos tem apresentado ligeiro declínio devido ao compromisso do governo estadunidense em cumprir as metas do Protocolo de Quioto de redução da poluição.
c) da União Europeia manteve-se estável no período porque vários membros do bloco têm encontrado dificuldades de importar o gás natural da Rússia.
d) dos Estados Unidos e da União Europeia tem se mantido em queda devido às constantes crises geopolíticas que ocorrem no Oriente Médio, principal fornecedor de petróleo.
e) do Japão está em declínio desde o início do século XXI porque o país tem fechado sistematicamente as usinas nucleares, optando pelas termelétricas.

(UERJ)


A ampliação do uso de fontes de energia renováveis e não poluentes representa uma das principais esperanças para a redução dos impactos ambientais sobre o planeta.
Considerando os gráficos, a distribuição espacial da produção instalada das energias eólica e fotovoltaica é explicada, sobretudo pela seguinte característica dos países que mais as utilizam:
a) matriz elétrica limpa   
b) perfil climático favorável   
c) densidade demográfica reduzida   
ddesenvolvimento tecnológico avançado   

(PUCRS) Para resolver a questão, leia o texto a seguir, sobre fontes de energia, e selecione as palavras/expressões que preenchem correta e coerentemente as lacunas.

O _________ foi importante fonte de energia para a Primeira Revolução Industrial. Atualmente as maiores reservas estão localizadas no hemisfério _______. É um dos principais responsáveis pela __________, pois sua queima libera grande quantidade de óxido de enxofre na atmosfera.

a) carvão mineral – norte – chuva ácida
b) petróleo – sul – poluição dos oceanos
c) petróleo – sul – chuva ácida
d) carvão mineral – sul – poluição dos oceanos
e) petróleo – norte – chuva ácida

(UDESC) A procura por novas fontes renováveis de energia surge como alternativa importante para superar dois problemas atuais: a escassez de fontes não renováveis de energia, principalmente do petróleo, e a poluição ambiental causada por essas fontes (combustíveis fósseis).

Assinale a alternativa que apresenta um tipo de recurso energético não renovável.

a. biomassa, massa dos seres vivos habitantes de uma região.
b. hidrogênio, usado como célula combustível.
c. biogás, utilização das bactérias na transformação de detritos orgânicos em metano.
d. carvão mineral, extraído da terra pelo processo de mineração.
e. energia geotérmica, aproveitamento do calor do interior da Terra.

(UDESC) Analise as proposições acerca da produção mundial de petróleo.

I. A sua utilização como fonte de energia iniciou em 1859, na Pensilvânia – EUA, quando Edwin Drake encontrou petróleo e passou a comercializá-lo com as cidades para ser utilizado na iluminação pública.
II. A bacia de Campos no Rio de Janeiro possui as maiores reservas de petróleo do Brasil.
III. A Arábia Saudita é o país que mais exporta petróleo, e os EUA o país que mais importa petróleo.
IV. A Venezuela tem uma produção maior de petróleo que o seu consumo.
V. A partir da década de 80, houve um aumento da produção de petróleo no Brasil e uma consequente diminuição da dependência externa.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I, II, III e IV são verdadeiras.
b) Somente as afirmativas II, III, IV e V são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas IV e V são verdadeiras.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.
VESTIBULAR 2012
(UNIFOR) Fontes de energia são fundamentais para o funcionamento da sociedade. Em função de alterações climáticas, existe um debate amplo relacionado à diversificação da matriz energética e à adoção de fontes de energia renováveis.
Com relação a este tema, marque a alternativa abaixo que NÃO é coerente com os debates atuais.
a) Apesar de a utilização de biocombustíveis oferecer vantagens por ser uma fonte de energia renovável e emitir menos gases poluentes durante a combustão, diversos especialistas defendem que a produção em larga escala pode ter efeitos negativos sobre a produção de alimentos.
b) Apesar de ser uma fonte de energia renovável e não emitir poluentes, a energia hidrelétrica não está isenta de impactos ambientais.
c) As principais barreiras à opção pela produção de energia nuclear dizem respeito à segurança, à disposição dos rejeitos radioativos e à proliferação de armas nucleares, além dos custos de construção e manutenção das usinas nucleares.
d) A ausência de tecnologia no setor é apontada como a grande barreira para a substituição de derivados do petróleo como uma das principais fontes de energia empregadas.
(e) Segurança energética significa ter energia suficiente para atender às necessidades de uma população de forma confiável e ininterrupta, a um preço razoável.
(FGVRJ) O gráfico abaixo revela as mudanças ocorridas na matriz energética mundial entre 1973 e 2006. Observe-o.
Sobre as causas e as consequências dessas mudanças, assinale a alternativa correta:
a) O aumento da participação do carvão resultou do esforço de substituição do petróleo por alternativas menos poluentes.
b) O recuo da biomassa resultou da crise do setor de biocombustível, que afetou sobretudo o Brasil e os Estados Unidos.
c) A queda da participação da energia hidráulica na matriz energética global reflete a escassez de novos investimentos na geração dessa forma de energia, cujo potencial já está praticamente esgotado em todas as regiões do mundo.
d) Apesar do aumento significativo na matriz energética global, a geração de energia nuclear permanece fortemente concentrada nos países desenvolvidos.
e) O aumento da participação do gás natural reflete o aumento da proporção da energia global consumida pela China, detentora das maiores reservas mundiais desse combustível.
(UFPE) “Os recursos energéticos constituem um importante subsídio à expansão do capital, integrando o capital constante circulante. Nesse sentido, constituem ingredientes centrais da geoeconomia e da geopolítica do capitalismo contemporâneo. O petróleo representa papel proeminente dentro dessa matriz energética mundial, estando sempre em questão a ampliação do consumo e a capacidade de suporte das reservas petrolíferas existentes. A localização das suas principais reservas e estruturas de escoamento em áreas de instabilidade política, bem como o fator concorrencial desafiam pesquisas e estudos acerca do descobrimento e ou desenvolvimento de outras fontes alternativas de energia”.
(LINS, Hoyêdo N. Geoeconomia e geopolítica dos recursos energéticos na primeira década do século XXI)
Sobre as questões tratadas no texto, é correto afirmar que:
( ) as principais reservas de petróleo se encontram localizadas no Oriente Médio, em especial no Golfo Pérsico. Esse fato vincula a Guerra do Golfo em 1990 com a energia, a geoeconomia, a geopolítica e a guerra no cenário mundial.
( ) a atualidade registra mudanças na espacialidade da acumulação de riqueza global, especialmente com o desempenho econômico da Índia e da China; isso repercute no aumento e na intensificação de consumo de recursos energéticos.
( ) o petróleo brasileiro da camada "pré-sal", fonte de intensas pesquisas geológicas, foi originado de materiais orgânicos depositados no subsolo oceânico, em terrenos magmáticos, ricos em hidrocarbonetos. Essa reserva de petróleo vai tornar o país autossuficiente em petróleo e gás natural.
( ) a justificativa para o predomínio da matriz energética contemporânea remete ao fato de que ela não exige uma ampla e complexa infraestrutura, tampouco articulações de interesses diversos.
( ) a Rússia exerce historicamente grande controle sobre as rotas de exportação dos recursos energéticos produzidos na Eurásia (Região do Cáucaso e Ásia Central), uma vez que partes do seu território funcionam como corredores em relação a ex-repúblicas soviéticas, tradicionais espaços de influência russa.
Resposta: VVFFV
(UNIMONTES) O acidente em Fukushima reaviva o trauma nuclear no Japão e leva o mundo a debater se essa fonte de energia é realmente segura e imprescindível. Países cancelam ou reavaliam seus planos atômicos.
Fonte: Revista Veja, 23/3/2011.
Considerando o texto e seus conhecimentos referentes à produção, uso e consumo da energia nuclear, é incorreto afirmar:
a) A alta do petróleo é um fator favorável para que haja investimentos em energia nuclear, considerando o custo benefício.
b) O acidente de Chernobyl assim como o de Fukushima desencadeiam movimentos sociais antienergia nuclear.
c) A produção de energia nuclear torna-se uma medida viável para os países com limitação de potencial hidrelétrico.
d) A produção de energia nuclear brasileira é sabidamente eficiente por sua origem em tecnologia alemã, com altos padrões de exigência para o funcionamento.
(UERJ) Uso de fontes renováveis de energia (2005)

Adaptado de: Atlas geográfico escolar: ensino fundamental do 6º ao 9º ano/IBGE. Rio de Janeiro: IBGE, 2010.
O uso de fontes renováveis de energia passou a ser encarado como fundamental para a superação das contradições ecológicas do modelo econômico atual.

As fontes renováveis que mais contribuem para o percentual verificado na matriz energética brasileira são:

a) solar e eólica
b) biomassa e solar
c) eólica e hidráulica
d) hidráulica e biomassa
(UFRN) O Oriente Médio, foco de conflitos geopolíticos, nacionalistas e religiosos que geram preocupações em diferentes países, é considerado uma das principais áreas estratégicas do mundo
a) por ter o seu território banhado pelos oceanos Pacífico e Índico e por sua importância no mercado mundial, devido ao elevado consumo de carvão mineral.
b) devido à sua localização próxima à China e à Índia e à sua importância econômica como principal produtora de carvão mineral em escala mundial.
c) devido à sua localização entre Ásia, Europa e África e à sua importância econômica como detentora das maiores reservas mundiais de petróleo em terra.
d) por ter o seu território banhado pelo Mar Mediterrâneo e Mar Vermelho e por sua importância no mercado mundial como principal consumidora de petróleo.
(ESPM) Observe a tabela:
(BEN / Empresa de Pesquisa Energética, EPE, 2009.)
A partir dos dados, é possível aferir com segurança que
a) Os maiores produtores mundiais de petróleo são membros da Opep.
b) Os países árabes são os maiores produtores mundiais de petróleo.
c) Observa-se uma coincidência entre os países produtores, exportadores e importadores de petróleo. c) d) Os grandes importadores mundiais de petróleo não são grandes produtores.
e) Os principais exportadores não figuram dentre as maiores economias mundiais, fato mais comum entre os importadores.
(UNICAM) Considerando a geopolítica do petróleo e os dados da figura abaixo, em que se observam os grandes fluxos de importação e exportação desse recurso energético de origem mineral, pode-se afirmar que:
(Adaptado de Yves Lacoste, Geopolítica: la larga história del presente. Madrid: Editorial Sintesis, 2008.)
a) A porção do globo que mais importa petróleo é o Oriente Médio, região carente deste recurso.
b) O Japão consome petróleo principalmente da Rússia, em função da proximidade geográfica.
c) A Europa é importante exportadora de petróleo em função da grande quantidade de países produtores.
d) A Venezuela é um importante exportador de petróleo para os EUA.

VESTIBULAR 2011

1-(UNIOESTE) Considerando a dependência do petróleo enquanto matriz energética e os riscos ambientais, assinale a alternativa INCORRETA.

a) O Brasil destaca-se internacionalmente na pesquisa e prospecção de petróleo no subsolo dos oceanos, entretanto, trata-se de uma atividade de risco associado ao vazamento do óleo explorado e consequente contaminação das águas oceânicas.
b) Nesse ano de 2010 ocorreu a explosão de um campo de exploração de petróleo operado pela British Petroleum, no Golfo do México, resultando no vazamento e formação de uma mancha de óleo que atingiu as praias dos Estados Unidos, confirmando-se como o maior desastre ambiental da década a afetar o país.
c) A substituição, em larga escala, do petróleo pela energia proveniente das usinas nucleares e a garantia da produção de energia a partir de fontes que não causam riscos ao meio ambiente.
d) O transporte do petróleo em grandes quantidades, por meio de navios ou oleodutos, também representa alto risco de acidentes com comprometimento ambiental da área afetada.
e) No Brasil, a predominância do transporte rodoviário e o aumento gradativo da frota de veículos contribuem para aprofundar a dependência por combustiveis fósseis não renováveis e a consequente poluição atmosférica.

2-(UFPA) A apropriação antrópica dos recursos naturais renováveis e não renováveis como fontes energéticas tem aumentado consideravelmente nas últimas décadas, trazendo consequências socioambientais desastrosas para grande parte das populações da Terra. Neste contexto, é correto afirmar que (o) (a)(s):

a) biocombustíveis obtidos do aproveitamento de matérias primas diversas têm sido a esperança de uma obtenção mais limpa de energia oriunda de recursos naturais renováveis. O Brasil é um dos países que tem investido na tecnologia de sua fabricação com aproveitamento de vegetais como a cana-de-açúcar para fabricação do etanol e da mamona e outros para o biodiesel.
b) hidroeletricidade constitui a matriz energética da maioria dos países desenvolvidos industrializados, sendo considerada uma forma de energia não poluente, de baixo custo de aquisição e renovável, por estes motivos é largamente utilizada.
c) carvão mineral é um dos combustíveis fósseis de recente utilização pelo setor fabril com um aproveitamento energético expressivo, em razão das insignificantes consequências ambientais que sua exploração acarreta, quase sempre pouco danosas no que diz respeito ao meio ambiente.
d) petróleo é a principal fonte energética do planeta, sendo matéria prima fundamental para vários tipos de indústrias, é um combustível bastante nocivo para a saúde humana. Nos últimos anos, sua utilização tem diminuído de forma significativa em função do aumento do uso dos biocombustíveis.
e) gás natural é pouco utilizado como fonte energética devido aos elevados custos de exploração e comercialização, pois seu transporte é extremamente difícil e dispendioso, além de apresentar uma forma de aproveitamento bastante poluente se comparada à de outros recursos energéticos como o petróleo e o carvão.

3-(UEPB) Observe a área destacada pelas hachuras no mapa ao lado. Ela representa uma região de grande importância geopolítica pela sua localização na confluência entre Europa, Ásia e África; por ser o berço do judaísmo, do cristianismo e do islamismo e por ser detentora das maiores reservas de petróleo do mundo.

Esta conflituosa região é denominada de

a) Extremo Oriente.
b) Leste Europeu.
c) Oriente Médio.
d) Bálcãs.
e) Cáucaso.

4-(UEPB)
“Todas as atividades humanas, desde o surgimento da humanidade na Terra, implicam no chamado ‘consumo’ de energia. Isto porque para produzir bens necessários à vida, produzir alimentos, prazer e bem-estar, não há como não consumir energia, ou melhor, não converter energia. Vida humana e conversão de energia são sinônimos e não existe qualquer possibilidade de separar um do outro.”
(WALDMAN, Maurício. Para onde vamos? S.d., p. 10. Disponível em: http://www.mw.pro.br/mw/eco_para_onde_vamos.pdf>)

Apesar de toda importância do consumo de energia para a vida moderna, podemos afirmar que sua forma de utilização no mundo contemporâneo continua a ser insustentável porque

a) o consumo de energia é desigual entre ricos e pobres, sendo que os pobres continuam a utilizar fontes arcaicas que são muito mais danosas ao meio.
b) as chamadas fontes alternativas que são não-poluentes são de custos elevadíssimos e só podem ser produzidas em pequena escala para consumo muito reduzido.
c) a energia hidroelétrica que assumiu a liderança no consumo mundial necessita da construção de grandes represas que causam grandes impactos ambientais.
d) as principais matrizes energéticas do mundo continuam a ser o petróleo e o carvão, que são fontes não-renováveis e muito poluentes.
e) a energia nuclear, que é a solução mais viável para a questão energética do mundo, depende do enriquecimento do urânio, cuja tecnologia é controlada por poucos países e inacessível para a grande maioria.

5-(FUVEST) A representação gráfica abaixo diz respeito à oferta interna de energia, por tipo de fonte, em quatro países.
As fontes de energia 1, 2 e 3 estão corretamente identificadas, respectivamente em:

a) petróleo nuclear gás natural
b) gás natural carvão mineral fontes renováveis
c) fontes renováveis nuclear carvão mineral
d) petróleo gás natural nuclear
e) carvão mineral petróleo fontes renováveis

6-(FUVEST) A seguinte declaração foi divulgada no jornal eletrônico FOLHA.com – mundo em 29/05/2010:

"A vontade do Irã de enriquecer urânio a 20% em seu território nunca esteve sobre a mesa de negociações do acordo assinado por Brasil e Turquia com Teerã, afirmou nesta sexta-feira o ministro das Relações Exteriores brasileiro Celso Amorim”.
Enriquecer urânio a 20%, como mencionado nessa notícia, significa:

a) aumentar, em 20%, as reservas conhecidas de urânio de um território.
b) aumentar, para 20%, a quantidade de átomos de urânio contidos em uma amostra de minério.
c) aumentar, para 20%, a quantidade de 238U presente em uma amostra de urânio.
d) aumentar, para 20%, a quantidade de 235U presente em uma amostra de urânio.
e) diminuir, para 20%, a quantidade de 238U presente em uma amostra de urânio.

7-(ESPM) Leia o texto:

A explosão da plataforma semissubmersível de Deepwater Horizon, no Golfo do México, a 75 quilômetros da costa do estado americano da Lousiania e a uma lâmina de água de 1,6 mil metros, representa o maior desastre ecológico da história do petróleo. (Carta Escola, agosto, 2010.)

Sobre o assunto em questão, está correto afirmar:

a) apesar de a exploração de petróleo nos Estados Unidos ser monopólio do Estado, algumas áreas são concedidas às empresas internacionais e, no caso aludido, à British Petroleum.
b) a região mencionada é a principal área de exploração de petróleo dos Estados Unidos, porém com produção insuficiente para o país prescindir de importações.
c) as implicações do desastre ambiental colocam em risco a auto-suficiência recém alcançada pela potência, uma vez que as explorações marinhas serão revistas pelo Congresso norte-americano.
d) o Golfo do México é a única área de reservas petrolíferas norte-americanas e, apesar do desastre, o país não pode abrir mão de explorá-la.
e) o desastre ecológico alcançou a Europa após a mancha de petróleo ter atingido a corrente do Golfo, fato que internacionaliza o debate sobre exploração em alto mar.
VESTIBULAR 2010

8-(PUCRIO)
“PROJETO ETANOL”
www.politicalcartoons.com

O aumento do consumo energético no mundo vem causando problemas socioespaciais expressivos que afetam a qualidade de vida em diversos países. A charge selecionada trata de importantes questões da geopolítica internacional que merecem crescente atenção para que problemas estruturais não sejam ampliados, notadamente nos “Países do Sul”.

a) Interprete a charge à luz da importância do projeto mostrado para os “Países do Norte”.
b) Identifique e explique o problema estrutural da agricultura dos “Países do Sul” ao qual a charge se refere.
Resolução: a) A crescente demanda por energia dos “Países do Norte” (os EUA, notadamente), além da busca por fontes energéticas alternativas ao petróleo, forçam políticas de incentivo à produção e destinação da biomassa advinda de atividades agrícolas diversas para a indústria de energia, sendo a produção do etanol uma delas.
b) O problema estrutural identificado é o da manutenção da submissão do setor agrícola dos “Países do Sul” aos interesses dos mercados internacionais, notadamente os dos “Países do Norte”. Ainda nos dias atuais, muitos “Países do Sul” submetem a sua organização produtiva a um padrão de economia agroexportadora.

9-(FEI) Na tabela a seguir, são apresentados dados de 2007 sobre a produção de petróleo de países e blocos econômicos:
Fonte: ANP (Agência Nacional do Petróleo), Anuário, 2008.

As letras a, b e c correspondem respectivamente à produção:

a) da China, da OPEP e dos EUA.
b) da Rússia, dos EUA e da OPEP.
c) dos EUA, da OPEP e da Rússia.
d) dos EUA, da Rússia e da OPEP.
e) da China, dos EUA e da União Européia.

10-(UNESP) Os setogramas mostram a Produção Energética Mundial em dois momentos distintos: 1973 e 2005.
(Dan Smith. Atlas da Situação Mundial. Um levantamento único dos eventos correntes e das tendências globais. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2007.)

A partir da observação dos gráficos e dos seus conhecimentos pode-se afirmar que

a) no contexto da produção energética mundial, entre os dois momentos analisados, a energia nuclear teve uma diminuição em seus índices porque sua construção e operação apresentam altos custos, com elevada emissão de gases de efeito estufa.
b) atualmente, a fonte de energia renovável que mais aumenta a produção é a eólica, devido ao funcionamento mais limpo e mais confiável, apesar da média emissão de gases.
c) a grande queda na produção de energia a partir do petróleo ocorreu nesse período devido à redução das reservas petrolíferas mundiais e o crescente desenvolvimento de novas tecnologias de energias não renováveis como a geotérmica e o biocombustível.
d) o rápido aumento da produção de energia de fontes não-renováveis, como a solar, hidráulica, marés, correntes marítimas e biomassa deve-se ao fato de não gerarem poluição e risco de grandes acidentes.
e) a redução de energia produzida pelo carvão mineral deve-se, entre vários fatores, ao fato de provocar elevada emissão de gases de efeito estufa e contribuir para a ocorrência de chuva ácida.

11-(UNESP) O petróleo não é uma matéria-prima renovável e precisou de milhões de anos para sua criação. A maioria dos poços encontra-se no Oriente Médio, na antiga União Soviética e nos EUA. Sua importância aumentou desde meados do século XIX, quando era usado na indústria e hoje é um dos grandes fatores de conflitos no Oriente Médio. Aponte as três primeiras grandes crises do petróleo nos últimos anos.

a) A primeira foi em 1973, quando os EUA tentaram invadir Israel para dominar os poços petrolíferos desse país; a segunda foi em 1979, quando foi criado o Estado da Palestina e eclodiu o conflito com a Arábia Saudita; a terceira foi em 1991, quando começou a guerra do Iraque.
b) A primeira foi em 1973, quando houve uma crise de produção no Oriente Médio, levando ao aumento do preço dos barris de petróleo no mundo todo; a segunda foi em 1979, quando o Kuwait se recusou a vender petróleo para os EUA; a terceira foi em 1991, quando começou a guerra dos EUA contra o Afeganistão.
c) A primeira foi em 1973, devido ao conflito árabe-israelense; a segunda em 1979, quando os árabes diminuíram a produção de barris; a terceira em 1991, que acabou gerando a Guerra do Golfo, quando o Iraque invadiu o Kuwait.
d) A primeira foi em 1973, quando o Iraque invadiu a Palestina; a segunda foi em 1979, período de baixa produção de petróleo no Oriente Médio; a terceira foi em 1991, devido à Guerra do Golfo.
e) A primeira foi em 1973, quando vários países do mundo exigiram a fundação da OPEP para controlar os preços dos barris de petróleo; a segunda foi em 1979, quando se deu o conflito árabe-israelense; a terceira foi em 1991, quando teve início a guerra da Palestina.

12-(ESPM) Apesar da crise internacional, os Estados Unidos seguem como a grande potência econômica do mundo e, consequentemente, polarizando inúmeros países com os quais mantêm estreitas relações. O mapa abaixo configura uma relação com a potência e está retratando:

(Atlas da globalização, 2003.)

a) as principais áreas de origem dos imigrantes no país.
b) os principais mercados de software do Vale do Silício.
c) países suspeitos de organizarem atentados contra os Estados Unidos.
d) países com quem mantêm tratados comerciais especiais.
e) os principais fornecedores de petróleo.

Observe o gráfico para responder às duas próximas questões.
Durand, Marie-Françoise [et al.]. Atlas da mundialização 2009: compreender o espaço mundial contemporâneo. São Paulo: Saraiva, 2009. p. 101-102.

13-(PUCSP) Escolha, a seguir, a alternativa que o interpreta corretamente:

a) O Brasil tem destaque no consumo de energias renováveis graças à produção do etanol.
b) O petróleo é a principal fonte de consumo de energia nos três maiores centros consumidores de energia.
c) Os principais polos consumidores de petróleo no gráfico são também os maiores produtores.
d) Os combustíveis fósseis são ainda muito dominantes no mundo, refletindo a distribuição dos centros econômicos mais poderosos do mundo.
e) A situação inferior do uso da energia nuclear assim como da hidroeletricidade, se deve a escassez das matérias primas para sua produção.

14-(PUCSP) Agora leia com atenção:

“A China está negociando com o governo da Nigéria os direitos de exploração de algumas das maiores jazidas de petróleo do país africano. Segundo especialistas, o negócio deve ficar em torno de US$ 40 bilhões e garantir à potência asiática acesso a 6 bilhões de barris de petróleo, mais de 1/6 das reservas nigerianas comprovadas.”
(FOLHA de S. Paulo. China negocia 1/6 do petróleo nigeriano. 30/09/2009, p. B1)

Ainda considerando o gráfico e somando a ele essa notícia, é correto afirmar que na China

a) o imenso crescimento obriga o país a buscar estrategicamente fontes de energia em outras partes do mundo.
b) vale a pena a associação com a Nigéria, para ter acesso aos preços mais baixos do barril de petróleo nos países pobres.
c) o petróleo representa a maior parte do consumo de energia, daí ser lógico aproveitar essa especialização e procurar ter acesso a fontes no exterior.
d) a estratégia de buscar petróleo no exterior visa ao futuro, visto que, no presente, a China não é muito dependente de fontes de energia fósseis.
e) associar-se na exploração de jazidas no exterior é caso único, pois os outros países consumidores de petróleo não praticam essa estratégia.

15-(UFRJ)

Principais gasodutos na Europa (existentes e planejados)


Apresente uma justificativa para as propostas de novos traçados na rede de gasodutos que abastece a Europa.

As propostas de novos traçados teriam, entre outras, as seguintes justificativas: a diversificação das fontes de suprimento de gás diminuiria a dependência da Europa Ocidental em relação à Rússia; a multiplicação de fontes fornecedoras aumentaria a segurança energética dos países do oeste europeu; os traçados alternativos evitariam as redes que atravessam áreas de instabilidade política; a instalação de novos dutos atenuaria os efeitos dos cortes de fornecimento resultantes dos conflitos entre Rússia e Ucrânia.

VESTIBULAR 2009

16-(UTRPR) A energia elétrica é produzida principalmente em usinas termoelétricas, hidrelétricas e termonucleares. Em qualquer dessas usinas, ela é produzida numa turbina, que consiste, essencialmente, num conjunto cilíndrico de ferro que gira em torno de seu eixo no interior de um receptáculo imantado. Na turbina, portanto, a energia cinética (de movimento) é transformada em energia elétrica. Nos diferentes tipos de usinas, o que difere é a energia primária utilizada para mover as turbinas.
Considerando o assunto acima e seus conhecimentos sobre energia primária é correto afirmar que:

a) o carvão mineral e o gás natural correspondem às energias primárias mais utilizadas em termoelétricas, nos países subdesenvolvidos, gerando e consumindo aproximadamente a metade da energia elétrica produzida no planeta.
b) entre as fontes não-renováveis de energia, o carvão mineral é o mais abundante, principalmente no Hemisfério Norte. Segundo estimativas, quando o petróleo se esgotar, as reservas de carvão ainda terão um período de exploração muito longo.
c) o petróleo pode ser substituído pelo carvão mineral, em situação de crise e aumento de preço, devido às maiores reservas disponíveis em países como o Brasil e a Venezuela.
d) países de dimensões continentais como o Brasil, Estados Unidos da América do Norte e a Rússia, apresentam uma enorme disponibilidade de recursos hídricos, porém com baixo aproveitamento hidroenergético.
e) a tecnologia disponível para transformar o xisto betuminoso em energia primária pode ser, uma importante fonte primária, devido ao baixo custo de beneficiamento e às enormes reservas.

17-(UFAL) Existem diversas modalidades de energia que são utilizadas pelo homem. Dessas, uma se caracteriza pela utilização do calor interno do planeta. Esse calor, que aciona turbinas elétricas, gera a modalidade de energia conhecida como:

a) Energia Gravitacional.

b) Energia Geotérmica.
c) Energia das Marés.
d) Energia Fóssil.
e) Energia de Xisto Betuminoso.

18-(UFOP) “Não existe geração de energia sem impacto ambiental. Esse impacto só será reduzido, se diminuirmos o consumo”, ressalta o pesquisador da Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp, Gilberto Januzzi, em matéria publicada em 12/12/2004 no site http://www.comciencia.br.

Dentre as fontes de energia indicadas abaixo, assinale a opção que apresenta a fonte alternativa de menor impacto ambiental.

a) construção de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs)
b) construção de usinas térmicas que aproveitam a energia do urânio e do plutônio
c) geração de energia a partir dos ventos (eólica)
d) utilização de bagaço da cana e de biogás de lixo (biomassa)

19-(FUVEST)
O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um indicador do nível de desenvolvimento socioeconômico de um dado país que leva em conta, simultaneamente, diversos aspectos, tais como expectativa de vida, índice de mortalidade infantil, grau de escolaridade e poder de compra da população. A relação entre o consumo anual de energia per capita (TEP) e o IDH, em vários países, está indicada no gráfico abaixo, no qual cada ponto representa um país.
Com base nesse conjunto de dados, pode-se afirmar que

a) o IDH cresce linearmente com o consumo anual de energia per capita.
b) o IDH aumenta, quando se reduz o consumo anual de energia per capita.
c) a variação do IDH entre dois países é inferior a 0,2, dentre aqueles, cujo consumo anual de energia per capita é maior que 4 TEP.
d) a obtenção de IDH superior a 0,8 requer consumo anual de energia per capita superior a 4 TEP.
e) o IDH é inferior a 0,5 para todos os países com consumo anual de energia per capita menor que 4 TEP.

20-(UEL) A política estadunidense de estímulo à produção de etanol está vinculada:

a) Não apenas à procura de combustíveis alternativos, dos quais o etanol é um exemplo, mas também a transformações no processo produtivo, beneficiando, assim, a proteção de reservas florestais de países em desenvolvimento.
b) À busca de transformações culturais e políticas, de modo a promover uma verdadeira "revolução verde", com mudanças permanentes de padrões e hábitos de produção, distribuição, circulação e consumo de alimentos industrializados.
c) À lógica de mercado, segundo a qual o cultivo de produtos agrícolas é direcionado para a fabricação de biocombustíveis, mais lucrativos, o que gera escassez e elevação dos preços dos alimentos.
d) À procura de combustíveis alternativos, como o etanol, a fim de potencializar o uso da terra, gerando emprego, renda e conjuntamente a expansão da produção de alimentos para um mercado em constante processo de ampliação.
e) A mudanças de uma cultura consumista para uma cultura preservacionista, objetivando a manutenção dos padrões atuais de desenvolvimento econômico e social e a preservação dos recursos naturais do planeta.

21-(IBMECSP) "O Google anunciou nesta terça-feira (19/08) que vai investir mais de 10 milhões de dólares em tecnologia geotérmica avançada. A entidade filantrópica da empresa, a Google.org, afirmou que o investimento será destinado aos chamados Sistemas Geotérmicos Melhorados."
(http://info.abril.com.br/aberto/infonews/082008/19082008-21.shl)

Entre as vantagens do uso de energia geotérmica, pode-se incluir:

a) O baixo custo da produção, por ser uma fonte energética que não exige grandes investimentos na infra-estrutura de captação.
b) A facilidade de transmissão da energia para regiões distantes de onde é produzida, barateando os custos finais de distribuição.
c) A baixa emissão, praticamente nula, de gases causadores do aquecimento global, tornando-a uma fonte de energia mais limpa.
d) A expansão do calor produzido nos campos geotérmicos que garantem a diminuição da temperatura no subsolo, facilitando a produção elétrica.
e) Os modestos investimentos necessários para a pesquisa e exploração dos campos geotérmicos, que usa a mesma tecnologia da exploração petrolífera.

VESTIBULAR 2008

22-(UNIFESP) A adoção de usinas nucleares para gerar energia voltou ao debate no Brasil em função da anunciada crise energética. Entre as implicações mais graves que este modelo de geração de energia cria, está:

a) o aumento do poder militar do Brasil, que ganhará um posto no Conselho de Segurança da ONU.
b) o lixo atômico, cuja atividade prolonga-se por gerações.
c) a ameaça de explosão por ambientalistas radicais.
d) a obrigação do país de não produzir armas nucleares, que mantém o status quo nuclear mundial.
e) o risco de acidentes fatais, dado o vazamento freqüente de material radioativo.

23-(INATEL)

A análise dos gráficos e os conhecimentos sobre o consumo de energia no mundo e no Brasil permitem concluir:

(01) A maior parte da energia utilizada no planeta origina-se de fontes não renováveis e poluentes, sendo que grande parte das reservas conhecidas de petróleo está concentrada em alguns países do Oriente Médio.
(02) O petróleo responde por 43% da matriz energética mundial, e a demanda global tende a aumentar nos próximos anos, induzindo que tecnologias mais modernas precisarão atingir as áreas de difícil acesso na Sibéria e nas profundidades oceânicas.
(04) Os Estados Unidos são responsáveis pela maior parte do consumo mundial de petróleo, graças a suas imensas reservas, capazes de abastecer o país nas próximas décadas.
(08) O Brasil, ao atingir a auto-suficiência em petróleo e em gás natural, não importa mais combustíveis, estando com capacidade para produzir sua própria energia.
(16) O expressivo consumo de energia solar e eólica no mundo e no Brasil, demonstrado no gráfico, traduz a eficácia dos programas implementados a partir da assinatura do Protocolo de Kyoto.

As Alternativas corretas somam

a) 03
b) 06
c) 12
d) 20
e) 24

24-(FUVEST) A questão energética contemporânea, especialmente no que se refere ao uso de combustíveis fósseis, pode ser olhada sob uma perspectiva mais ampla. A vida na Terra tem alguns bilhões de anos. Nossa espécie, que surgiu há cerca de 150 mil anos, produz ferramentas há cerca de 40 mil anos, usa carvão mineral há cerca de 300 anos e petróleo há cerca de 100 anos. Esses recursos energéticos, devidos à longa deposição de organismos, encontram-se em diversas regiões, algumas delas hoje desérticas. O consumo combinado atual desses combustíveis, sobretudo na indústria e nos transportes, equivale a uma queima da ordem de 100 milhões de barris de petróleo por dia, fato que preocupa pelo aumento, na atmosfera, de gases responsáveis pelo efeito estufa.

Da leitura desse texto, é correto afirmar que

a) há regiões desérticas que podem já ter sido oceanos, das quais extraímos hoje o que aí foi produzido muito antes da existência humana.
b) sendo os combustíveis fósseis gerados em processo contínuo, os mesmos poderiam ser utilizados indefinidamente, não fosse o aumento do efeito estufa.
c) o consumo atual de combustíveis fósseis na indústria e nos transportes é reposto pela deposição diária de biomassa fóssil.
d) os seres humanos, nos últimos 100 anos, são responsáveis por boa parte da geração de combustíveis fósseis, a partir da biomassa disponível.
e) o que era carvão mineral, em passado remoto, transformou-se em petróleo nos períodos recentes.

25-(URCA) Sobre Fontes de Energia, leia as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta:

I. A eletricidade pode ser obtida pela força da água (hidráulica); pelo vapor da queima de combustíveis fósseis (termelétricas) e pelo calor produzido pela fissão do urânio no núcleo do reator.
II. Os vulcões, os gêiseres, o sol e as fontes termais são formas de energia geotérmica, produzida pelo calor existente no interior da Terra. Porém o principal problema técnico, ainda não foi solucionado, pois o tratamento da água do vapor servido que contém boro, amônia e outros sólidos dissolvidos, podem contaminar as águas próximas à usina.
III. As centrais maremotrizes obtêm energia elétrica aproveitando o movimento das marés. Esse tipo de energia pode ser obtido por meio de um reservatório, constituído de uma barragem, uma turbina e um gerador.
IV. Se na usina hidrelétrica é o vapor de água produzido por uma caldeira aquecida pela queima do carvão e do petróleo; na usina termelétrica quem faz esse papel é a água que, embora teoricamente ela seja renovável, já sabemos que pode acabar.

a) As afirmativas I e III são verdadeiras;
b) As afirmativas I, II e III são verdadeiras;
c) As afirmativas II e IV são verdadeiras;
d) As afirmativas II, III e IV são verdadeiras;
e) As afirmativas III e IV são verdadeiras.

26-(FRB) Observe o gráfico e responda questão.

matriz energética brasileira
A matriz energética mundial, pautada na utilização da energia petrolífera e de seus derivados, se consolidou a partir da

a) Primeira Revolução Industrial.
b) Segunda Revolução Industrial.
c) Guerra Fria.
d) Guerra Irã-Iraque.
e) formação do Estado de Israel.

27-(FUVEST) A questão energética contemporânea, especialmente no que se refere ao uso de combustíveis fósseis, pode ser olhada sob uma perspectiva mais ampla. A vida na Terra tem alguns bilhões de anos. Nossa espécie, que surgiu há cerca de 150 mil anos, produz ferramentas há cerca de 40 mil anos, usa carvão mineral há cerca de 300 anos e petróleo há cerca de 100 anos. Esses recursos energéticos, devidos à longa deposição de organismos, encontram-se em diversas regiões, algumas delas hoje desérticas. O consumo combinado atual desses combustíveis, sobretudo na indústria e nos transportes, equivale a uma queima da ordem de 100 milhões de barris de petróleo por dia, fato que preocupa pelo aumento, na atmosfera, de gases responsáveis pelo efeito estufa.

Da leitura desse texto, é correto afirmar que:

a) há regiões desérticas que podem já ter sido oceanos, das quais extraímos hoje o que aí foi produzido muito antes da existência humana.
b) sendo os combustíveis fósseis gerados em processo contínuo, os mesmos poderiam ser utilizados indefinidamente, não fosse o aumento do efeito estufa.
c) o consumo atual de combustíveis fósseis na indústria e nos transportes é reposto pela deposição diária de biomassa fóssil.
d) os seres humanos, nos últimos 100 anos, são responsáveis por boa parte da geração de combustíveis fósseis, a partir da biomassa disponível.
e) o que era carvão mineral, em passado remoto, transformou-se em petróleo nos períodos recentes.

28-(UERJ) Ao longo da história, a ampliação da capacidade produtiva das sociedades teve como contrapartida o aumento do consumo e a contínua incorporação de novas fontes de energia.
a) Apresente uma vantagem do uso do petróleo e uma vantagem do uso do gás natural como fontes de energia.
b) Apresente dois impactos negativos associados à produção de energia hidrelétrica.
Resposta:
a) Entre as vantagens do uso do petróleo temos:
- trata-se de uma fonte de energia com maior poder calorífico que o carvão;
- apresenta-se sob a forma líquida, o que facilita sua extração e transporte;
- possui aplicações diversificadas (combustível para veículos, aquecimento e produção de eletricidade);
- gera subprodutos que são cada vez mais aproveitados pela petroquímica.
Entre as vantagens do uso do gás natural temos:
- dispensa armazenamento em sua forma original;
- apresenta alta produtividade;
- é o combustível fóssil que menos prejudica a natureza, pela facilidade de se controlar a sua combustão.
b) Entre os impactos negativos associados à produção da energia hidrelétrica estão:
- o deslocamento das populações situadas nas áreas alagadas pelas represas;
- a inundação de áreas agricultáveis e de florestas;
- as mudanças na dinâmica hidrológica dos canais fluviais;
- a diminuição da biodiversidade fluvial;
- a perda de patrimônio histórico e cultural devido à formação de grandes reservatórios;
- a deterioração da qualidade da água pela grande produção e decomposição de matéria orgânica;
- o aumento de problemas sanitários associados à proliferação de parasitas em áreas contíguas aos reservatórios;
- a emissão de gases do efeito estufa pela decomposição da matéria orgânica nos reservatórios.
VESTIBULAR 2007

29-(UFMT) Sobre o panorama energético brasileiro, assinale a afirmativa que aborda corretamente os seguintes aspectos: fonte, produção, impactos ambientais.

a) A energia hidráulica é a principal fonte primária da matriz energética brasileira tendo em vista a existência de rede hidrográfica que facilita a construção de usinas hidrelétricas a custos reduzidos. É uma fonte energética limpa e sem impactos no meio ambiente.
b) A origem do petróleo está associada à existência de rochas sedimentares e detritos orgânicos marinhos, depositados em mares rasos e, no Brasil, as maiores jazidas encontram-se na plataforma continental. Os riscos ambientais referem-se à contaminação de águas e animais em caso de vazamentos.
c) O rádio encontrado no Maciço de Urucum é o elemento radioativo mais importante para a produção da energia nuclear cuja fissão atômica ocorre nas usinas de Angra dos Reis e de Goiânia. O principal impacto ambiental está relacionado à contaminação das águas no processo de resfriamento dos reatores.
d) A lenha, extraída da vegetação nativa, é a fonte energética primária mais importante do Brasil. Como é recurso não renovável, é a matriz energética que causa menor impacto sócio-ambiental.
e) O carvão mineral é encontrado em todo litoral brasileiro em áreas em que predominam rochas cristalinas. É usado como combustível no aquecimento doméstico e hotelaria e seu impacto ambiental está relacionado à poluição atmosférica gerada pela liberação do dióxido de carbono no processo de extração.

30-(UFV) Leia o texto abaixo:

Uma reportagem publicada em agosto de 2006 informava que o presidente venezuelano Hugo Chávez visitava a China para ampliar os acordos petrolíferos, bem como assinar vários acordos de cooperação em educação, informação e outros setores não especificados. No entanto, dizia que o petróleo era o ponto principal da visita de Chávez, visto que o maior interesse do presidente venezuelano era assinar acordos para aumentar a quantidade de barris vendidos para a China. Assinalava, também, que o presidente venezuelano deveria assinar contratos para a construção de navios petroleiros de grande tonelagem com o intuito de evitar gastos com o aluguel destas embarcações. Segundo Chávez, sua intenção era criar sua “própria frota, das maiores do mundo”.
Por fim, informava o repórter que, desde que tinha chegado ao poder em 1999, Chávez tinha visitado a China em quatro ocasiões, a última em dezembro de 2004, quando assinou oito acordos de cooperação energética.

De acordo com as informações da notícia e em conhecimentos sobre a América Latina, assinale a afirmativa INCORRETA:

a) A estratégia de aumentar a venda de petróleo para a China visa reduzir a dependência econômica em relação aos Estados Unidos.
b) As iniciativas de Chávez para ampliar a comercialização de petróleo com a China podem não ter êxito em função da pequena produção petrolífera da Venezuela.
c) Chávez busca ampliar o leque de compradores alternativos de petróleo, projetando-se como liderança política na América Latina.
d) O aumento da comercialização do petróleo venezuelano para a China vem amenizando os problemas de abastecimento enfrentados por este país em função dos conflitos no Oriente Médio.
e) Apesar dos esforços de Chávez para diminuir a dependência dos Estados Unidos, estes ainda são o maior comprador do petróleo venezuelano.

31-(UFSC)

“Coitada da bomba atômica
Que não gosta de matar
Mas que ao matar mata tudo
Animal e vegetal
Que mata a vida da terra
E mata a vida do ar
Mas que também mata a guerra...
Bomba atômica que aterra!
Pomba atônita da paz!”
MORAES, Vinicius de. A bomba atômica. In: Nova antologia poética. São Paulo: Companhia das Letras. 2003, p. 134.

Sobre a energia atômica no mundo globalizado e no Brasil, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

01. Devido ao baixo custo de instalação, as usinas nucleares estão se multiplicando em todos os continentes.
02. Após a Segunda Guerra Mundial, grande parte dos investimentos na pesquisa atômica originou-se de interesses militares.
04. O átomo, a água, o vento, o petróleo e o biogás são fontes de energia renováveis.
08. O urânio é encontrado em quase todo o planeta, mas são poucos os países, como o Brasil, em que sua exploração tem viabilidade econômica.
16. As Regiões Norte e Sudeste do Brasil têm utilizado as usinas termonucleares em virtude da pouca disponibilidade de recursos hídricos.
Resposta: 2 + 8 = 10

32-(UFPE) Considerando o gráfico abaixo que apresenta dados acerca da produção mundial de petróleo, analise as proposições a seguir.

0-0) Apenas a Arábia Saudita, o Irã, o Iraque e o Kuwait fazem parte da OPEP.
1-1) Na listagem desses maiores produtores mundiais de petróleo estão presentes representantes dos países centrais, emergentes e periféricos.
2-2) A região do Golfo Pérsico congrega grandes produtores de petróleo, que estão representados no gráfico por países que têm uma participação de 21,6% do total do petróleo produzido.
3-3) Entre os países citados no gráfico, nenhum deles integra o continente africano.
4-4) A Venezuela é o único país situado na América do Sul que integra a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).
Resposta: FVVFV

33-(UNIFESP) Observe o mapa e a legenda.

(Manière de Voir n.º 81, Le Monde Diplomatique, 2005. Adaptado.)

O mapa indica

a) uma concentração de países que consomem mais energia, resultado da globalização dos investimentos econômicos.
b) um desequilíbrio no acesso à energia entre países do antigo bloco socialista, devido ao controle imposto pelo FMI.
c) um desequilíbrio no consumo energético gerado pelas diferenças tecnológicas e de renda entre países do mundo.
d) uma concentração de países com baixo consumo energético na África, graças à migração populacional das áreas rurais.
e) um desequilíbrio no consumo energético entre países europeus, em razão de investimentos realizados em países periféricos.

34-(PUCSP) A Bolívia já nacionalizou seus recursos fósseis (hidrocarbonetos) por três vezes: em 1937, quando a americana detinha a totalidade dos poços no país; em 1969, foi a vez da , e a atual nacionalização envolve várias empresas como a do Brasil e a da Espanha, por exemplo.

Sobre essa nacionalização atual na Bolívia é correto afirmar que

a) é um ato que nacionaliza apenas a exploração de gás natural e quer chegar até a incorporação do gasoduto Brasil-Bolívia como patrimônio exclusivo da Bolívia.
b) é uma nacionalização das jazidas de hidrocarbonetos, mas que permite e quer negociar novos contratos de exploração dos recursos pelas empresas estrangeiras.
c) a nacionalização desaloja empresas estrangeiras e garante o monopólio da exploração, refinamento e comercialização apenas para empresas bolivianas.
d) é um ato que gerou revoltas na Bolívia, desestabilizando gravemente o governo atual, visto que as empresas estrangeiras são a única fonte de emprego no país.
e) as ameaças militares do Brasil à Bolívia em razão da expropriação da Petrobrás levaram o país vizinho a realizar um recuo estratégico nessa ação.

35-(PUCRIO)
(Fonte: www.iea.org)

Sobre a exploração e utilização dos recursos energéticos na atualidade é correto afirmar que:

a) nos dias de hoje, os recursos menos utilizados estão distribuídos de maneira homogênea pelo mundo, tais como o carvão e petróleo.
b) as grandes reservas de combustíveis fósseis estão concentradas em estruturas geológicas recentes, por isso o seu uso é predominante.
c) a variedade na utilização de diferentes tipos de energia indica os custos extremamente reduzidos em relação às suas obtenções.
d) os recursos energéticos mais usados nos dias de hoje estão distribuídos de forma desigual pelo mundo e os custos para sua obtenção também são diferenciados.
e) apesar de o petróleo ocupar posição de destaque em termos de consumo e exploração, o gráfico em análise indica o crescimento do consumo da eletricidade proveniente das hidrelétricas.

36-(PUCRIO)

A charge apresentada, além de lembrar os tristes acontecimentos ocorridos há vinte anos, após o acidente na usina termonuclear de Chernobyl, na Ucrânia, lembra que seus efeitos ainda estão presentes. Ao que parece, os impactos ambientais no continente europeu continuam a causar preocupação em escala mundial.
Das opções a seguir, marque a única que NÃO corresponde a uma preocupação relacionada ao uso e à produção desse tipo de matriz energética.

a) a alta rentabilidade da produção e comercialização de tal energia pode não compensar os eventuais problemas socioambientais e políticos causados pelo vazamento de lixo tóxico das usinas.
b) os projetos de usinagem termonuclear da atualidade estão ligados, na sua totalidade, a desejos geopolíticos preocupantes de países que têm por objetivo o desenvolvimento de um arsenal nuclear que poderá, dentre outros problemas, acionar conflitos regionais de impactos globais.
c) os custos na construção de um sistema de proteção das usinas termonucleares são muito superiores aos gastos com a manutenção de usinas hidroelétricas, apesar destas, no continente europeu, dependerem dos aspectos morfoclimáticos.

d) o perigo de doenças graves causadas pelo contato com produtos agrícolas, água potável, ar atmosférico e outros materiais contaminados por radioatividade fazem com que, constantemente, movimentos políticos diversos e a sociedade civil organizada lutem pela não-proliferação da produção e comercialização desse tipo de energia.
e) o acúmulo de lixo tóxico gerado pelas usinas necessita de cuidados especiais de longo prazo e a proteção permanente para os efeitos nocivos da radioatividade não é consenso entre os pesquisadores.

37-(PUCPR) Canadá, China, Brasil, Estados Unidos e Rússia são os cinco maiores produtores mundiais de hidreletricidade. As características que são comuns a esses cinco países são:

I – Elevada extensão territorial.
II – Elevadas populações absolutas.
III – Elevadas densidades populacionais na totalidade de seus territórios.
IV – Presença de desníveis topográficos em seus territórios, compreendendo planaltos e planícies.
V – Existência de importantes bacias hidrográficas.

A alternativa que contém corretamente as características é:

a) I, IV e V.
b) I, II e III.
c) I, II e V.
d) II, III e IV.
e) III, IV e V.

38-(FUVEST) Desde a década de 1990, o Brasil vem incrementando a importância do gás natural na matriz energética nacional, abrindo-se, a partir daí, a possibilidade de integração econômica com países vizinhos. A prova disto está

a) no esforço do Brasil para aumentar a importação de gás natural do Paraguai, sendo que o enfraquecimento recente do MERCOSUL tem causado obstáculos para essa proposta.
b) nos novos acordos com o governo uruguaio, no âmbito do MERCOSUL, dobrando a importação de gás natural efetuada pelo Brasil, em troca do aumento de exportação de carros brasileiros para o Uruguai.
c) nos novos investimentos feitos pela Petrobrás em território venezuelano, constituindo parceria com a estatal da Venezuela, estreitando assim a relação do Mercosul com o Pacto Andino.
d) na construção do gasoduto Brasil-Bolívia, que, todavia, tem encontrado dificuldades, em função da recente nacionalização dos hidrocarbonetos, realizada pelo governo boliviano.
e) no consórcio TRANSIERRA, empresa constituída pela Petrobrás, pela Repsol YPF e pela TotalfinaELF, com a finalidade de intensificar a exploração de gás natural em território peruano.

39-(Espm) Sobre a região cartografada abaixo é correto afirmar:
a) As disputas pelo controle da rota dos oleodutos na zona caspiana têm envolvido a União Européia, Rússia e Estados Unidos.
b) Essa zona do Oriente Médio tem no Golfo Pérsico um foco de tensão envolvendo o Irã e o Iraque.
c) O mapa acima mostra a Traceca, uma rede viária norte-sul na Ásia Central patrocinada pela China.
d) O mapa acima está cartografando todos os novos países da União Européia.
e) A região cartografada é o Curdistão, área reivindicada pelos curdos junto à Armênia.

40-(FGV-economia) Evo Morales foi eleito presidente da Bolívia, em dezembro de 2005, após uma intensa crise política em que dois presidentes renunciaram. O início do mandato de Morales foi assistido com certa preocupação pelo governo brasileiro, pois ao cumprir o discurso de campanha, o presidente boliviano

a) nacionalizou empresas estrangeiras de exploração de gás e petróleo, como a brasileira Petrobras.
b) reivindicou a autonomia do Acre e posterior anexação ao território boliviano.
c) aprovou a lei que dá soberania aos departamentos bolivianos, envolvendo os limites do território brasileiro.
d) apropriou-se de empresas siderúrgicas brasileiras para depois revendê-las ao governo venezuelano.
e) aprovou uma nova Constituinte que rechaça a influência política e econômica do Brasil na América do Sul.

FONTE: GEOGRAFIAPARATODOS
REVISADO:GEOCONCEIÇÃO

GABARITO:
1-C 2-A 3-C 4-D 5-B 6-D 7-B 8-- 9-D 10-E 11-C 12-E 13-D 14-A 15-- 16-B 17-B 18-C 19-C 20-C 21-C 22-B 23-A 24-A 25-A 26-B 27-A 28-- 29-B 30-B 31-- 32-- 33-C 34-B 35-D 36-E 37-A 38-D 39A 40-A.

Nenhum comentário: