domingo, 3 de junho de 2012

TEORIAS DEMOGRÁFICAS.

Imagine se hoje fosse o seu aniversário! E você convidou muitos amigos e amigas! Também não esqueceu seus familiares e vizinhos! Você precisaria de bastante comida e bebida, não é mesmo?
www.diretoriodeartigos.com.br

FONTE : Fernanda Fontolan 
Mas, no meio da noite, começa a chegar mais gente! Na verdade, os seus amigos, familiares e vizinhos chamaram também seus próprios colegas e pessoas mais próximas!
E você se pergunta, será que a comida vai dar? E a bebida? Será que vai caber todo mundo aqui? Pois é... Esse tipo de preocupação não acontece só com você.

Há duzentos anos, já havia gente preocupada com o crescimento da população no mundo! Desde aquela época foram elaboradas muitas teorias para explicar e solucionar o problema do crescimento populacional.
Inúmeras teorias foram elaboradas para tentar explicar o crescimento populacional. Dentre elas, é comum se destacarem três, que estão profundamente inter-relacionadas: a malthusiana, a neomalthusiana e a reformista.

Teoria Malthusiana
A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus(1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população. Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)

Assim, segundo a visão de Malthus, ao final de um período de apenas dois séculos, o crescimento da população teria sido 28 vezes maior do que o crescimento da produção de alimentos. Dessa forma, a partir de determinado momento, não existiriam alimentos para todos os habitantes da Terra, produzindo-se, portanto, uma situação catastrófica, em que a humanidade morreria de inanição.

 piseinoblog.blogspot.com 
Malthus chegou a propor como única solução - para o problema da defasagem entre população e alimentos - o que ele chamou de "sujeição moral", ou seja, a própria população deveria adotar uma postura de privação voluntária dos desejos sexuais, com o objetivo de reduzir a natalidade, equilibrando o crescimento demográfico com a possibilidade de expansão da produção de alimentos.

Na realidade, ocorre grande concentração de alimentos nos países ricos e, consequentemente, má distribuição nos países pobres. Porém, em nenhum momento a população cresceu conforme o cálculo de Malthus.

Neomalthusianismo

No pós 2ª Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos.
Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar". Muitos países subdesenvolvidos adotaram essas políticas anti-natalistas, mas com exceção da China onde a natalidade caiu pela metade em quarenta anos nos outros praticamente não surtiu efeito.

ECOMALTHUSIANOS

Hoje em dia existem também os chamados ecomalthusianos, que defendem a tese de que o rápido crescimento populacional geraria enorme pressão sobre os recursos naturais, e por consequência sérios riscos para o futuro.
No Brasil nunca chegou a acontecer um controle de natalidade rígido por parte do estado nacional, mas a partir da década de 70 o governo brasileiro passou a apoiar programas desenvolvidos por entidades nacionais e estrangeiras como a Fundação Ford, que visavam o controle de natalidade no país.

Reformistas ou Marxistas

Diferentemente do que defendem os neomalthusianos, os demógrafos marxistas, consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.
FASES DO CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO
PRIMEIRA FASE:Crescimento primitivo

Caracteriza-se por ter elevadas taxas de natalidade e mortalidade, ligadas à cultura dos filhos serem mão-de-obra ocasionando uma alta natalidade, e baixas ou mesmo nenhuma condições de saneamento resultando em epidemias tendo um alto índice de mortalidade, o que faz a população crescer muito pouco.

A Europa passou por ela antes de 1760
O Brasil passou por ela antes de 1940

2º Fase:

Ocorre um decréscimo da mortalidade, como consequência das melhorias alimentares e sanitárias, a evolução da medicina (combate às doenças como Cólera e Malária no Brasil), a urbanização e a expectativa de vida. No entanto, a alta taxa de natalidade é mantida, o que acarreta um intenso crescimento populacional (explosão demográfica).

A Europa passou por ela entre 1760 a 1880
O Brasil passou por ela entre 1940 a 1970

3ºFase:

Nessa fase temos a queda acelerada da taxa de natalidade devido a educação familiar ao acesso a métodos anticoncepcionais, a entrada da mulher no mercado de trabalho e a manutenção da taxa de mortalidade fixando o modelo urbano.

A Europa passou por ela entre 1880 a 1940
O Brasil está no ciclo final dessa fase.

4º Fase:

Observa-se nessa fase baixas taxas de natalidade devido ao alto custo de se criar filhos e a opção de manter o padrão de vida e baixas taxas de mortalidade com consequente queda do crescimento populacional ou sua estagnação. Há consequências: aumento da proporção de idosos podendo ocasionar um rombo na previdência; encolhimento da população e necessidade de imigrantes para trabalhar nos empregos de mais baixo salário.
Alguns países da Europa como a Alemanha e Itália estão nessa fase.

EXERCÍCIOS :

1-Explique sobre as teoria demográficas :
a) Malthusiana;
b) Neomalthusiana;
c) Reformista.

2-Quais são os elementos observados para estudos em uma pirâmide etária ?

3- Explique  a diferença entre a população absoluta e a relativa, colocando o total em números atualizados, no Brasil, em relação a população absoluta e relativa.

4- O que é e como encontramos a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade no Brasil, pesquisando os números atualizados da duas taxas.

5- Explique o que é taxa de fecundidade e qual é taxa atual do Brasil ?

6- Conceituar com exemplos :
* populoso
* povoado
* superpovoado
* crescimento  vegetativo

Lembrete : Identificação completa, poder ser pelo blog ou pela Central do aluno.
Peso da atividade : 2

37 comentários:

Anônimo disse...

excelente , me ajudou muito com os estudos *-*

Alice Gomes disse...

Muito bom!!!!

Anônimo disse...

teoria malthusiana
malthus acreditava que em 25 anos a populacão dobraria. a população crescia assim em PG(2,4,8,16,32...) e os alimentos em PA(2,4,6,8...) isso dava resultado a uma grande miséria.

Anônimo disse...

Nome: Stacy Nº:34- 1º ANO B

Respostas:
1-A)A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus (1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população.
B) No pós segunda Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos.
C) Os marxistas, consideram que é a própria miseria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E popr conta disso, defendem reformas que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos.

2-Os elementos são: a população que é dividida em homens e mulheres conforme as suas idades.

3- População absoluta é o número total de habitantes de um lugar, já a população relativa é támbem chamada de densidade demográfica, que é a média de habitantes em km^2. A população relativa no Brasil é entre 21 e 23 hab/km², já a absoluta é de 194 milhões de habitantes.

4- A taxa de natalidade é a quantidade de pessoas que nascem no prazo de um ano. Para calcula-la basta pegar essa quantidade de pessoas que nasceram, multiplicar por 1000, e
dividir pela população absoluta. Já a taxa de mortalidade é a quantidade de pessoas que morrem no prazo de um ano. Para calcula-la basta pegar a quantidade de pessoas que morreram e multiplica-la por 1000, e dividir pela população absoluta.

5-É a quantidade média de filhos de uma mulher durante sua idade reprodutiva. Atualmente no Brasil ela é cerca de 1,72.

6-Populoso é a mesma coisa que população absoluta, ou seja, é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar. Povoado é a mesma coisa que população relativa, ou seja, refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).Superpovoado é quando o quantitativo populacional é maior do que os recursos sociais e econômicos existentes para a sua manutenção. E por último, crescimento vegetativo é o crescimento populacional de uma localidade medido a partir da diminuição da taxa de natalidade pela taxa de mortalidade.

Anônimo disse...

NOME: Luiz Felipe R. Kobarg/ Nº:24/ 1ºB

1-Explique sobre as teoria demográficas :
a) Malthusiana: A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus. Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...).

b) Neomalthusiana: Após 2ª Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos.
Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade.
c) Reformista: Demógrafos marxistas, consideram que é a miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.

2-Quais são os elementos observados para estudos em uma pirâmide etária ?
R: É um gráfico organizado para classificar a população de uma determinada localidade conforme as faixas de idade, dividindo-as por sexo. Esse gráfico é formado por barras superpostas que se concentram em torno de um eixo. As barras inferiores representam a população mais jovem e as barras superiores representam a população mais velha. Do lado direito do eixo, sempre se quantifica a população feminina e, do lado esquerdo, a população masculina, conforme o exemplo acima ilustrado.
As pirâmides populacionais são importantes no sentido de elaborarem um planejamento público a médio e longo prazo.

3- Explique a diferença entre a população absoluta e a relativa, colocando o total em números atualizados, no Brasil, em relação a população absoluta e relativa.
R: População absoluta é o número total de habitantes de um lugar, Brasil tem aproximadamente 204.874.050 de habitantes, e população relativa é também chamada de densidade demográfica, que é a média de habitantes por km2.

4- O que é e como encontramos a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade no Brasil, pesquisando os números atualizados das duas taxas.
Taxa de natalidade: número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes, no Brasil é: 14 a cada 1000 habitantes.
Taxa de mortalidade: número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes, no Brasil é: 15,6 por mil.

5- Explique o que é taxa de fecundidade e qual é taxa atual do Brasil ?
R: Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo é de: 1,7.

6- Conceituar com exemplos :
* populoso: corresponde a população geral de um país, ou seja, o número de habitantes que uma nação tem, o Brasil por exemplo, tem aproximadamente 204 milhões de habitantes.
* povoado: Trata-se do número médio de habitantes por unidade de área, geralmente o quilômetro quadrado. O Brasil possui uma densidade demográfica de quase 23,5 habitantes por quilômetro quadrado.

* superpovoado: ocorre superpovoamento quando há descompasso do ponto de vista das condições sócio-econômicas da população em relação à área ocupada. A Holanda por exemplo, é um país densamente povoado (434 hab/Km²), mas não é superpovoado ( a população desfruta de alto padrão de vida em um espaço muito pequeno), ao passo que países com a Índia (247 hab/Km²) é superpovoada. O superpovoamento portanto é relativo.

* crescimento vegetativo: é a diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade de um determinado local ou país geralmente expressa em porcentagem.

Luís Guilherme Zipf disse...

Luís Guilherme Zipf 1ºC nº 21

1-Explique sobre as teoria demográficas :
a) Malthusiana= Malthus alertava que a população crescia em progressão geométrica, enquanto que a produção de alimentos crescia em progressão aritmética. Então o crescimento populacional deveria ser controlado, deu então a sugestão de 3 formas:
1-A sujeição imoral de retardar o casamento
2-A prática da castidade depois do casamento
3-Ter somente o número de filhos que se pudesse sustentar
b) Neomalthusiana=Após a segunda guerra, a teoria de Malthus ganhou força, mas como ja se havia passado muito tempo desde o aviso, surgiram novos metodos para conter o aumento populacional, o estado deveria estabelecer medidas de controle do crescimento da população, principalmente pela disseminação de métodos anticoncepcionais, como camisinhas, ou anticoncepcionais.
c) Reformista=Quanto maior a escolaridade da mulher menor é o número de filhos e a taxa de mortalidade infantil então o investimento em educação ficou sendo considerado essencial para a sociedade, é necessário enfrentar em primeiro lugar as questões sociais e econômicas para melhorar a demografia

2-Quais são os elementos observados para estudos em uma pirâmide etária ?
R:Piramide etária é a representação gráfica da composição da população de um lugar em função da idade e do sexo, em um ano determinado. Ela é constituida por base (0 – 14 anos ou 0 – 19 anos), corpo (15 a 59 anos ou 20 a 59 anos), e cume (igual ou acima de 60 anos).


3- Explique a diferença entre a população absoluta e a relativa, colocando o total em números atualizados, no Brasil, em relação a população absoluta e relativa.
R:Absoluta é a população total de um lugar (200,4 Milhão) e a População relativa é a razão entre o número total de habitantes de um país e a sua área, no Brasil há cerca de 22 pessoas por km²

4- O que é e como encontramos a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade no Brasil, pesquisando os números atualizados da duas taxas.
R:Taxa de Natalidade =natalidade dividida pela população total multiplicado por 1000 = % (determina o número de nascidos vivos a cada mil habitantes de uma determinada área ou região)
Taxa de Mortalidade = mortalidade dividida pela população total multiplicado por 1000 = % (o número de mortes registradas, em média por mil habitantes, em uma determinada região em um período de tempo)

5- Explique o que é taxa de fecundidade e qual é taxa atual do Brasil ?
R:É a estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, sendo 1,81 por mulher a do Brasil

6- Conceituar com exemplos :
Populoso= É a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.(Absoluto)
EX: Brasil é um país populoso
Povoado= Refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (Relativo)
EX:Mônaco é um país povoado
Superpovoado= quando uma área possui uma população maior que os recursos disponíveis
EX:Brasil é um superpovoado
Crescimento vegetativo = Diferença entre Taxa de mortalidade e a taxa de natalidade
EX:No Brasil o crescimento vegetativo é o principal responsável pelo crescimento populacional.

Anônimo disse...

COLÉGIO SALESIANO ITAJAÍ
Nome:Leonardo Wan-Dall. Numero:16 1°D
1-Explique sobre a teoria demográfica:
a) Malthusiana:Segundo Malthus, a população mundial crescia muito rápido e a produção de alimentos em um ritimo lento, assim ao dinal de dois séculos, o crescmento da população teria sido 28 vezes maior que o crescimento da produção de alimentos, assim uma hora não teria alimentos para todos, a única solução foi a conhecida sujeição mora, que a própria população deveria adotar uma postura de privação voluntária dos desejos sexuais, com o objetivo de reduzir a natalidade, equilibrando o crescimento demográfico com a possibilidade de expansão da produção de alimentos.

b) Neomalthusiana: A pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido (planejamento familiar).

c) Reformista:Defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.

2-Quais são os elementos observados para estudos em uma pirâmide etária?
Estuda a estrutura da população pode ser observada em gráfico especifico, denominado de pirâmide etária, que representa a quantidade de habitantes, distribuídos por sexo e pela faixa etária.

3- Explique a diferença entre a população absoluta e a relativa, colocando o total em números atualizados, no Brasil, em relação a população absoluta e relativa.
A população absoluta é o total de habitantes de um município
E a população relativa é a relação entre o total de habitantes e a sua área territorial

População brasileira às 14:20:05 de 28/9/2015 204.850,981 habitantes
população relativa: 0,0240 habitantes por metro quadrado

4- O que é e como encontramos a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade no Brasil, pesquisando os números atualizados da duas taxas.
A taxa de natalidade é a quantidade de pessoas q nascem durante o ano, taxa de natalidade (por mil hab.) = 14,16
E a taxa de mortalidade é a quantidade de pessoas que morrem durante o ano taxa de mortalidade (por mil hab.) = 6,08


5- Explique o que é taxa de fecundidade e qual é taxa atual do Brasil ?
A taxa de fecundidade indica a estimativa do numero de filhos que cada mulher pode ter durante seu período fértil, em um ano. = taxa de fecundidade total 1,72

6- Conceituar com exemplos:
- populoso: quando são analisados em relação ao numero total de habitantes.
Exemplos: A Índia e a China, que possuem mais de um bilhão de habitantes
-povoado: quando possuem muitos habitantes por quilometro quadrado.
Exemplo: Mônaco, que possui 18 063 habitantes por quilometro quadrado.
-superpovoado: É o país com alta densidade demográfica (muitos habitantes por Km/2) e pouca infra-estrutura. China, Índia são exemplos reais.
-crescimento vegetativo: é o calculo da diferença entre as taxas de natalidade e as taxas de mortalidade em um ano.
Exemplo: no Brasil o crescimento vegetativo foi de 8,08 que é a diferença entre a taxa de mortalidade e a de natalidade.

Anônimo disse...

Vinícius S. Chab. 1D, n33

1- Malthusiana- Malthus relacionava o crescimento populacional com comida. Nela, ele viu que o crescimento populacional crescia de maneira geométrica e a comida crescia em progressão aritmética. assim, ele chegou na conclusão de que logo a população passaria muito a quantidade de oferta de comida.
Neomalthusiana- Surgiu depois do fim da segunda Guerra Mundial. A população crescia pois a expectativa de vida crescia mais e mais, entretanto, diferente de Malthus, ela defendia que o governo deveria criar leis no intuito de reduzir a taxa de natalidade.
Reformista- É uma teoria feita em resposta a neomalthusiana, ela defende que o aumento de natalidade se dava em países subdesenvolvidos. essa população jovem, entrava todo ano no mercado de trabalho, sem estar qualificada, o que desequilibrava a economia. Para essa teoria, a solução do problema seria resolver os problemas sociais e econômicos dos países subdesenvolvidos.

2- Ela é dividida por sexo. Mostra as faixas de idade dos homens e mulheres de uma determinada região. para sua construção, são observadas as taxas de mortalidade, pois com elas é capaz de descobrir a idade média de óbito dos homens e das mulheres. Mas também é observada a taxa de natalidade, pois u ma população jovem elevada pode causar danos sociais.

3- População absoluta é a população total da área, por exemplo, um território tem 30 milhões de abitantes. enquanto a população relativa divide esses abitantes por metro quadrado, como por exemplo, um território tem 10 habitantes por quilômetro quadrado. A população absoluta do Brasil é de 200,4 milhões (dados de 2010), e a relativa é de 22,4 habitantes por quilômetro quadrado.

4- Taxa de natalidade é a taxa de nascimento em determinada área ou país, no Brasil, essa taxa é de 14,16 por mil habitantes (dados do IBGE 2015). A taxa de mortalidade, é a taxa que mede a mortalidade média da área, no Brasil, ela pé de 6,08 por mil habitantes (dados do IBGE 2015)

5- Taxa de fecundidade é uma estimativa no número de filhos que uma mulher tem em determinada região ou território. No brasil, essa taxa é de 1,72 filhos por mulher (dados do IBGE 2015)

6- País populoso é um país com uma população total alta, como a China. País povoado tem sua população relativa alta, ou seja, uma grande densidade populacional, como a Holanda. País superpovoado é um país com uma densidade populacional (população relativa) ainda mais elevada, como a Índia.Crescimento vegetativo é a diferença entre a taxa de mortalidade e natalidade, sempre em porcentagem, como por ex, na década de 50, o Brasil teve um crescimento positivo, de 2,40%.

Anônimo disse...

Nome: Laise R.Hein Nº15 1ºD

1-
a)A teoria Malthusiana foi feita pelo inglês Thomas Malthus que segundo ele a população mundial cresceria em um ritmo rápido como a progressão geométrica e a produção de alimentos seria devagar,como a progressão aritmética.
b)A teoria Neomalthusiana foi no pós 2ªGuerra Mundial,segundo os neomalthusianos, a pobreza e o subdesenvolvimento apareceriam se a população continua-se aumentando,então inventaram o planejamento familiar para orientar os casais e controlar a taxa de natalidade.
c)A teoria Reformista defendem que por causa da miséria que a um acelerado crescimento populacional,isso traria por consequência o planejamento familiar espontanea e reduzir a taxa de natalidade e o crescimento vegetativo.

2-As pirâmides etárias são gráficos que representam a população de acordo com as idades e os sexos. Os principais elementos de uma pirâmide são os seguintes: Base – parte inferior, que representa a população jovem. Corpo – parte intermediária, que representa a população adulta. Cume ou ápice – parte superior, que representa a população velha.

3-população absoluta é numero de habitantes que vive, e população relativa é o numero de habitantes por Km² ou m² de uma area.
população relativa(2010):22,4 habitantes por quilômetro quadrado
população absoluta(2010): 190.755.799 habitantes

4-Taxa de natalidade (TN): número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes.
Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes.
taxa de natalidade(2015):14,16 por mil
taxa de mortalidade(2015):6,08 por mil

5-Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data.
taxa de fecundidade(2015):15,6 por mil.

6-
*O Brasil é populoso, porém não é densamente povoado.
*O Japão é um país populoso, densamente povoado e não é superpovoado.
*O Bangladesh não é populoso, porém superpovoado.
*No Brasil, o crescimento vegetativo é o principal responsável pelo aumento populacional.

Anônimo disse...

Thomas Seixas Abramson n°34 1°C


1-) a-) O malthusianismo é uma teoria demográfica criada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus, no final do século XVIII. De acordo com esta teoria, a população mundial cresce em progressão geométrica, enquanto a produção de alimentos em progressão aritmética.
b-) Segundo esta teoria a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessários drásticas políticas de controle de natalidade, que se daria através do famoso “planejamento familiar “.
c-) Segundo a teoria reformista, uma população jovem e numerosa, em virtude de elevadas taxas de natalidade, não é causa, mas consequência do subdesenvolvimento. Nos países desenvolvidos, onde o padrão de vida da população é alto, o controle da natalidade ocorre paralelamente à melhoria da qualidade de vida da população e espontaneamente, de uma geração para outra.
2-) Pirâmide etária é um gráfico organizado para classificar a população de uma determinada localidade conforme as faixas de idade, dividindo-as por sexo.
3-) População Absoluta: número total de habitantes numa determinada área.
População Relativa: população absoluta dividida pela área que esta ocupa. (Número de habitantes por metro quadrado).
A população total do Brasil é de 190.755.799 habitantes. Sendo na Região Sudeste, com 80.364.410 habitantes; o Nordeste abriga 53.081.950 habitantes; e o Sul acolhe cerca de 27,3 milhões. As regiões menos povoadas são: a Região Norte, com 15.864.454, e o Centro-Oeste, com pouco mais de 14 milhões de habitantes.
4-) Taxa de natalidade (TN): número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes.
Exemplo: se em uma cidade, de cem mil pessoas, nasceram 15 000 crianças durante um ano, então a taxa de natalidade é de 15‰ (quinze por mil).
Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes.
Exemplo: se na mesma cidade, de cem mil pessoas, houve 10 000 mortes durante um ano, então a taxa de mortalidade é de 10‰ (dez por mil).

Taxa no Brasil - Taxa de natalidade (por mil habitantes): 20,40
- Taxa de mortalidade (por mil habitantes): 6,31


5-)Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data. Também pode ser definida como: o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos, de acordo com o IBGE.
Taxa no Brasil - Taxa de fecundidade total: 1,90
6-) - Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
- Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).
- Superpovoado: povoado em excesso; em que a densidade populacional é muito alta; superpopuloso.
- O crescimento natural ou crescimento vegetativo: é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em permilagem


Anônimo disse...

1ºD - Mauricio Fernandes - 23

1- a) A Teoria Malthusiana é uma de várias teorias demográficas; criada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus, e de acordo com sua teoria, a população mundial cresce em progressão geométrica(rápida), enquanto a produção de alimentos em progressão aritmética(lenta).

b) Baseada na teoria e pensamentos de Malthus, a Teoria Neomalthusiana analisa que a explosão de natalidade da época resultaria em crises ocorrendo no mundo inteiro, resultando no esgotamento dos recursos da Terra.

c) As ideias básicas desta teoria são contrárias à Teoria Malthusiana original; sua principal afirmação nega o princípio malthusiano, segundo o qual a superpopulação é a causa da pobreza. Para os reformistas, é a pobreza que gera a superpopulação.

2- As faixas de idade da população de determinada região ou país, divididas por sexo. Isto é usado para visar as condições do povo, tal como verificar se há algum problema, como um alto número de pessoas mais velhas (50-60 anos).

3- População absoluta: é o número total de habitantes de uma região. (O Brasil possui uma das maiores populações absolutas do mundo.)

População relativa: equivale ao conceito de densidade demográfica, que é a relação entre a população absoluta e o espaço territorial que ela ocupa.

A população absoluta do Brasil é de, aproximadamente, 190.000.000 de habitantes. Já a população relativa é de, aproximadamente, 22 habitantes por km².

4- A taxa de mortalidade é um índice demográfico que reflete o número de mortes registradas, em média por mil habitantes, em uma determinada região em um período de tempo. Número de mortalidade dividido pela população total multiplicado por 1000 é igual ao percentual da taxa de mortalidade.

Taxa de natalidade é a porcentagem de nascimentos ocorridos em uma população, em determinado período de tempo. Número de natalidade dividido pela população total multiplicado por 1000 é igual ao percentual da taxa de natalidade.

A taxa de natalidade do Brasil é de 14,16 por mil habitantes. A taxa de mortalidade do Brasil é de 6,08 por mil habitantes.

5- Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data.

A taxa de fecundidade do Brasil é de 1,72 filhos por mulher.

6- Populoso: é quando sua população absoluta é alta, por exemplo na China ou na Índia.

Povoado: é quando sua população relativa é alta, ou seja, o número de habitantes por km², por exemplo na Bélgica ou na Holanda.

Superpovoado: é quando a densidade populacional é muito alta (geralmente mais que 1 hab/m²), isto é, temos uma grande quantidade de pessoas em comparação com a área do lugar especificado.

Crescimento vegetativo: é a diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade de um determinado local ou país geralmente expressa em porcentagem.


João Pedro Pereira disse...

Nome: João Pedro Pereira Nº: 18 Série: 1ºB

1) A) Teoria Malthusiana: Diz que a população mundial cresceria em um avançado(rápido). Foi criada por Thomas Robert Malthus, e comparada por ele a uma progressão geométrica(1,2,4,8,16,32,64), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparada a uma progressão aritmética (1,2,3,4,5,6).

B) Neomalthusianismo: Depois da 2º guerra mundial, aconteceu o crescimento populacional dos países subdesenvolvidos. Segundo os adeptos de Malthus, os neomalthusianos, a pobreza e o subdesenvolvimento, seriam gerados pelo grande crescimento da população, e por isso, seriam necessárias políticas de um controle de natalidade, ou como mais conhecido, o “planejamento” familiar.

C) Reformistas: São que não defendem os Neomalthusianos, os reformistas consideram que a pobreza é a explicação do grande crescimento populacional. Defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos

2) Em uma pirâmide etária, para se fazer os estudos, deve-se observar: A base, que é a parte inferior da pirâmide, onde está relacionada a população jovem, de 0-14 anos ou de 0-19 anos. O corpo, que é a porção intermediaria da pirâmide, onde está relacionada a população adulta, de 15-59 anos ou de 20-59 anos. E o cume, ápice ou o pico, que é a porção superior da pirâmide, onde está apresentada a população idosa ou velha. Igual ou acima de 60 anos.

3) População absoluta é o número total de habitantes de um lugar, quando um lugar possui uma grande população, podemos dizer que há uma grande população absoluta. População relativa é o número total de habitantes de determinada localidade dividido por sua área em quilômetros quadrados. Em 2013 foi feita uma pesquisa que dizia que o Brasil tinha de população absoluta 200,4 milhões de pessoas. Apesar de o Brasil ter uma grande população absoluta, o Brasil é pouco povoado, pois sua densidade demográfica é de apenas 22,4 habitantes por quilometro quadrado.

4) A taxa de natalidade de uma população reúne informações que permitem estabelecer um panorama nacional da quantidade de nascimentos que foram registrados durante certo tempo. A taxa de mortalidade reúne a quantidade de óbitos ocorridos em uma determinada população durante certo período. Para sabermos sobre a taxa de natalidade e de mortalidade basta pesquisar. A taxa de natalidade brasileira, segundo o banco mundial, é de 1,81 por mulher, essa pesquisa foi feita em 2012. A taxa de mortalidade brasileira, segundo o IBGE, em 2014, é de 6,06 por mil de habitantes.

5) Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data. Também pode ser definida como: o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos, de acordo com o IBGE. A taxa de fecundidade brasileira, segundo o banco mundial, é de 1,81 por mulher, essa pesquisa foi feita em 2012.

6) Populoso: Diz-se que um país ou estado é populoso quando tem uma elevada população absoluta, ou seja, quando o número total de habitantes é grande, como São Paulo e Brasil, são altamente populosos.

Povoado: Povoado se refere a densidade demográfica, ou seja, quando o número de habitantes por quilômetros quadrados é elevado dizemos que o país ou estado é bem povoado ou seja tem uma grande densidade demográfica. O estado do São Paulo é bem povoado.

Superpovoado: povoado em excesso; em que a densidade populacional é muito alta. É o país com alta densidade demográfica (muitos habitantes por quilometro quadrado) e pouca infra-estrutura. China, Índia são exemplos reais.

Crescimento vegetativo: é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em cada mil habitantes. No exemplo abaixo, a diferença significa o crescimento vegetativo.
Taxa de natalidade = 25%
Taxa de mortalidade = 10%
Diferença = 15%

Vini Augusto disse...

Vinícius Vieira nº 32 1ºD

1- A )De acordo com Malthus a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)

B) Segundo os adeptos Malthusianos, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar".

C) Segundo essa teoria a miséria é o principal fator para o crescimento populacional.

2- O que devemos observar primeiramente são os dois conjuntos de barras que representam o sexo e a idade de um determinado grupo populacional, pois ele é baseado numa estrutura etária da população, ou seja, a repartição da população por idades.

3- População Absoluta: Corresponde a população total de um determinado lugar. Esse lugar pode ser variado dependendo da escala de análise. Pode ser a população absoluta de uma casa, de uma cidade, de um estado, de um país, de um continente até mesmo do planeta Terra com seus 7,0 bilhões de habitantes. População Relativa ou Densidade Demográfica: Corresponde a população absoluta ou total, dividido pela área que ela ocupa (hab/km²) / População absoluta do Brasil 200, 4 milhões (2013) e População Relativa 14/4 hab/km² (sul) (2010)

4- Taxa de natalidade (TN): número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes.
Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes.
TN Brasil: 14,16
TM Brasil: 6,08
5- A taxa de fecundidade é uma estimativa do número de filhos que uma mulher tem ao longo da vida. De acordo com dados divulgados IBGE, o país registra uma média de 1,94 filho por mulher, estando abaixo da taxa de reposição populacional, que é de 2,1 filhos por mulher.

6- País populoso é aquele que possui uma grande quantidade de habitantes. Por exemplo, o país mais populoso do mundo é a China, enquanto que o segundo com a maior população é a Índia. /

País povoado, diferentemente do populoso, é aquele que possui uma grande quantidade de habitantes por quilômetro quadrado Ex: Mônaco e a Singapura.

Superpovoado - o conceito de superpovoamento não diz respeito apenas ao número de habitantes por Km², mas também se refere ao nível socioeconômico e tecnológico da população em relação a área ocupada

Crescimento vegetativo é o número de pessoas que nasceram menos o número de pessoas que morreram em um determinado local. Ou seja, é a diminuição da taxa de natalidade pela taxa de mortalidade.

Anônimo disse...

Pedro Ernesto N°: 25 1°D
1-a) R: A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus(1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população. Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)
Assim, segundo a visão de Malthus, ao final de um período de apenas dois séculos, o crescimento da população teria sido 28 vezes maior do que o crescimento da produção de alimentos. Dessa forma, a partir de determinado momento, não existiriam alimentos para todos os habitantes da Terra, produzindo-se, portanto, uma situação catastrófica, em que a humanidade morreria de inanição.
b)R: No pós 2ª Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos.
Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar". Muitos países subdesenvolvidos adotaram essas políticas anti-natalistas, mas com exceção da China onde a natalidade caiu pela metade em quarenta anos nos outros praticamente não surtiu efeito.
c)R: Diferentemente do que defendem os neomalthusianos, os demógrafos marxistas, consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.
2- R: Quantidade habitantes de uma mesma idade e sexo em determinado território.
3- R: População absoluta é a quantidade de habitantes em uma determinada área, e população relativa é a quantidade de habitantes dividido pela área desse local. População absoluta no Brasil = 200,4 milhão, População relativa no Brasil =23,56 pessoas/qm²
4- R: Taxa de natalidade é o que determina o número de nascidos vivos a cada mil habitantes de uma determinada área ou região, por um determinado período de tempo, e taxa de mortalidade tem os mesmos princípios porem ao invés de nascidos essa taxa nos diz a aquantidade de pessoas que morrem a cada mil habitantes. taxa de natalidade Brasil: 1,81 nascimentos por mulher. Taxa de mortalidade Brasil: 6,08 por mil habitantes em um ano.
5- R: Seria o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos, de acordo com o IBGE. No Brasil esse numero é equivalente a 1,86 filhos por mulher.
6- Populoso: região que possui uma população absoluta alta.
Povoado: região que possui a população relativa alta.
Superpopuloso: Região que possui uma densidade demográfica muito alta.
Crescimento vegetativo: é a diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade.

Anônimo disse...

Nome:Carolina Bauer de Oliveira Martins
Numero:5
Sala:1D
1-
a.Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética.Segundo a visão de Malthus, ao final de um período de apenas dois séculos, o crescimento da população teria sido 28 vezes maior do que o crescimento da produção de alimentos. A partir de determinado momento, não existiriam alimentos para todos os habitantes da Terra, produzindo-se, portanto, uma situação catastrófica. Como única solução para o problema da defasagem entre população e alimentos o que ele chamou de "sujeição moral", ou seja, a própria população deveria adotar uma postura de privação voluntária dos desejos sexuais, com o objetivo de reduzir a natalidade, equilibrando o crescimento demográfico com a possibilidade de expansão da produção de alimentos.
b.Para conter o avanço populacional, os neomalthusianos utilizam várias propostas, principalmente a da adoção de políticas visando o controle de natalidade, que se popularizaram com a denominação de Planejamento Familiar.
c. De acordo com a teoria reformista, se não houvesse pobreza as pessoas teriam acesso a educação, saúde, higiene, etc., o que regularia, naturalmente, o crescimento populacional. Portanto, é exatamente a falta dessas condições o que acarreta o crescimento desenfreado da população.

2-Pirâmide etária é um gráfico organizado para classificar a população de uma determinada localidade conforme as faixas de idade, dividindo-as por sexo. Esse gráfico é formado por barras superpostas que se concentram em torno de um eixo. As barras inferiores representam a população mais jovem e as barras superiores representam a população mais velha. Do lado direito do eixo, sempre se quantifica a população feminina e, do lado esquerdo, a população masculina.

3-População absoluta é o número total de habitantes de um lugar (país, cidade, etc.) e população relativa é a média de habitantes por km². A população relativa é 22,4 hab./km² e a população absoluta é: Região Sudeste, com 80.364.410 habitantes; o Nordeste abriga 53.081.950 habitantes; e o Sul acolhe cerca de 27,3 milhões. As regiões menos povoadas são: a Região Norte, com 15.864.454, e o Centro-Oeste, com pouco mais de 14 milhões de habitantes.

4- Taxa de natalidade determina o número de nascidos vivos a cada mil habitantes de uma determinada área ou região, por um determinado período de tempo, geralmente um ano. A taxa de natalidade do Brasil é 15,88.

5- A taxa de fecundidade consiste em uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher tem ao longo da vida. Esse indicador expressa a condição reprodutiva média das mulheres de um determinado local. A taxa de fecundidade do Brasil é 1,84 nascimentos por mulher.

6- Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.Ex: o país mais populoso do mundo é a China.
Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).Ex: Mônaco e a Singapura.
Super povoado: Acontece quando uma área possui uma população maior que os recursos disponíveis. Ex:Brasil.
Crescimento vegetativo: O crescimento natural ou crescimento vegetativo é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade. Ex: Europa e o Japão as taxas de crescimento vegetativo são muito baixas.

Anônimo disse...

Nome Victor Orsi número 31 1 ano D
1-
a) teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus(1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população. Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...).
b) o pós 2ª Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos.Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar". Muitos países subdesenvolvidos adotaram essas políticas anti-natalistas, mas com exceção da China onde a natalidade caiu pela metade em quarenta anos nos outros praticamente não surtiu efeito.
c) Diferentemente do que defendem os neomalthusianos, os demógrafos marxistas, consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.
2- A distribuição da população por faixas de idade em um país é consequência das taxas de crescimento populacional, da expectativa de vida e das migrações. A população é geralmente agrupada em três faixas etárias:
Jovens (O-14 anos)
Adultos (15-64 anos)
Idosos (acima de 65 anos)
3- população Absoluta: é o número total de habitantes numa determinada área. O Brasil tem em torno de 190.755.799 habitantes
População Relativa: é a população absoluta dividida pela área que esta ocupa. (Número de habitantes por metro quadrado). O Brasil tem em torno de 200.4 milhão de habitantes
4- Taxa de natalidade é um ramo da demografia que determina o número de nascidos vivos a cada mil habitantes de uma determinada área ou região, por um determinado período de tempo, geralmente um ano. O cálculo é feito dividindo-se o número de nascimentos vivos pela população total da região. A taxa de natalidade é de 1,84
 Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes. A taxa de mortalidade é de 22
5- Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data. Também pode ser definida como: o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos, de acordo com o IBGE. O número no Brasil é de 1,81
6-
A) População absoluta é o total de habitantes de um território qualquer, que pode ser uma cidade, uma província, um estado, um país ou um continente. A população absoluta é obtida através de pesquisas diretas (censos) ou indiretas (projeções, esti­mativas).
B) Povoado- considera também a distribuição das pessoas no território isto é o número de habitantes pela área medida
C)superpovoamento ou superpopulação: é quando o quantitativo populacional é maior do que os recursos sociais e econômicos existentes para a sua manutenção.
D) Crescimento natural ou vegetativo: é o crescimento populacional de uma localidade medido a partir da diminuição da taxa de natalidade pela taxa de mortalidade.

Anônimo disse...

Samuel n°281 D



1)

a) A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus(1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população. Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)

b) No pós 2ª Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos.

Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar". Muitos países subdesenvolvidos adotaram essas políticas anti-natalistas, mas com exceção da China onde a natalidade caiu pela metade em quarenta anos nos outros praticamente não surtiu efeito.

c) Hoje em dia existem também os chamados ecomalthusianos, que defendem a tese de que o rápido crescimento populacional geraria enorme pressão sobre os recursos naturais, e por consequência sérios riscos para o futuro.

No Brasil nunca chegou a acontecer um controle de natalidade rígido por parte do estado nacional, mas a partir da década de 70 o governo brasileiro passou a apoiar programas desenvolvidos por entidades nacionais e estrangeiras como a Fundação Ford, que visavam o controle de natalidade no país.



2) A população é geralmente agrupada em três faixas etárias:

Jovens (O-14 anos)

Adultos (15-64 anos)

Idosos (acima de 65 anos)

Pirâmide etária também conhecida como pirâmide demográfica ou pirâmide populacional é uma ilustração gráfica que mostra a distribuição de diferentes grupos etários em uma população (tipicamente de um país ou região do mundo), em que normalmente cria-se a forma de uma pirâmide. Esse gráfico é constituído de dois conjuntos de barras que representam o sexo e a idade de um determinado grupo populacional. É baseado numa estrutura etária da população, ou seja, a repartição da população por idades.



3) População Absoluta

O estudo da população compreende alguns conceitos. Para começar, podemos falar em população absoluta que é o total de habitantes de um certo lugar. Por exemplo o Brasil que possui 205.000.000 hab.

População relativa ou densidade demográfica é o total de habitantes dividido pela área que ocupam ou é a média da distribuição da população total pelo território. Brasil = 22,4 hab/km2

4) Taxa de natalidade (TN): número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes. Taxa de natalidade (por mil habitantes): 20,40

Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes.

Taxa de mortalidade (por mil habitantes): 6,31

5) Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo. A taxa do Brasil é de 1,81

6) Superpovoamento é quando o quantitativo populacional é maior do que os recursos sociais e econômicos existentes para a sua manutenção.Exemplo: o Brasil é populoso, porém não é densamente povoado.

6) Crescimento vegetativo é o crescimento populacional de uma localidade medido a partir da diminuição da taxa de natalidade pela taxa de mortalidade.

Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.

Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²)

Anônimo disse...

Nome :Julia Raulino Campos n ° 14 1 ° D

1)* Teoria Malthusiana:A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus(1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população. Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)

*Neomalthusianismo:No pós 2ª Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos.
Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar".

*reformista :Diferentemente do que defendem os neomalthusianos, os demógrafos marxistas, consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.

2)A forma da pirâmide está associada ao nível de desenvolvimento do país. As pirâmides com forma irregular, topo largo e base estreita, correspondem aos países com predomínio de população adulta e população envelhecida, caso dos países desenvolvidos que atingiram ou estão próximos de atingir a fase de estabilização demográfica.

3)População pode ser definido como o conjunto de pessoas que habita um certo território. A geografia preocupa-se não só com o número de habitantes, mas também com as suas características, condições e os processos de evolução.A população é estudada também por outras ciências, como a demografia que é o estudo, a partir de dados quantitativos, de suas variações e do seu estado (por isso, a demografia se utiliza de muitos dados estatísticos para identificar as características das populações e até propor políticas públicas).
População Absoluta é o estudo da população compreende alguns conceitos. Para começar, podemos falar em população absoluta que é o total de habitantes de um certo lugar.

4)taxa de natalidade (TN): número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes.Exemplo: se em uma cidade, de cem mil pessoas, nasceram 15 000 crianças durante um ano, então a taxa de natalidade é de 15‰ (quinze por mil).

Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes.Exemplo: se na mesma cidade, de cem mil pessoas, houve 10 000 mortes durante um ano, então a taxa de mortalidade é de 10‰ (dez por mil).

5)Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data. Também pode ser definida como: o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos, de acordo com o IBGE

6) *Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
*Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).
*superpovoado : É quando a desidade populacional é muito alta (geralmente mais que 1 hab/m²), isto é, temos uma grande quantidade de pessoas em comparação com a área do lugar especificado.

Anônimo disse...

Ananda N°4 1°B
1-Explique sobre as teoria demográficas:
a) Malthusiana: Propõe a “sujeição moral”, na qual consta a privação voluntária dos desejos sexuais para reduzir a natalidade, equilibrando o crescimento populacional. Não deu muito certo, mas a produção de alimentos começou a aumentar e a população passou a ter menos filhos. A teoria cai em esquecimento.
b) Neomalthusiana: No pós 2º Guerra ocorreu uma explosão demográfica, acelerou o crescimento populacional e “ o pobre era culpado pela grande população”. É proposto o “planejamento familiar”, as pessoas passam a diminuir a quantidade de filhos.
c) Reformista: Tem por objetivo diminuir a desigualdade social. “a miséria é responsável pelo crescimento populacional”, inocenta os pobres e diz que a culpa é do governo.

2-Quais são os elementos observados para estudos em uma pirâmide etária ?
Pirâmide de Idade: representação gráfica da composição da população de um lugar em função da idade e do sexo, em um ano determinado. Com a finalidade de planejamento econômico-social costuma-se dividir a população em três faixas etárias principais: jovem, adulta ou madura e velha ou senil.

3- Explique a diferença entre a população absoluta e a relativa, colocando o total em números atualizados, no Brasil, em relação a população absoluta e relativa.
-Absoluta: É o número total de habitantes de um lugar. O Brasil em 2010 possuía população absoluta de 190.755.799 habitantes.
-Relativa: A medida expressa pela relação entre a população e a superfície do território. É geralmente expressa em habitantes por quilómetro quadrado. O Brasil em 2010 possuía população relativa de 22,4 hab./km².

4- O que é e como encontramos a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade no Brasil, pesquisando os números atualizados da duas taxas.
- Natalidade: relação entre o número de nascidos vivos e o total da população em um dado lugar, num dado período de tempo. Em 2015 a taxa de natalidade por mil habitantes é 14,16
- Mortalidade: reflete o número de mortes registradas, em média por mil habitantes, em uma determinada região em um período de tempo. A taxa é expressa comumente em unidades de morte por 1000 pessoas ao ano. No Brasil em 2015 a taxa de mortalidade é 6,08.

5- Explique o que é taxa de fecundidade e qual é taxa atual do Brasil ?
Taxa de fecundidade: o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos. No Brasil em 2015 a taxa de fecundidade é 1,72.

6- Conceituar com exemplos :
- Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar. Ex: O Brasil é um país populoso que, devido ao fato de apresentar uma ocupação irregular, não pode ser classificado como povoado.
- Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²). Ex: O Japão é um país povoado, sua densidade demográfica já é praticamente de 340 habitantes por quilômetro quadrado.
- Superpovoado: Acontece quando uma área possui uma população maior que os recursos disponíveis. Ex: Países como Bangladesh (740 hab/km2), Índia (247 hab/km2) e até mesmo o Brasil (apesar de possuir baixa densidade) são considerados superpovoadas em virtude do insuficiente nível de desenvolvimento socioeconômico e tecnológico de suas populações em relação à área de seus territórios.
- Crescimento vegetativo: é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em permilagem. Ex: No Brasil a taxa de crescimento vegetativo anual médio é de 1,24%.

Anônimo disse...

Camila Balsini 1ano B número: 07

1- a) A teoria de Malthusiana foi formada por Thomas Malthus percebendo que a produção alimentícia estava lenta e a população estava aumentando rápido ele sugeriu a sujeição moral para controlar a natalidade ou seja a privação voluntaria dos desejos sexuais.
b) A teoria de Neomalthusianismo que a adaptação da teoria de Malthus pois eles achavam que a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo crescimento da população por isso sugeriram o planejamento familiar ou seja planejar a quantidade de filhos.
c) Reformista ou Marxistas acreditam que a miséria é responsável pelo crescimento populacional por isso defendem as reformas de caráter socioeconômico que iria melhorar o padrão de vida trazendo o planejamento familiar espontâneo.
2- É preciso observar a taxa de natalidade para sabermos sua distribuição por grupos de idade (jovens, adultos e idosos) por sexo (feminino e masculino), que permite aos analistas avaliar muitos índices demográficos e a expectativa de vida.
3- População absoluta é o número de habitantes de lugar ( país, estado, cidade...) e população relativa é a media de habitantes por km². Atualmente o Brasil tem 204.891.094 de população absoluta e a população com cerca de 22,4 hab./km².
4- Taxa de natalidade é o numero de nascidos vivos para cada mil habitantes e atualmente é de 14,6 por mil habitantes e taxa de mortalidade é o numero de mortes para cada mil habitantes e atualmente é de 6,08 por mil habitantes.
5- Taxa de fecundidade é uma estimativa do numero médio de filhos que uma mulher deveria ter ao longo da vida. No Brasil esta taxa é de 1,72.
6- Populoso: é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
Povoado: refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).
Superpovoado: Uma área considerada superpovoada é uma área em que a população é maior que os recursos disponíveis.
Crescimento vegetativo: É a diferença entre os nascimentos e os óbitos, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em porcentagem

Anônimo disse...

Nome: Fernanda Fernandes
nº10 1ºB
Professora: Conceição/Geografia
Colégio Salesiano Itajaí

1-Explique sobre as teoria demográficas :
a) Malthusiana: A população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...).Assim, segundo a visão de Malthus, ao final de um período de apenas dois séculos, o crescimento da população teria sido 28 vezes maior do que o crescimento da produção de alimentos. Dessa forma, a partir de determinado momento, não existiriam alimentos para todos os habitantes da Terra, produzindo-se, portanto, uma situação catastrófica, em que a humanidade morreria de inanição.
b) Neomalthusiana: A pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar". Muitos países subdesenvolvidos adotaram essas políticas anti-natalistas, mas com exceção da China onde a natalidade caiu pela metade em quarenta anos nos outros praticamente não surtiu efeito.
c) Reformista: Os demógrafos marxistas, consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.

2-Quais são os elementos observados para estudos em uma pirâmide etária ?
R: Volume da população= o número de pessoas na população por sexo (masculino; feminino) e/ou por grupo de idade (em geral, de 5 em 5 anos).


3-Explique a diferença entre a população absoluta e a relativa, colocando o total em números atualizados, no Brasil, em relação a população absoluta e relativa.
R:População absoluta é o número total de habitantes de um lugar (país, cidade, etc.). (Brasil- 200,4 milhão)
População relativa é a média de habitantes por km². (Brasil- 23,4 hab/km²)

4- O que é e como encontramos a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade no Brasil, pesquisando os números atualizados da duas taxas.
Taxa de natalidade (TN): número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes. (Brasil: 1,81 nascimentos por mulher (2012)) Exemplo: se uma cidade tem 1.000 habitantes e, durante um ano, nasceram 25 crianças, significa que a taxa de natalidade dessa cidade é de 25‰ (lê-se: vinte e cinco por mil).
Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes. (Brasil: 6,08 por mil hab). Exemplo: se uma cidade tem 1.000 habitantes e, durante um ano, morreram 15 pessoas, então a taxa de mortalidade dessa cidade é de 15‰ (lê-se: quinze por mil).

5- Explique o que é taxa de fecundidade e qual é taxa atual do Brasil?
R: A taxa de fecundidade é uma estimativa do número de filhos que uma mulher tem ao longo da vida. (Brasil: 1,72)

6- Conceituar com exemplos :
-populoso: O termo populoso se refere a uma elevada população absoluta, ou seja, uma grande quantidade e habitantes. Exemplo: pais mais populoso é a China com 1.401.586.609 hab.
-povoado: termo povoado esta relacionado com uma lata densidade demográfica, ou seja, uma média elevada de habitantes por uma determinada área ocupada (no caso de cidades, estados, países esta área é expressão por km²). Exemplo: Mônaco e a Singapura
-superpovoado: Uma área em que a população é maior que os recursos disponíveis. Exemplo: Holanda
-crescimento vegetativo: É a diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade de um determinado local ou país geralmente expressa em porcentagem.
Exemplo:
Taxa de natalidade = 25%
Taxa de mortalidade = 10%
Diferença = 15%

Anônimo disse...

1-A)O teoria malthusiana diz que a população cresceria muito mais depressa do que a produção de alimentos, ou seja, com o passar do tempo as pessoas iriam morrer de fome.
Mathus falava que a solução era os casais rejeitarem seus desejos sexuais.
B)Essa teoria era a favor do planejamento familiar, para que se pudesse diminuir a taxa de natalidade.
C)Os demógrafos marxistas falavam que a alta taxa de natalidade se deve a miséria, e que a solução seria mudanças sócio-economicas, e que quando a população sair da miséria ela mesma vai adotar o planejamento social
2- Os elementos observados são a taxa de mortalidade, a taxa de natalidade, a idade dos cidadãos e o genêro.
3- População absoluta e a numero total de habitantes do local, enquanto população relativa é a distribuição da população em relação à superficie do lugar.
4- Taxa de natalidade é o número de nascimentos de uma população em um determinado tempo, enquanto taxa de mortalidade é o número de mortes de uma população em um determinado tempo, podemos achar os números atualizados se procurarmos no site do IBGE ou se fizermos uma rápida pesquisa no Google.
5- Taxa de fecundidade é a estimativa do número de filhos que uma mulher teria até o fim do seu período reprodutivo. Conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa média de fecundidade no Brasil é de 1,72 filho por mulher.
6-Um país populoso tem relação com a população absoluta, ou seja, quando a população de um país é expressiva falamos que ele é populoso, como por exemplo o Brasil. Porém povoado tem relação com a população relativa, ou seja, o número de habitantes por Km2, por exemplo o Japão, que é populoso e povoado ao mesmo tempo, pois tem um número de população relativa muito alto.
Crescimento vegetativo ou natural é a diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade de um determinado local.
Um lugar superpovoado acontece quando uma área possui uma população maior que os recursos disponíveis.
JULIANO R.- 21- 1B

Anônimo disse...

Colégio Salesiano Itajai
Nome: Ivan Cegatta Junior N°: 15 1°B

1)A-A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus(1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população. Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)

B-No pós 2ª Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos.
Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar". Muitos países subdesenvolvidos adotaram essas políticas anti-natalistas, mas com exceção da China onde a natalidade caiu pela metade em quarenta anos nos outros praticamente não surtiu efeito.

C-Diferentemente do que defendem os neomalthusianos, os demógrafos marxistas, consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.

2)Pirâmide de Idade: representação gráfica da composição da população de um lugar em função da idade e do sexo, em um ano determinado.

Com a finalidade de planejamento econômico-social costuma-se dividir a população em três faixas etárias principais: jovem, adulta ou madura e velha ou senil. Essa divisão, porém, apresenta diferenças quanto aos intervalos de idade de acordo com a conveniência do país ou do organismo interessado.

3)população absoluta é numero de habitantes que vive e população relativa é o numero de habitantes por Km² ou m² de uma area

4)Para quantificar o crescimento natural ou vegetativo de uma dada população, é preciso conhecer dois importantes conceitos: a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade. Isso porque natalidade e mortalidade indicam quantas pessoas nascem e quantas pessoas morrem, sempre em proporção ao número total de habitantes, o que nos permite determinar o quanto uma dada população aumentou durante um determinado período.

5)A taxa de fecundidade é uma estimativa do número de filhos que uma mulher tem ao longo da vida. Seguindo uma tendência mundial, sobretudo dos países urbanizados, a taxa de fecundidade no Brasil está em constante declínio. O país já registrou uma das mais elevadas médias mundiais de filhos por mulher, porém esse feito foi revertido com o passar dos anos.

6)Populoso-é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar

Povoado-refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).

Superpovoado-excesso de população.

Crescimento vegetativo-O crescimento natural ou crescimento vegetativo é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em permilagem.

Anônimo disse...

Larissa Montrezor, 1B, 22
1:População Absoluta: é o número total de habitantes numa determinada área. População Relativa: é a população absoluta dividida pela área que esta ocupa. (Número de habitantes por metro quadrado).
A-Segundo Malthus, a população ia crescer em um ritmo rapido, e a produção de alimentos crescia em um ritmo lento.
B-Ele propoz planejamento familiar, menos filhos.
C-Consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.
2-As pirâmides etárias são representações gráficas (histograma) da população classificada por sexo e idade. No eixo vertical (y) estão indicadas as diversas faixas etárias, enquanto que no eixo horizontal (x) está indicada a quantidade de população: as barras da esquerda representam a população masculina e as barras da direita representam a população feminina. Observe duas pirâmides etárias correspondentes a dois países que apresentam um perfil sócio-econômico.
3-População Absoluta: é o número total de habitantes numa determinada área. População Relativa: é a população absoluta dividida pela área que esta ocupa. (Número de habitantes por metro quadrado).A população brasileira está distribuída em um extenso território, com 8,5 milhões de quilômetros quadrados. Em virtude disso, a população relativa é modesta, com cerca de 22,4 hab./km². O dado apresentado classifica o país como pouco povoado, apesar de ser populoso diante do número da população absoluta.
4-Taxa de Mortalidade : A porcentagem ( % ) de pessoas que morrem em um determinado local. Taxa de Natalidade : A porcentagem ( % ) de pessoas que nascem em um determinado local.
mortalidade-15,6 por 1000
natalidade-71,88 por 1000
5-A taxa de fecundidade é uma estimativa do número de filhos que uma mulher tem ao longo da vida. Seguindo uma tendência mundial, sobretudo dos países urbanizados, a taxa de fecundidade no Brasil está em constante declínio.Com 2 filhos por mulher, registrou média abaixo da necessária para a reposição populacional. 
6-
Populoso:Muito povoado; que abunda em população.
Povoado:Habitado.
Super povoado: Muito habitado.
Crescimento Vegetativo: Crescimento lento.

Anônimo disse...

Maria Julia N26 1°B

1-Explique sobre as teoria demográficas :
a) Malthusiana:Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)
b) Neomalthusiana;Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar".
c) Reformista:Defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.
2-Quais são os elementos observados para estudos em uma pirâmide etária ?
R: O gênero sexual e a idade muitas vezes tambem visto pelo IDH daquele lugar para levar em consideração de como é o lugar por qual esta fazendo o grafico.

3- Explique a diferença entre a população absoluta e a relativa, colocando o total em números atualizados, no Brasil, em relação a população absoluta e relativa.
R:População absoluta é o número total de habitantes de um lugar (país, cidade etc.).
Populacao relativa é a densidade demográfica é a média de habitantes por km2
Nordeste – 53.081.950 habitantes, densidade demográfica de 34,2 hab./ km².
Norte – 15.864.454 habitantes, densidade demográfica de 4,1 hab./ km².
Sul – 27.386.891 habitantes, densidade demográfica de 47,5 hab./ km².
Sudeste – 80.364.410 habitantes, densidade demográfica de 87 hab./ km².
Centro-Oeste – 14.058.094 habitantes, densidade demográfica de 8,7 hab./ km².

4- O que é e como encontramos a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade no Brasil, pesquisando os números atualizados da duas taxas.
R:Taxa de Natalidade é o número de bebês nascidos durante o período de um ano por mil habitantes.
Taxa de Mortalidade é o número de pessoas que morreram durante o período de um ano por mil habitantes.
Taxa de natalidade (por mil habitantes):20,40
Taxa de mortalidade (por mil habitantes):6,31
5- Explique o que é taxa de fecundidade e qual é taxa atual do Brasil ?
R: taxa de fecundidade é uma estimativa do número de filhos que uma mulher tem ao longo da vida. Atualmente, a Região brasileira que detém a maior taxa de fecundidade é a Norte, com 2,51 filhos por mulher. Já a Região Sudeste, com 1,75, possui a menor média nacional. As Regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sul, apresentam taxa de fecundidade de 2,04, 1,93 e 1,92, respectivamente.
6- Conceituar com exemplos :
* populoso é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
Japão: populoso (126.955.411 habitantes)
Brasil: país populoso (190.755.799 habitantes)
* povoado refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).
Japão povoado, pois a sua população ocupa intensamente a reduzida área de 377.801 km² do país asiático.
* superpovoado
Uma área considerada superpovoada é uma área em que a população é maior que os recursos disponíveis.
Países subdesenvolvidos.
É o país com alta densidade demográfica (muitos habitantes por Km/2) e pouca infra-estrutura.
China, Índia apresentam um superpovoamento.
* crescimento vegetativo
é a diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade de um determinado local ou país geralmente expressa em porcentagem

Anônimo disse...

Gabriela Avona 1°A número 10

1-a) A população crescia muito mais rápido do que a produção de alimento . Thomas Robert Malthus percebeu que muitas pessoas passariam fome. No começo a teoria assustou, mas depois começaram assustou criar máquinas.
B) Segundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar".
C) Consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo.
2- Servem para monitorar a estrutura de sexo e idade, mas como um complemento aos estudos da qualidade de vida, já que podemos visualizar.
3) População absoluta é o número total de habitantes de um lugar (país, cidade etc.).
População relativa é também chamada de densidade demográfica, e algumas pessoas confundem população absoluta com densidade demográfica. Densidade demográfica é a média de habitantes por km2, para obtê-la basta dividir a população absoluta pela área.
O Brasil possui uma baixa densidade demográfica, pois está muito abaixo da média mundial. Portanto o Brasil é um país populoso e pouco povoado; isto é, possui uma grande população absoluta, mas uma baixa densidade demográfica.
4) Taxa de natalidade (TN): número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes.
Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes.
- Taxa de natalidade (por mil habitantes): 20,40 *
- Taxa de mortalidade (por mil habitantes): 6,31 *
5) A taxa de fecundidade é uma estimativa do número de filhos que uma mulher tem ao longo da vida. Seguindo uma tendência mundial, sobretudo dos países urbanizados, a taxa de fecundidade no Brasil está em constante declínio. O país já registrou uma das mais elevadas médias mundiais de filhos por mulher, porém esse feito foi revertido com o passar dos anos.
No Brasil, a taxa de fecundidade é de 1,94 filho por mulher.
6) Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).
Superpovoamento ou superpopulação: é quando o quantitativo populacional é maior do que os recursos sociais e econômicos existentes para a sua manutenção.
Crescimento natural ou vegetativo: é o crescimento populacional de uma localidade medido a partir da diminuição da taxa de natalidade pela taxa de mortalidade.

Anônimo disse...

Nome: Matheus Francisco Fronza nº 30 1ºA

1)a) A teoria Malthusiana dizia que o crescimento populacional seria muito mais rápido que o crescimento da produção de alimentos e então, faltaria alimentos para muitas pessoas.
b) A teoria Neomalthusiana surge após a 2ª guerra mundial em países subdesenvolvidos, pois ocorreu um crescimento acelerado de população. Segundo essa teoria a pobreza e subdesenvolvimento seria gerada por este grande crescimento da população e para combater isso seriam necessárias táticas para realizar o controle de natalidade.
c) A teoria Reformista diz que a própria miséria é a responsável pelo crescimento populacional acelerado. Então os reformistas defendem reformas de sociais e econômicas para melhorar o estilo de vida da população e por consequência a população faria espontaneamente o planejamento familiar.

2- Os elementos observados são idade (ou faixa etária), o local representado e o sexo e a distribuição de pessoas em cada faixa etária.

3- População absoluta é o número total de habitantes em uma região qualquer. Já a população relativa ( ou densidade demográfica) é a medida expressada pela relação entre habitantes e território, geralmente representado por quilometro quadrado. O Brasil possui uma população absoluta de 204 milhões (segundo site do IBGE), e uma população relativa de 23 habitantes por quilometro quadrado.

4- Taxa de natalidade é o número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes e se encontra dividindo o número de nascimentos pelo numero de habitantes da região. Já a taxa de mortalidade é número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes e se encontra dividindo o número de falecimentos pelo numero de habitantes da região. Taxa de natalidade no Brasil : 14,16 nascimentos por mil habitantes (segundo IBGE) e a taxa de mortalidade é de 6,08 mortes por mil habitantes (segundo IBGE).

5- Pode ser definida como: o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos, de acordo com o IBGE. A atual do Brasil é de 1,72 por mulher (segundo IBGE).

6- Populoso : Quando uma região possui um alto número de população absoluta.
Povoado: Quando uma região possui uma alta população relativa.
Superpovoado: Quando a população relativa é excessiva.
Crescimento vegetativo: É a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em permilagem.

Anônimo disse...

Francisco n 8. 1C

1-) a-) O malthusianismo é uma teoria demográfica criada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus, no final do século XVIII. De acordo com esta teoria, a população mundial cresce em progressão geométrica, enquanto a produção de alimentos em progressão aritmética.
b-) Segundo esta teoria a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessários drásticas políticas de controle de natalidade, que se daria através do famoso “planejamento familiar “.
c-) Segundo a teoria reformista, uma população jovem e numerosa, em virtude de elevadas taxas de natalidade, não é causa, mas consequência do subdesenvolvimento. Nos países desenvolvidos, onde o padrão de vida da população é alto, o controle da natalidade ocorre paralelamente à melhoria da qualidade de vida da população e espontaneamente, de uma geração para outra.
2-) Pirâmide etária é um gráfico organizado para classificar a população de uma determinada localidade conforme as faixas de idade, dividindo-as por sexo.
3-) População Absoluta: número total de habitantes numa determinada área.
População Relativa: população absoluta dividida pela área que esta ocupa. (Número de habitantes por metro quadrado).
A população total do Brasil é de 190.755.799 habitantes. Sendo na Região Sudeste, com 80.364.410 habitantes; o Nordeste abriga 53.081.950 habitantes; e o Sul acolhe cerca de 27,3 milhões. As regiões menos povoadas são: a Região Norte, com 15.864.454, e o Centro-Oeste, com pouco mais de 14 milhões de habitantes.
4-) Taxa de natalidade (TN): número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes.
Exemplo: se em uma cidade, de cem mil pessoas, nasceram 15 000 crianças durante um ano, então a taxa de natalidade é de 15‰ (quinze por mil).
Taxa de mortalidade (TM): número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes.
Exemplo: se na mesma cidade, de cem mil pessoas, houve 10 000 mortes durante um ano, então a taxa de mortalidade é de 10‰ (dez por mil).

Taxa no Brasil - Taxa de natalidade (por mil habitantes): 20,40
- Taxa de mortalidade (por mil habitantes): 6,31


5-)Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data. Também pode ser definida como: o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos, de acordo com o IBGE.
Taxa no Brasil - Taxa de fecundidade total: 1,90
6-) - Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
- Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).
- Superpovoado: povoado em excesso; em que a densidade populacional é muito alta; superpopuloso.
- O crescimento natural ou crescimento vegetativo: é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em permilagem

Anônimo disse...

Felipe Cardoso N 7 1ºA

1) a- Malthus dizia que a população cresceria rapidamente, comparado a uma progressão geométrica (1,2,4,8,16,32,64), e a produção de alimentos em um ritmo lento, comparado uma progressão aritmética (1,2,3,4,5,6,7). Assim depois de dois séculos, a população mundial seria 28 veses maior que a quantidade de produção de comida.

B- Após a segunda grande guerra, os Neomathusianos proporam que: a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento da população, e em virtude disso, seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do "planejamento familiar".

C-os marxistas ja diziam ao contrario, consideravam que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defenderam reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos.

2) São observados os sexos ( masculino e feminino), sendo um do lado esquerdo e outro do lado direito; a faixa etária, sendo a base mais jovem, o meio adulto e o superior idoso; e a numeração mostrada no grafico, representado a quantidade de pessoas da faixa etária.

3)População absoluta é o número de habitantes do lugar (cidade, pais, etc). Já a relativa é a média de habitantes por km2, para obtê-la basta dividir a população absoluta pela área. O Brasil tem 200.4 milhões de pessoas (IBGE 2013), então a população relativa do Brasil é de (aproximadamente) 23, 532 pessoas.

4) Para calcular a taxa de natalidade faz: o numero de pessoas nascidas dividido pela população total multiplicado por 1000, dando a porcentagem. A de mortalidade é exatamente igual, porém se usa o numero de pessoas mortas. No Brasil a taxa de natalidade é de 1,81 por mulher, e a de mortalidade é de 6,54 mortes por 1000 habitantes.

5)Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data. Sendo a do Brasil de 1,94 filho por mulher.

6) a-quando a população de um país é expressiva, se diz que o país é populoso.
B- é quando no país, não há uma população expressiva em uma certa área.
C- quando a densidade populacional é muito alta.
D- crescimento vegetativo é a diferença entre os nascimentos e as mortes

Anônimo disse...

Karis G. Fernandes Número:22 1A
1-a)Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)
b)Após a segunda guerra mundial houve o crescimento populacional acelerado nos síses subdesenvolvidos. Assim sugerindo o controle de natalidade, chamado de planejamento familiar. Onde segundo suas condições eles planejavam quantos filhos podiam ter.
c)A própria miséria é a responsável pelo acelerado crescimento populacional. Se melhorar o padrão de vida da população, vai haver um planejamento espontâneo.
2-Base, vértice, topo e a separação entre masculino/feminino.
3-População absoluta é o número total de habitantes de uma região ou país. Por outro lado, População Relativa, ou Densidade Demográfica, é o número de habitantes por quilômetro quadrado, também, de uma região ou país.

População absoluta: 204 914 252

População relativa:24,09 hab por quilômetro quadrado.
4-Taxa de natalidade é um ramo da demografia que determina o número de nascidos vivos a cada mil habitantes de uma determinada área. Hoje é de 14,16.

A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um índice demográfico que reflete o número de mortes registradas. Hoje e de 6,08.
5-Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo. Hoje é de 1,72.
6-Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar. Ex: Brasil tem 204 914 252 habitantes ao todo.

Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²). Ex: Brasil tem em média 24,09 hab por quilômetro quadrado.

Superpovoado é caracterizado por não ter recursos suficientes para abastecer toda a sua população. Ex:Bangladesh.

Superpopulação é quando o quantitativo populacional é maior do que os recursos sociais e econômicos existentes para a sua manutenção. Ex:Bangladesh

Anônimo disse...

Teorias demográficas

1- a) Segundo Malthus, a população mundial crescia em um processo rápido, comparado por ele com uma progressão geométrica, e a produção de alimentos crescia em um processo lento, comparado a uma progressão aritmética. Sendo assim, em cerca de dois séculos, a população terá crescido 28 vezes mais do que a produção de alimento, e a partir de certo momento o homem seria extinto da Terra. Malthus chegou a propor uma solução, que consistia em a população deveria adotar uma postura de privação voluntária dos desejos sexuais, com o objetivo de equilibrar a natalidade, equilibrando o crescimento demográfico para possa ter uma expansão na produção de alimentos. Porém , em nenhum momento a população cresceu como previa Malthus

b)Segundo o Neomalthusianismo, a pobreza e o subdesenvolvimento seria gerado pelo grande crescimento populacional, e para controle da situação, sendo assim, drásticas políticas de controle de natalidade deveriam ser tomadas, que se dariam através do “planejamento familiar”.

c) Os Reformistas, defendem a tese de que, a miséria é o responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por causa disso, defendem reformas de caráter sócio-econômicos que possibilitem a melhoria do padrão de vida de países subdesenvolvidos. Como consequência, teria o planejamento familiar espontâneo da população, redução de natalidade e crescimento vegetativo.

2- As pirâmides etárias costumam ser divididas em 3 faixas: Os jovens ( nascimento até os 19 anos); os adultos (20 até 59 anos de idade) e os idosos( acima de 60 anos)

3-População Absoluta é o número total de habitantes numa determinada área. População Relativa é a população absoluta dividida pela área que esta ocupa. (Número de habitantes por metro quadrado). O Brasil possui uma população de 190 milhões de habitantes, porém cerca de 22 milhões de habitantes por km²

4-Taxa de natalidade: número de nascidos vivos em permilagem, ou seja, número de crianças nascidas para cada mil habitantes. Taxa de mortalidade: número de falecimentos em permilagem, ou seja, o número de mortes para cada mil habitantes.
O Brasil como taxa de natalidade, possui cerca de 14,6 por mil habitantes e de taxa de mortalidade, possui 6,08 por mil habitantes.

5-A taxa de fecundidade consiste em uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher tem ao longo da vida. O Brasil possui uma taxa de natalidade total de 1,72.

6-Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).
Superpovoado: é quando o quantitativo populacional é maior do que os recursos sociais e econômicos existentes para a sua manutenção.
O crescimento natural ou crescimento vegetativo é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade.

Nicolas Panteliades
Nº26 1ºC





Anônimo disse...

1 ano A
Andre luiz n°1
1- Teoria Malthusiana
A teoria demográfica formulada pelo economista inglês Thomas Robert Malthus(1776-1834) foi publicada em 1798, no livro Ensaio sobre o princípio da população. Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, comparado por ele a uma progressão geométrica (1, 2, 4, 8, 16, 32, 64...), e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento, comparado a uma progressão aritmética (1, 2, 3, 4, 5, 6...)
 Neomalthusianismo
 gundo eles, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do famoso e bastante difundido, "planejamento familiar".
 Reformistas ou Marxistas
 Diferentemente do que defendem os neomalthusianos, os demógrafos marxistas, consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional. E por conta disso, defendem reformas de caráter sócio-econômico que possibilitem a melhoria do padrão de vida das populações dos países subdesenvolvidos, segundo eles isso traria por consequência o planejamento familiar espontâneo, e com isso a redução das taxas de natalidade e crescimento vegetativo, como ocorreu em vários países hoje desenvolvidos.

2 Entre os dados mais importantes de uma população, encontra-se a composição por idades e por sexo. Seu estudo possibilita uma interpretação situacional da população para planejamento socioeconômico. Esses dados sobre a estrutura etária informam a administração de uma cidade ou de um país, por exemplo, quantos empregos precisam ser criados anualmente para que se possa absorver o contingente de mão-de-obra que, a cada ano, chega ao mercado. Podem, ainda, interferir no crescimento demográfico, ora estimulando, caso haja necessidade, ora desestimulando o crescimento por meio de políticas públicas.
Fonte: http://www.colegioweb.com.br/populacao/estrutura-etaria-da-populacao.html#ixzz3o0opRA1Y

3 População Absoluta
O estudo da população compreende alguns conceitos. Para começar, podemos falar em população absoluta que é o total de habitantes de um certo lugar. Por exemplo, a China possui a maior população absoluta entre os países do mundo, com aproximadamente 1 bilhão e 300 milhões de habitantes. Ou seja, de cada cinco habitantes do planeta Terra, um é chinês (cerca de 20% dos 6,5 bilhões de habitantes do planeta).
Podemos, portanto, afirmar que a China é o país mais populoso do mundo. Populoso é o país que apresenta grande população absoluta.
Países mais Populosos do Mundo
O Brasil é um dos países mais populosos do mundo.
 População relativa ou densidade demográfica é o total de habitantes dividido pela área que ocupam ou é a média da distribuição da população total pelo território.

4 - Taxa de natalidade (por mil habitantes): 20,40 *
- Taxa de mortalidade (por mil habitantes): 6,31 *

5- Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo, mantidas constantes as taxas observadas na referida data. Também pode ser definida como: o número médio de filhos por mulher em idade fértil, ou seja, de 15 a 49 anos, de acordo com o IBGE
 - Taxa de fecundidade total: 1,90 **

6- Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
-Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território
- superpovoado acontece quando uma área possui uma população maior que os recursos disponíveis.
- O crescimento natural ou crescimento vegetativo é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em permilagem. O Crescimento natural pode ser:

Positivo: Quando o número de nascimentos é maior que o de mortes.
Negativo: Quando o número de nascimentos é menor que o de mortes.
Nulo: Quando o número de nascimentos é igual ao de mortes.

Anônimo disse...

1°C      n°14
Jade Valente

1-a) Segundo Malthus, a população mundial cresceria em um ritmo rápido, e a produção de alimentos cresceria em um ritmo lento.Ao final de um período de apenas dois séculos, o crescimento da população teria sido 28 vezes maior do que o crescimento da produção de alimentos. Como solução Malthus chegou a conclusão que a população deveria abdicar do sexo para não haver crescimento populacional.

b)Após a segunda guerra mundial com o crescimento populacional surgiram adeptos a Malthus chamados neomalthusianos. Que sugeriram o controle de natalidade .

c)Defendiam a ideia que a miseria era a grande responsável pelo crescimento da população e por isso defendiam que deveria se melhorar o padrão de vida.

2-Se a base for larga indica alta taxa de natalidade e se o topo for estreito menor expectativa de vida.

3 - População relativa é também chamada de densidade demográfica, e algumas pessoas confundem população absoluta com densidade demográfica. Densidade demográfica é a média de habitantes por km2 e o número total de habitantes de um luga. No Brasil a um total de 190.760.000 habitantes e 200,4 milhões em densidade demográfica.

4- A taxa de natalidade é a que faz a media de filhos por mulher e a de mortalidade é o percentual de mortes.No Brasil a taxa de natalidade é de 1,81 filho por mulher e a de mortalidade é de 6,54 por 1000 habitantes.

5- A taxa de fecundidade é uma estimativa do número de filhos que uma mulher tem ao longo da vida e sua taxa de de 1,94 filhos por mulher.

6- Populoso-(população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.

Povoado (população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).

Superpovoado- áreas que possui maior população por metros quadrados do que se é indicado.

Crescimento vegetativo - é a diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade de um determinado local ou país geralmente expressa em porcentagem.










Anônimo disse...

Gustavo Daros
no. 14
1º A

1) A- A teoria malthusiana foi criada no pós Revolução Industrial e postula que o crescimento populacional superaria em muito a produção de alimento, resultando numa escassez de comida para a maior parte da população, criando uma situação caótica nas grandes cidades. A solução proposta foi reduzir a taxa de natalidade, incentivando casais a reduzir o número de filhos
B- A teoria neomalthusiana foi criada no pós Segunda Guerra Mundial e enuncia que, com o acelerado crescimento da população e queda na mortalidade, haveria uma explosão demográfica, e além da escassez de comida, haveria desemprego e miséria. A introdução dos métodos anticoncepcionais e o surgimento da ideia de planejamento familiar resolveram este possível problema
C- Segundo os demógrafos reformistas, ao contrário do que pregaram seus antecessores, o crescimento populacional excessivo não causa a miséria, mas justamente o contrário; a falta de renda estimula os casais de classe mais baixa a terem filhos para servirem de mão de obra e ajudarem no sustento. Assim, reformas sócio-econômicas de cunho socialista, como distribuição de renda, aumentariam o ganho médio mensal das famílias pobres, o que possibilitaria, em teoria, uma melhor educação, e consequentemente um planejamento familiar espontâneo.

2) Na composição de uma pirâmide etária, a população estudada é agrupada por idade e sexo. Se o formato do gráfico for o de uma pirâmide, pode-se afirmar que há uma maior taxa de natalidade, e por isso, um maior crescimento vegetativo. Quanto menor for a base em relação ao topo, menor a taxa de natalidade e menor o crescimento vegetativo

3) A população absoluta corresponde ao número total de habitantes, enquanto a população relativa, também chamada de densidade demográfica, corresponde ao número de habitantes por quilômetro quadrado.
Mort 6,08\1000

4) Taxa de natalidade é o número de crianças nascidas vivas num determinado período, geralmente um ano, dividido por cada mil habitantes. No Brasil, essa taxa é de 14,16 por mil habitantes em 2015. Já a taxa de mortalidade corresponde ao número de mortes total por cada mil habitantes. No Brasil, essa taxa é de 6,08 por mil habitantes em 2015.

5) A taxa de fecundidade é uma média do número de filhos que cada mulher tem, calculado dividindo-se o número de crianças pelo número de mulheres em idade fértil (de 15 a 49 anos). No Brasil, atualmente, ela é de 1,81 filhos por mulher.

6) Populoso: país cuja população é muito grande em termos absolutos. Exemplo: Brasil

Povoado: País cujo território é ocupado uniformemente, caracterizando uma grande população relativa. Exemplo: Japão
Superpovoado: País que não pode suportar social e economicamente sua população demasiadamente grande.
Crescimento vegetativo: Aumento da população pelo balanço entre natalidade e mortalidade.

Não comento. disse...

Evandro Bonetti da Silva nº5 1ºA

1-A teoria Malthusiana foi criada pelo inglês Thomas Robert em 1798, de acordo com Thomas, a população crescia em uma velocidade rápida, indo de 1, 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128..., enquanto a produção alimentícia teria um crescimento mais lerdo, indo de 1 em 1. Então depois de 20 anos a população teria crescido 28 vezes ao crescimento da produção de alimentos. Sabendo que, em seu planejado futuro, a população morreria de fome, propôs projetos de incentivo a população a "pararem" de se reproduzir, assim equilibrando o futuro da raça humana com relação a alimentação.
-A teoria de Neomalthusianismo trata do crescimento populacional depois da 2ª Guera Mundial nos países subdesenvolvidos, de acordo com ele, a pobreza e o subdesenvolvimento ocorreriam pela grande explosão populacional, e então dizia que seria necessário a regras para o controle de natalidade.
-O Ecomalthuanismo é uma visão atual que se refere ao desmatamento pelo aumento populacional (causando riscos para o futuro), e por consequência o Brasil já aderiu esse fator, e começou projetos para o controle de natalidade.

2-É preciso observar, as idades para se por na pirâmide, a quantidade de pessoas e seus sexo (fem. e masc.)

3-População absoluta é um número de habitantes que vivem, já a população relativa é o número de habitantes por Km² de uma certa área. Atualmente a população é de cerca de 205 milhões de habitantes (http://www.ibge.gov.br/apps/populacao/projecao/), e sua população relativa é de 23,2 pessoas por km² aproximadamente

4-A taxa de mortalidade é o número de pessoas que morreram durante o período de um ano por mil habitantes e a de natalidade são dos que nasceram.Taxa de mortalidade é de 6,08 por mil hab. e a taxa de natalidade 14,6 por mil hab.

5-Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo. 1,72 por mil hab.

6-populoso: quantidade total de habitantes de um determinado lugar. Ex: China
-povoado: refere-se à distribuição da população pelo território. Ex: Japão
-superpovoado: densidade populacional é muito alta. Ex: Índia
-crescimento vegetativo: é a diferença entre os nascimentos e as mortes. Ex: Europa (onde mesmo ocorrendo poucas mortes, ainda são de maior quantidade que a natalidade).






Anônimo disse...

Nome: Julia Espindola Número:19 1A
1- A) Malthusiana: era a teoria de que a população crescia mais do que a produção de alimentos, e após uns anos iria ter falta de alimento. Então foi sugerido um afastamento sexual dos casais, que não foi aceito e causou espanto, mas foi esquecido pois aumentaram a produção agrária.
b) Neomalthusiana: Segundo esta teoria, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo aumento da população, e seriam necessárias medidas drásticas no controle de natalidade, que se daria através do planejamento familiar
c) Reformista: Defendiam reformas de caráter sócio-econômico que possibilitariam a melhoria do padrão de vida das população dos países subdesenvolvidos, segundo eles traria o planejamento familiar expontâneo

2- Distribuição de renda, número, gêneros e idade do habitante, distribuição da população economicamente ativa (PEA) e pelo desenvolvimento econômico e social.
3- O total de habitantes de um município, estado, país ou região indica a população absoluta. A densidade demográfica- número de habitante, por km2 de um município, estado, pais ou região é calculado tendo por base a população relativa, isto é, a relação entre o total de habitantes e sua diversidade. A população absoluta do Brasil é de 200,4 milhões e a população relativa é de 23,53 habitantes por km2
4- Calcula-se a taxa de natalidade considerando-se o número de nascidos em relação a população total em um ano em um determinado local. O resultado deste índice é dado por mil. A taxa de mortalidade refere-se ao quociente entre o número de mortes ocorrido e a população total em um ano de um determinado local e um resultado também é dado por mil. A taxa de natalidade no Brasil é de 20,40% e de mortalidade 6,31%
5- A taxa de fecundidade, indica a estimativa do número d filhos que cada mulher poderá ter durante o seu período fértil, em um ano. E a atual taxa do Brasil é de 1,9
6- Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
Povoado(população relativa): refere-se à distribuição da população pelo território, isto é, a sua densidade demográfica, ou número de habitantes por quilômetro quadrado (km²).
Superpovoado: povoado em excesso; em que a densidade populacional é muito alta; superpopuloso.
Crescimento vegetativo: O crescimento natural ou crescimento vegetativo é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade, geralmente ele é expresso em permilagem. O Crescimento natural pode ser: Positivo: Quando o número de nascimentos é maior que o de mortes.

Anônimo disse...

Rafae C Mafra N 29 1 ano C

1)Malthusiano – Malthus calculou que a reprodução humana se desenvolveria mais rápido do que a produção de alimentos, assim em alguns anos não haveria comida para a parte pobre da população mundial, mas seus cálculos não estavam totalmente certos.
Neomalthusiano – Após a segunda guerra mundial os países desenvolvidos tiveram um grande crescimento populacional, então adotaram o planejamento familiar, porem surtiu efeitos apenas na china.
Eco malthusiano – Atualmente os ecos malthusianos defendem que o rápido crescimento da população geraria pressão sob a natureza, e não os alimentos.
2) O sexo e a idade de um certo grupo populacional
3) População absoluta é o número total de habitantes de um lugar, população relativa ou densidade demográfica é o número total de habitantes de determinada localidade dividido por sua área em quilômetros quadrados. A população relativa do Brasil e cerca de 22,4 hab./km² e absoluta e cerca de 207 milhões de habitantes.
4) Para descobrir a natalidade se utiliza o calculo que seria numero de crianças nascidas no ano dividido pela população do pais em questão vezes mil. E de mortalidade se utiliza o numero de pessoas mortas para cada mil habitantes. A taxa de natalidade do Brasil e de 1,81 por mulher e de mortalidade 6,08 para cada mil habitantes.
5) Taxa de fecundidade é uma estimativa do número médio de filhos que uma mulher teria até o fim de seu período reprodutivo. A taxa do Brasil e de 1,72.
6) Populoso – pais com muita população absoluta. China e o pais mais populoso.
Povoado – pais com muita população relativa. O pais mais povoado e Bangladesh.
Superpovoado – pais com alta densidade demográfica e pouca estrutura como a Índia.
Crescimento Vegetativo - é a diferença entre os nascimentos e as mortes, ou seja, entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade.